• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Geyse Aparecida Cardoso dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Razzolini, Maria Tereza Pepe (Presidente)
Camargo, Carlos Henrique
Krzyzanowski Junior, Flavio
Minarini, Luciene Andrade da Rocha
Título em português
Ocorrência de Staphylococcus aureus em amostras de água de bebedouros e de aspersores em parques públicos da cidade de São Paulo, Brasil.
Palavras-chave em português
Acesso à Água
Água de Consumo
Parques Públicos
Saúde Pública
Staphylococcus aureus
Resumo em português
Os parques públicos funcionam como equipamentos urbanos que melhoram a qualidade estética, funcional e ambiental da cidade, resultando em bem-estar para a população. A água de bebedouros e vaporizadores (aspersores) de água dos parques é fornecida pela rede pública de abastecimento. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade da água desses dispositivos de acesso à agua, em quatro parques municipais de São Paulo. As coletas foram realizadas durante treze meses (n= 552), para a quantificação de Escherichia coli, de bactérias heterotróficas e teor de cloro livre cujos resultados foram avaliados com base no padrão de potabilidade preconizado pela legislação brasileira vigente. A detecção de Staphylococcus aureus, uma das principais bactérias responsáveis por infecções humanas e pela resistência a antimicrobianos no mundo, também foi realizada. A avaliação das características dos isolados foi realizada de acordo com o preconizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A confirmação de espécies de S. aureus foi através da detecção dos genes nuc e coa, a verificação de virulência das cepas foi realizada pela detecção dos genes de virulência, sea, seg e luk-PVL relacionados à expressão de enterotoxinas, e a detecção do gene mecA relacionado a resistência a meticilina (MRSA). A resistência a antimicrobianos dos isolados, foi realizada por método de disco difusão e a avaliação de resistência à vancomicina pelo método de microdiluição em caldo (CIM) com base no Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). A presença de S. aureus foi detectada em 23 amostras distribuídas entre os parques estudados, representando 22,2% das amostras de bebedouro e 6,6% das amostras de aspersores, respectivamente. O gene mecA foi detectado em 73,91% (17/23) dos isolados de S. aureus encontrados em 23 amostras. A expressão de resistência a antimicrobianos dos isolados foi diversificada e 17,6 % dos isolados detectamos fenotipicamente eram Staphylococcus aureus Resistente a Meticilina (MARSA). Não detectamos nenhum dos genes de virulência nas amostras, como também resistência e/ou sensibilidade reduzida à Vancomicina. A presença de S. aureus em água potável para o consumo humano encontrado neste estudo é um achado inédito, se fazendo necessário a vigilância de água potável para o consumo humano para patógenos, como S. aureus.
Título em inglês
Occurrence of Staphylococcus aureus in water drinking fountains and sprinklers samples in public parks in the city of São Paulo, Brazil
Palavras-chave em inglês
Access to Water
Consumption Water
Public Health
Public Parks
Staphylococcus aureus
Resumo em inglês
Public parks role as urban facilities is to improve the aesthetic, functional and environmental quality of the city, resulting in well-being for the population. Water fountains and mist maker is provided by the public water supply. The objective of this study was to evaluate the water quality of these water access devices in four parks of the São Paulo city. The samples were collected for thirteen months (n=552) for the quantification of Escherichia coli, heterotrophic bacteria and free chlorine content. The results were evaluated based on the potability standard recommended by the Brazilian normalization. The detection of Staphylococcus aureus, one of the major responsible for human infections and antimicrobial resistance in the world, was also performed. The evaluation of the characteristics of the isolates was carried out according to the recommendations of the National Sanitary Surveillance Agency (ANVISA). Confirmation of S. aureus species was carried out through the detection of nuc and coa genes, the virulence of the strains was performed by detecting the following genes: sea, seg and luk-PVL related to enterotoxin expression, and the detection of mecAc gene related to methicillin resistance. The antimicrobial resistance of the isolates was carried out by disc diffusion method and the evaluation of resistance to vancomycin by the broth microdilution method (CIM) based on the Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). The presence of S. aureus was detected in 23 samples distributed among the studied parks, representing 22.2% of the drinking water samples and 6.6% of the mist maker samples, respectively. Seventeen isolates had mecA detection. The antimicrobial resistance expression of the isolates was diverse and 17.6% of the isolates phenotypically detected were Methicillin Resistant Staphylococcus aureus (MRSA). It is not detected any of the studied virulence genes for the isolates neither resistance and/or reduced sensitivity to vancomycin. The presence of S. aureus in drinking water for human consumption study is an unprecedented finding, put in evidence the necessity for surveillance of drinking water for human consumption.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.