• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2018.tde-23052018-092147
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Cristina Funari Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Osvaldo de (Presidente)
Baracat, Marcela Maria
Garbellini, Carolina Patricia Aires
Ramos, Mônica Freiman de Souza
Título em português
Desenvolvimento e avaliação de composições precursoras de filmes formados in situ contendo anestésico para tratamento de infecções por Herpes simplex
Palavras-chave em português
Anestésicos; Formulação semissólida; Herpes labial; HSV
Resumo em português
As infecções causadas pelo Herpes simplex virus, tipo 1 e 2 (HSV-1 e HSV-2) são consideradas problema de saúde pública no mundo, com prevalência em dois terços da população mundial. A doença é caracterizada pelo aparecimento de vesículas que ocasionam dor e constrangimento ao portador, devido à aparência desagradável que apresentam. As infecções que levam a lesões orofaciais são geralmente ocasionadas pelo HSV-1, enquanto as genitais, pelo HSV-2. O tratamento de escolha baseia-se no uso de antivirais em géis ou pomadas, entretanto, recidivas são comuns e dependentes do estado imunológico do indivíduo, além de exposição a fatores hormonais ou ambientais. Os anestésicos locais diminuem a dor ocasionada pela lesão além de mostrarem ter propriedades antivirais. A forma semissólida facilita a aplicação e a sua transformação em uma película fina, após curto período de tempo, favorece a manutenção da formulação no local, com aspecto final mais discreto quando comparada às opções disponíveis. O objetivo desse trabalho foi desenvolver e avaliar in vitro e in vivo formulações contendo anestésicos para o tratamento do herpes labial. Para tanto, duas formulações semissólidas formadoras de filme foram desenvolvidas e avaliadas (F1 e F1T), contendo HPMC K100, lidocaína (LIDO) e prilocaína (PRILO) combinados a adjuvantes, na presença (F1T) ou não (F1) do promotor de absorção Transcutol®. A mistura de PRILO e LIDO acarretou na formação de uma mistura eutética (ME). Para quantificação dos fármacos a partir da formulação, um método analítico por CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência) foi revalidado e atendeu aos parâmetros preconizados na literatura. A recuperação dos fármacos a partir da pele suína foi satisfatória. As formulações apresentaram homogeneidade na distribuição do conteúdo. A formação do filme in situ foi avaliada e ocorreu em aproximadamente 20 minutos. A adição do promotor de absorção aumentou a concentração dos fármacos no líquido receptor no experimento de permeação passiva in vitro, utilizando pele de orelha suína. E a quantidade de PRILO e LIDO quantificada no estrato córneo foi maior para a formulação sem o Transcutol®. As análises reológicas de cisalhamento contínuo e oscilatório classificaram as formulações como fluídos newtonianos e a F1T apresentou maior estruturação em relação a F1. A avaliação in vitro da multiplicação viral sugere atividade virucida para ambos os fármacos, com proteção a infecção superior a 80% para as concentrações de fármaco avaliadas. As formulações não apresentaram irritação dérmica ao exame macroscópico. O teste in vivo de eficácia comprovou a capacidade dos anestésicos em regredir as lesões causadas por HSV-1. Sendo assim, as formulações propostas mostraram-se boas alternativas ao tratamento de lesões labiais causadas pelo HSV-1. Análises estatísticas adequadas foram realizadas.
Título em inglês
Development and evaluation of film forming compositions for the treatment of Herpes vírus infections
Palavras-chave em inglês
Anesthetics; HSV; Labialis herpes; Semisolid composition
Resumo em inglês
Infections by Herpes Simplex virus, type 1 and 2 (HSV 1 e HSV-2) are a public health problem in the world with prevalence of two thirds of the mundial population. This disease is characterized by painful vesicles and embarrassment because of wound appearance. Orofacial wounds are mostly caused by HSV-1 and genital wounds are by HSV-2. Nowadays, current treatment is based on the use of antiviral in cream and ointments but, recurrences are very common and depend of individual state of immunological system besides environmental factors. Topical anesthetics minimize the pain and have shown antiviral properties. The semisolid composition improves application and its transformation into a thin film, after a short period of time, favors the maintenance at the site with good final aspect compared to the currently available treatment options. In this research, we developed and evaluated in vitro and in vivo compositions containing topical anesthetics for treatment of labials herpes. The compositions were prepared using HPMC K100, lidocaine (LIDO) and prilocaine (PRILO) combined with adjuvants, with permeation promoter Transcutol® (F1T) or not (F1). The mix of PRILO and LIDO results in eutectic mixture. For quantified drugs in compositions an analytical method by HPLC (High Performance Liquid Chromatography) was revalidated with satisfactory parameters, as well the recovery of drug on porcine skin. The formulations were with homogeneous content and film formation occurs in approximately 20 minutes. The addition of Transcutol® results in more PRILO and LIDO in receptor medium for F1T at in vitro passive permeation study. The quantify of drugs in corneum layer is mayor in F1 than F1T. Rheological analyses shown the compositions are newtonians fluids and F1T has more cohesion than F1. Evaluation of in vitro viral multiplication suggests activity before virus infects host cells, with 80% of protection of infection for evaluated concentrations. None composition shown dermal irritation in macroscopical examination. The in vivo efficacy study proves the anesthetics capacity of regress the HSV-1 wounds. Therefore, the developed compositions are good alternatives for labialis herpes caused by HSV-1.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-05-22
Data de Publicação
2018-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.