• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.60.2018.tde-23052018-102739
Documento
Autor
Nome completo
Hugo Alexandre Silva Favacho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Osvaldo de (Presidente)
Bruschi, Marcos Luciano
Conceição, Edemilson Cardoso da
Freitas, Luis Alexandre Pedro de
Lara, Marilisa Guimarães
Título em português
Desenvolvimento de comprimidos com propriedades mucoadesivas contendo anestésicos para aplicação bucal
Palavras-chave em português
Anestesia local; Cloridrato de lidocaína; Cloridrato de prilocaína; Comprimidos mucoadesivos; Comprimidos orodispersíveis; Mucoadesão; Mucosa oral
Resumo em português
Os anestésicos locais têm sido utilizados na clínica médica e odontológica com o objetivo de atenuar a dor nos procedimentos cirúrgicos. Tais fármacos são administrados usualmente por meio do uso de agulhas, o que pode diminuir o número de pacientes nos consultórios dentários, afugentados pelo medo desses dispositivos invasivos. Comprimidos mucoadesivos de dissolução rápida podem ser promissores em incorporar esses anestésicos e assim liberá-los topicamente com a finalidade de promover a anestesia de forma não invasiva. Neste intuito, comprimidos de dissolução rápida contendo os anestésicos locais cloridratos de prilocaína (PCL) e lidocaína (LDC) foram desenvolvidos por três métodos: i) compressão direta; ii) compressão após pré-processamento dos adjuvantes em secagem por atomização e iii) liofilização. Estes foram comparados em relação ao tempo de hidratação e desintegração para a escolha de uma plataforma para estudos de liberação, permeação e mucoadesão in vitro. Filme polimérico oclusivo com Eudragit S100 foi moldável e flexível para a finalidade de revestimento parcial. A massa total de desintegrantes nos comprimidos modularam sua hidratação e desintegração. Os comprimidos obtidos por liofilização apresentaram menores valores de tempo de hidratação e desintegração. Os efeitos de diluente (manitol), desintegrante (glicolato sódico de amido), promotores químicos de permeação (ácido oleico, Tween® 80 e propilenoglicol) e polímeros mucoadesivos (HPMC e pullulan) sobre liberação em éster de celulose e permeação em esôfago suíno foram avaliados. Os comprimidos apresentaram rápida liberação em uma hora. A liberação obedeceu a cinética de primeira ordem e o mecanismo de liberação foi governado pelo transporte não fickiano. A proporção de manitol e tipo de polímero mucoadesivo não teve influência significativa nos estudos de liberação. A quantidade de fármacos liberada diminuiu em comprimidos com desintegrantes e promotores químicos de permeação. Um significante efeito sinérgico entre polímero mucoadesivo e promotores químicos no coeficiente de permeabilidade, fluxo e retenção de fármacos na mucosa foi observado. Quando comparado com comprimidos de HPMC com promotores químicos, o pullulam melhorou a permeação de fármacos através da mucosa. Mucoadesão dos comprimidos com diferentes polímeros foi avaliado. HPMC e pullulan melhoraram as propriedades mucoadesivas. Todos os comprimidos se mantiveram aderidos na região do epitélio durante uma hora. A nova plataforma de liberação de fármacos obtida pela combinação de tecnologias farmacêuticas de comprimidos por liofilização, com adição de promotores de permeação e pullulan como polímero mucoadesivo mostrou uma estratégia efetiva para o desenvolvimento de um sistema transbucal para LDC e PRC que pode ser usada para melhorar anestésica sem uso de agulhas
Título em inglês
Development of tablets with mucoadhesive properties containing anesthetics for buccal application
Palavras-chave em inglês
Lidocaine hydrochloride; Local anesthesia; Mucoadheive tablets; Mucoahesion; Oral mucosa; Orodispersible tablets; Prilocaine hydrochloride
Resumo em inglês
Local anesthetics have been used in medical and dental practice aiming at to become less painful some surgical procedures. Such drugs are typically administered through needles along surgical procedures, which decrease the number of patients in the dental offices, once many people are afraid of these invasive devices. Fast dissolving and mucoadhesive tablets could be promising for incorporating these anesthetics and thus releasing them topically in order to improve noninvasive anesthesia. Herein, it were developed fast dissolving tablets containing the local anesthetic drugs prilocaine (PRC) and lidocaine (LDC) hydrochloride. Three methods were used: a) direct compression of the mixture of components; b) pre-processing by spray drying adjuvants and c) freeze drying and these tablets. The tablets were compared in terms of wetting and disintegration time for the choice of a platform for further in vitro release, permeation and mucoadhesion studies. An occlusive polymeric film of Eudragit S100 showed suitable flexibility and plasticity according to purpose of coating the tablets. The total mass of disintegrants in formulations affected the wetting and disintegration of the tablets. Freeze dryed tablets had lower wetting and disintegration time values as compared to the others. The effects of diluent (mannitol), disintegrant (sodium starch glycolate), chemical enhancers (oleic acid, Tween® 80 and propylene glycol) and mucoadhesive polymers (hydroxypropyl methylcellulose and pullulan) on the drug release from cellulose ester membrane and drug permeation through porcine esophageal mucosa were evaluated. Dissolution test showed fast release on one hour. The drug release data fit well to the First order expression and the release mechanism was non-Fickian transport. No significant influence of proportion of mannitol and type of mucoadhesive polymer on release studies was observed. Release of drugs decreased in tablets with disintegrant and chemical enhancers. A significant synergic effect between the mucoadhesive polymer and chemical enhancers on the permeability coefficient, flux and retention of drugs on mucosa was observed. As compared to HPMC for tablets containing chemical enhancers, pullulan improved the drug permeation through the mucosa. Mucoadhesion to tablets with different polymers was evaluated. HPMC and pullulan improve mucoadhesive properties. All tablets maintained in the attachment site of the epithelium for at least one hour. It conclusion, the novel drug delivery platform achieved by combining the pharmaceutical technologies of freeze-dryed tablets comprising chemical enhancers and pullulan as mucoadhesive polymer displayed an effective strategy for the development of a transbuccal system for LDC and PRC that can be used to improve needle-free buccal anesthesia.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-05-22
Data de Publicação
2018-08-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.