• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2009.tde-24032009-142157
Documento
Autor
Nome completo
Camilo Molino Guidoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Leonardo Régis Leira (Presidente)
Fabbro, Amaury Lelis Dal
Freitas, Osvaldo de
Título em português
Estudo da utilização de medicamentos em usuarios portadores de diabetes mellitus atendidos pelo Sistema Único de Saúde
Palavras-chave em português
Diabetes mellitus
Doenças Crônicas Não-Transmissíveis.
Estudos de Utilização de Medicamentos
Farmacoepidemiologia
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
O Diabetes mellitus é uma das doenças crônicas não-transmissíveis mais prevalentes do mundo, com prevalência estimada para 2025 de 7,1% e 14,0% da população mundial e brasileira, respectivamente. Atualmente existe a necessidade de desenvolvimento de programas com ênfase na prevenção primária, controle da incidência e complicações do diabetes devido ao elevado índice de morbi-mortalidade, associação com comorbidades e custo social-econômico. Para isso, uma das possíveis estratégias seria avaliar a utilização de medicamentos antidiabéticos orais e insulina prescritos aos portadores de DM atendidos pelo Sistema Único de Saúde. No presente trabalho, os usuários diabéticos pertencentes à rede municipal de saúde do Distrito Sanitário Oeste de Ribeirão Preto-SP foram identificados pela retirada de medicamentos antidiabéticos orais ou insulina nas farmácias das Unidades de Saúde do Distrito através da base de dados da prefeitura, denominado sistema Hygia de informação. Dessa forma, foi possível avaliar a terapia farmacológica para o tratamento do diabetes, a freqüência de retirada dos antidiabéticos orais e insulina, análise da outras classes medicamentosas prescritas para o controle das outras enfermidades e acesso aos diversos níveis de atenção à saúde. Por meio do banco de dados Hygia foram identificados 3927 usuários portadores de diabetes pertencentes ao Distrito Oeste de Ribeirão Preto-SP no período de mar/2006 a fev/2007, sendo a média de idade de 60,4 anos e 60,8% dos usuários identificados pertencerem ao gênero feminino. A monoterapia (60,0%) foi o esquema terapêutico mais prescrito, sendo a metformina o medicamento mais utilizado (31,8%). Apenas 3,3% dos usuários utilizaram insulina de forma isolada. No geral, as doses dos medicamentos antidiabéticos orais foram mais elevadas em politerapia do que em monoterapia, sendo que a freqüência média de retirada foi superior a 70,0%. Aproximadamente 34,0% dos indivíduos apresentaram insucesso no tratamento farmacológico do diabetes, com adição de medicamentos e/ou aumento da dose. Medicamentos como hidroclorotiazida, cimetidina, diclofenaco, entre outros, devem ser administrados com cautela em pacientes portadores de diabetes devido à possibilidade de elevar o risco de alteração da glicemia. Em relação às comorbidades, 73,5% dos usuários identificados são hipertensos e 25,9% dislipidêmicos. O número médio de consultas durante o período de estudo foi de 7,0 para todos os Grupos Terapêuticos. Portanto, através do estudo do perfil epidemiológico do Diabetes mellitus, foi possível verificar que existe a necessidade de se conhecer a situação real do consumo de medicamentos e do perfil epidemiológico das populações, além de constatar que os estudos de utilização de medicamentos são uma ferramenta útil neste processo, contribuindo para o uso racional dos medicamentos, direcionamento da prática médica e formulação de políticas de saúde.
Título em inglês
Drug utilization study in diabetic patients attends by public health system
Palavras-chave em inglês
Diabetes mellitus
Drug Utilization Study
Non-Transmissible Chronic Disease.
Pharmacoepidemioloy
Public Health System
Resumo em inglês
The Diabetes mellitus is one of the non-transmissible chronic diseases most prevalent in the world. It is estimated that diabetes affect more than 7.1% people worldwide and 14.0% people in Brazil by 2025. Currently, it is necessary to develop programs with emphasis in the primary prevention, incidence and complications diabetes control due to the high mortality and comorbities rate. Therefore, one of the possible strategies would be to evaluate the use of oral antidiabetic agents and insulin prescribed to the people with DM attends by brazilian public health system. In the present study, the diabetic patients belonging to the public health system of the West Sanitary District of Ribeirão Preto-SP were identified to receive orals agents or insulin from pharmacy of the units of public health system of the West District through the Hygia database record. So, it was possible to evaluate the pharmacological therapy for the treatment of the diabetes, the frequency of oral agents and insulin received, analysis of the other medicines classes prescribed to control comorbities and access at the public health system. In this study was identified 3927 patient with diabetes attend to the West District of Ribeirão Preto-SP in the period from March 2006 to February 2007. The mean age of the patient population was 60.4 years and 60.8% of patients were females. The most frequent treatment prescribed was monotherapy (60.0%) and the metformin was drug more prescribed (31.8%). Only 3.3% of the patients were treated with insulin in monotherapy. In general, the doses of the oral antidiabetic agents were higher in politherapy than monotherapy, and the mean frequency of drugs received was higher to 70.0%. Approximately 34.0% of the patients showed failure in the pharmacological treatment of the diabetes, with addition of drugs and/or dose increase. Medicines such as hydrochlorothiazide, cimetidine, diclofenac, and others, should be administered with caution in patient with diabetes due to the possibility of increasing the risk of glycemic alteration. In relation to comorbities, 73.5% of the identified patients are hypertensive and 25.9% dyslipidemic. The mean of consultations was 7.0 in all Therapeutic Groups. Therefore, through of the study of the epidemic Diabetes mellitus profile, it was possible to verify that it is necessary to know the real situation of the consumption of medicines and the epidemic population profile, besides to verify that the drug utilization studies are a useful tool in this process, contributing to the rational use of the medicines, direction of the medical practice and politics health formulation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.pdf (397.22 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-30
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.