• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2006.tde-17012007-143439
Documento
Autor
Nome completo
Flavio Bueno de Camargo Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Campos, Patricia Maria Berardo Gonçalves Maia (Presidente)
Freitas, Luis Alexandre Pedro de
Leonardi, Gislaine Ricci
Título em português
Desenvolvimento de formulações cosméticas contendo pantenol e avaliação dos seus efeitos hidratantes na pele humana por bioengenharia cutânea
Palavras-chave em português
bioengenharia cutânea
cosméticos
estabilidade física
pantenol
Resumo em português
As vitaminas vêm sendo muito utilizadas em cosméticos e dentre elas, o pantenol, por fazer parte da constituição normal da pele e devido as suas propriedades umectantes e cicatrizantes, tem tido destaque para aplicação nesta categoria de produtos. Devido ao interesse e a grande importância da realização de estudos que possam avaliar a influência das vitaminas na estabilidade física de formulações cosméticas, bem como de estudos científicos que comprovem os seus benefícios propostos, o objetivo dessa pesquisa foi o desenvolvimento, a avaliação da estabilidade e a eficácia na hidratação e nas propriedades viscoelásticas de formulações cosméticas contendo diferentes concentrações de pantenol. Para tal, foram desenvolvidas oito formulações, sendo três géis a base de polímeros hidrofílicos (formulações nos 1, 2, e 3), três géis creme a base de polímeros hidrofílicos e microemulsão de silicone (formulações nos 4, 5, e 6) e duas emulsões sendo uma delas a base de álcool batílico e lecitina de soja (formulação no 7) e a outra a base de manteiga de karité e carbômero (formulação no 8). Estas formulações foram acrescidas ou não de 0,5; 1,0 e 5,0% de pantenol e submetidas a testes preliminares de estabilidade. O estudo de estabilidade física foi realizado por determinação do comportamento reológico sendo que, com as formulações consideradas mais estáveis, foi realizada uma avaliação sensorial prévia ao estudo de eficácia proposto. O estudo de eficácia das formulações objeto de estudo, foi realizado por metodologias in vivo não invasivas (Bioengenharia Cutânea), sendo determinados o conteúdo aquoso do estrato córneo, a perda de água transepidérmica (TEWL), a viscoelasticidade e elasticidade biológica cutânea. Neste estudo, para a determinação dos efeitos a curto prazo, as formulações foram aplicadas nos antebraços de 20 voluntárias, sendo realizadas medidas antes e após 1 e 2 horas da aplicação única. Esses mesmos parâmetros também foram utilizados para realizar medidas nos antebraços de 40 voluntárias após 15 e 30 dias, com aplicação diária das formulações, para avaliar os seus efeitos a longo prazo. Os dados foram analisados estatisticamente para o delineamento experimental e discussão dos resultados obtidos. Nas condições experimentais deste trabalho, foi possível concluir que nos testes de estabilidade física as formulações de nos 2, 5, 6 e 7 foram consideradas as mais estáveis e a formulação de nº 6 foi a que apresentou o melhor sensorial, de acordo com as voluntárias, sendo, portanto, selecionada para os estudos de eficácia do pantenol na pele humana. Na avaliação dos efeitos imediatos das formulações na pele humana, foi possível observar que, após única aplicação, todas as formulações estudadas, ou seja, acrescidas ou não de pantenol, proporcionaram um aumento significativo no conteúdo aquoso do estrato córneo após 1 hora da aplicação, em relação aos valores basais, e, após 2 horas da aplicação, apenas a formulação contendo 5,0% de pantenol provocou um aumento significativo neste parâmetro. Além disso, o estudo demonstrou que somente as formulações que continham pantenol nas concentrações avaliadas ocasionaram diminuição significativa na TEWL, ou seja, protegeram a função barreira da pele; entretanto não ocorreram alterações significativas nas propriedades viscoelásticas da pele. Por outro lado, em relação à avaliação dos efeitos a longo prazo, foi possível observar que todas as formulações objeto de estudo, apresentaram um aumento significativo no conteúdo aquoso do estrato córneo após 15 e 30 dias de aplicação, quando comparadas com os valores basais. Em relação à avaliação da viscoelasticidade e da elasticidade biológica da pele, assim como no estudo a curto prazo, não ocorreram alterações significativas nestas propriedades da pele no estudo a longo prazo. Na avaliação da TEWL, apenas as formulações que continham pantenol a 1,0 e 5,0% protegeram a função barreira, provocando uma diminuição significativa neste parâmetro, após 15 e 30 dias de aplicação das formulações, o que pode sugerir que para que o pantenol tenha um efeito significativo a longo prazo na função barreira da pele, este deve ser incorporado nas formulações em concentrações mais altas, ou seja, 1,0 e 5,0% de pantenol.
Título em inglês
Development of cosmetic formulations containing panthenol and evaluation of their hydration effects on human skin by using Skin Bioengineering Techniques
Palavras-chave em inglês
cosmetics.
panthenol
physical stability
skin bioengineering techniques
Resumo em inglês
Vitamins have been extensively used in cosmetic formulations and panthenol, which is vitamin that is a normal constituent of the skin and has humectants and wound healing effects, has large application in this category of products. Due to the importance of the conduction of studies that contribute to the assessment of the influences of the vitamins on the physical stability of dermocosmetic formulations, as well as the necessity of scientific studies that confirm their benefits, the aim of this research was to develop cosmetic formulations containing panthenol in different concentrations and also to evaluate their physical stability and their efficacy in the skin hydration and viscoelastic properties. For this purpose, eight formulations were developed, three gels containing hydrophilic polymers (formulations 1, 2 e 3), other three cream gels containing hydrophilic polymers and silicone microemulsion (formulations 4, 5 e 6) and finally two emulsions, one containing batyl alcohol and lecithin (formulation 7) and the other one containing shea butter and carbomer (formulation 8). These formulations were supplemented or not with 0,5; 1,0 e 5,0% of panthenol and submitted to preliminary stability tests. The physical stability of formulations was evaluated by determination of the viscosity and rheological behavior. After this, stable formulations were submitted to a previous sensorial analysis. The formulation efficacy was evaluated using the following non-invasive methodologies (Skin Bioengineering Techniques) determination of hydration of the stratum corneum, transepidermal water loss (TEWL), skin viscoelasticity and biological elasticity. In order to evaluate the immediate effects, the formulations were applied to the forearm of 20 volunteers and the measurements were carried out after 1 and 2 hours of a single application. In addition, for the evaluation of long-term effects of the formulations, the same parameters were measured after 15 and 30 days of daily application to the forearm of 40 volunteers. In the experimental conditions of the study, it was possible to conclude that the formulations 2, 5, 6 and 7 were considered stable. Moreover, formulation 6, according to the volunteers, showed the best sensorial attributes, and for this reason, was selected for the efficacy study of the panthenol on human skin. The study of the immediate effects showed that all the formulations enhanced the stratum corneum water content values after 1 hour of the application. However after 2 hours, only the formulation supplemented with 5% of panthenol produced significant increase in this parameter. In addition, the study showed that only the formulations supplemented with panthenol produced a significant decrease in TEWL, protecting skin barrier function. Nevertheless, no significant alterations were observed in the skin viscoelastic properties. Concerning the study of the long-term effects, all the formulations supplemented or not with panthenol produced a significant increase in skin hydration after 15 and 30 days of daily formulation application, when compared with the baseline values. No significant alterations were observed in skin viscoelasticity and biological elasticity properties in the long term studies. The evaluation of the TEWL showed that only the formulations supplemented with 1 and 5% of panthenol improved the skin barrier function, resulting in a significant decrease in this parameter after 15 and 30 of daily application of these formulations, which can suggest that to present significant long-term effects on skin barrier function, the formulation under study must be supplemented with higher concentrations of panthenol, such as 1 or 5%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.