• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
Document
Auteur
Nom complet
Sammila Andrade Abdala
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2019
Directeur
Jury
Paganini, Wanderley da Silva (Président)
Iwai, Cristiano Kenji
Mucci, José Luiz Negrão
Nihonmatsu, Miriam Moreira Bocchiglieri
Titre en portugais
Evolução da qualidade das águas do rio Tietê e os fatores que a influenciam
Mots-clés en portugais
Monitoramento
Qualidade das Águas
Recursos Hídricos
Rio Tietê
Resumé en portugais
Introdução: Na medida em que o crescimento populacional se intensificou nos grandes centros urbanos, o abastecimento público de água, como também a coleta, afastamento e tratamento dos esgotos nessas megacidades se tornou cada vez mais complexo. Em vários territórios, a capacidade de gestão de saneamento básico não conseguiu acompanhar a velocidade da urbanização, o que levou à degradação dos corpos hídricos. O Tietê, principal rio do Estado de São Paulo, também teve sua qualidade comprometida e hoje luta para recuperar o que foi prejudicado em prol do desenvolvimento. Objetivo: Analisar a evolução da qualidade das águas do rio Tietê no período de 1986 a 2017, levando em consideração os impactos do crescimento populacional e das ações de saneamento nas bacias hidrográficas que compõem o Rio Tietê. Material e Métodos: Série temporal, utilizando dados secundários provenientes da Rede de Monitoramento da Qualidade das Águas Interiores do Estado de São Paulo operacionalizado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). O estudo abrange os anos de 1986 a 2017. Resultados: O Rio Tietê tem sua qualidade drasticamente afetada pela alta urbanização da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Entretanto, o presente estudo mostrou uma tendência de estabilização, com sinais de melhoria para a qualidade das águas do Rio Tietê na RMSP, mesmo considerando o forte crescimento populacional que essa região tem sofrido. Os resultados para os rios Tamanduateí e Pinheiros também foram claramente positivos, mostrando uma melhora ao longo dos anos. Apesar da influência negativa da entrada dos rios Jundiaí, Sorocaba e Piracicaba, existe uma forte tendência de melhoria na direção do interior, principalmente a partir do remanso da Barra Bonita. Conclusões: O rio Tietê ainda sente fortemente a influência do rápido e desordenado crescimento populacional nas cidades e regiões que o cercam. Entretanto, a qualidade de suas águas também tem respondido aos investimentos constantes em obras de saneamento e infraestrutura. Se não fosse o crescimento populacional e a ocupação desordenada do solo, a influência positiva das obras de saneamento implantadas se mostraria muito mais evidente. São necessários estudos adicionais que abordem mais profundamente os efeitos da industrialização e da monocultura na qualidade das águas desses rios.
Titre en anglais
Not available
Mots-clés en anglais
Not available
Resumé en anglais
Not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2019-06-14
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2019. Tous droits réservés.