• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
João Victor Inglês de Lara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Frazão, Paulo (Presidente)
Bousquat, Aylene Emilia Moraes
Cruz, Doralice Severo da
Pinto, Márcia Helena Baldani
Título em português
Diretrizes de saúde bucal nas políticas de atenção primária em cinco países selecionados: uma revisão integrativa
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Políticas de Saúde
Saúde Bucal
Resumo em português
Introdução: Historicamente, a saúde bucal é considerada um componente à parte dos sistemas de saúde. A Atenção Primária à Saúde (APS) oferece uma oportunidade de produzir saúde de forma integral. Para tanto, diretrizes são necessárias a fim de orientar a formulação de políticas capazes de modificar a organização desses sistemas. Objetivo: Produzir uma análise comparativa sobre as diretrizes relativas ao componente saúde bucal das políticas de APS em cinco países com sistemas de saúde universal. Métodos: Foi realizada uma revisão integrativa da literatura científica e cinzenta. Documentos científicos e técnicos referentes a Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Brasil; do ano 2000 a 2016; em inglês, português, espanhol e francês foram considerados. Critérios de exclusão foram definidos. A análise de conteúdo foi realizada nos documentos selecionados baseada em aspectos da saúde bucal na APS. As categorias integralidade da assistência; ações de promoção da saúde e prevenção de doenças; e equipe de saúde bucal foram definidas para analisar aspectos conceituais das diretrizes. Resultados: Quarenta e dois estudos foram selecionados para compor a revisão integrativa. Os resultados indicam que Reino Unido e Brasil encontram-se em estágio mais avançado na integração da saúde bucal na APS que os demais países. Quanto à integralidade da assistência, a dimensão horizontal foi mais destacada, sugerindo sincronia da saúde bucal com outras áreas na provisão da assistência. Ações intersetoriais de promoção da saúde e prevenção de doenças são complexas, no entanto, parecem ser efetivas para expandir a atenção à saúde bucal em outros setores. Fluoretação e ações conjuntas com o setor de educação são consagradas. Equipes multiprofissionais amplas com participação dos profissionais de saúde bucal são preconizadas. Enfoque interdisciplinar, inclusão de profissionais de nível médio e educação permanente foram temas recorrentes. Conclusão: Quarenta anos após a Declaração de Alma-Ata, nota-se esforços para a integração da saúde bucal nas políticas de APS, contudo, esta ainda representa um importante desafio para os sistemas de saúde.
Título em inglês
Oral health guidelines in the primary care policies of five selected countries: an integrative review
Palavras-chave em inglês
Health Policy
Oral Health
Primary Health Care
Resumo em inglês
Background: Historically, oral health is apart of the health systems. The Primary Health Care (PHC) strategy offers an opportunity for a holistic approach in health. Guidelines are needed to orient the formulation of policies and change the health systems' organization. Objective: To produce a comparative analysis of oral health perspectives in the PHC policies of five selected countries with universal health care systems. Methods: An integrative review of the scientific and grey literature was led. Scientific and technical documents from Australia, Canada, New Zealand, United Kingdom and Brazil were considered. The time limit was defined from the year 2000 until 2016. The documents should be in English, Portuguese, Spanish or French. The findings were analysed and exclusion criteria were defined. Content data analysis was performed based on aspects of oral health in PHC. The categories comprehensiveness of care; health promotion and disease prevention actions; and oral health team were defined for the conceptual analysis of the guidelines. Results: Forty-two studies were selected to compose an integrative review. The results indicate that United Kingdom and Brazil are in a more advanced stage of the integration of oral health in PHC then the other countries. In the description of the comprehensiveness of care, the horizontal dimension was more prominent, suggesting that the provision of oral care should be together with other areas of health. Health promotion and disease prevention actions in intersectoral contexts are complex, but seem to be effective to insert oral health in other sectors of health and beyond. Fluoridation and actions with the education sector are the most established ones. Multiprofessional teams with the participation of oral health professionals are recommended. Interdisciplinary approach, inclusion of mid-level professionals and permanent education were recurrent themes. Conclusion: Forty years after the Declaration of Alma-Ata, it seems that there are advances in the integration of oral health in PHC. Although, it stills represents a major challenge for the health care systems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.