• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Ronan Rocha Coelho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Camara, Tamara Nunes de Lima (Presidente)
Deus, Juliana Telles de
Fernandes, Lícia Natal
Marrelli, Mauro Toledo
Título em português
Efeito da competição intraespecífica e da temperatura na atividade locomotora de Aedes aegypti e Aedes albopictus (Diptera: Culicidae) em condições de laboratório
Palavras-chave em português
Aedes aegypti
Aedes albopictus
Atividade Locomotora
Competição Intraespecífica
Temperatura
Resumo em português
Doenças como a dengue, chikungunya, Zika e febre amarela urbana são causadas por patógenos transmitidos pela picada de fêmeas infectadas de Ae. aegypti e Ae. albopictus. Fatores bióticos, como a competição na fase larval, e abióticos, como a variação da temperatura, provocam alterações no ciclo de desenvolvimento dessas espécies. O presente estudo avaliou os efeitos da competição intraespecífica e da temperatura na atividade locomotora de fêmeas virgens de Ae. aegypti e Ae. albopictus. Os objetivos do trabalho foram: comparar o tamanho das fêmeas de Ae. aegypti e Ae. albopictus oriundas de criadouros com baixa e alta competição intraespecífica; avaliar o efeito da competição intraespecífica na atividade locomotora de fêmeas virgens de Ae. aegypti e Ae. albopictus, sob regime de 12 horas de claro e 12 horas de escuro, à 25ºC e analisar o padrão da atividade locomotora de fêmeas virgens de Ae. aegypti e Ae. albopictus, sob regime de 12 horas de claro e 12 horas de escuro, sob diferentes temperaturas (20ºC, 25ºC e 30ºC). As colônias dos mosquitos utilizados nos experimentos são provenientes da FIOCRUZ-RJ. Para o experimento de competição, larvas de ambas as espécies foram criadas sob condições de alta (100 larvas) e baixa (20 larvas) densidades. Para isso, foram utilizadas 14 bacias preenchidas com 500 ml de água e 0,2 g de ração para peixes. Após a competição, as fêmeas oriundas de cada densidade foram transferidas para incubadoras para a realização da análise da atividade locomotora. Após a atividade, verificou-se o tamanho dos adultos oriundos de cada densidade larvária, por meio da medição das asas de cada fêmea. Para a análise da atividade locomotora sob diferentes temperaturas, as fêmeas utilizadas foram desenvolvidas em ambiente com quantidade de ovos similares. Foi utilizado o mesmo procedimento para análise da atividade do experimento anterior, porém, cada experimento ocorreu sob diferentes temperaturas: 20°C, 25°C e 30°C. Para a análise dos dados obtidos foram utilizados os testes T e ANOVA multifatorial. Para o experimento de competição, fêmeas de ambas as espécies oriundas de competição de baixa densidade foram maiores do que as oriundas de desenvolvimento sob alta densidade larvária. A atividade das fêmeas de Ae. aegypti e Ae. albopictus de ambas as densidades foi muito semelhante, sugerindo que fêmeas menores tem atividade equivalente à de fêmeas maiores. Já no experimento que avaliou a atividade das fêmeas sob faixas térmicas distintas, notou-se que, em Ae. aegypti, houve diferença significativa na atividade total sob 20°C quando comparadas a 25°C e 30°C, demonstrando que a temperatura mais baixa foi limitante para a atividade desta espécie. Houve diferenças em algumas médias avaliadas na atividade de Ae. albopictus, porém, esta espécie pareceu ter sido menos influenciada com a variação da temperatura. Análises estatísticas confirmaram que as fêmeas de Ae. aegypti respondem de forma distinta das fêmeas de Ae. albopictus quando as temperaturas foram modificadas. O presente estudo ajuda a esclarecer alguns aspectos relacionados ao comportamento dos mosquitos Ae. aegypti e Ae. albopictus, que são considerados de grande importância para a saúde pública.
Título em inglês
Effects of intraspecific competition and temperature on locomotor activity of Aedes aegypti and Aedes albopictus (Diptera: Culicidae) under laboratory conditions
Palavras-chave em inglês
Aedes aegypti
Aedes albopictus
Intraspecific Competition
Locomotor Activity
Temperature
Resumo em inglês
Diseases such as dengue, chikungunya, Zika and urban yellow fever are caused by pathogens transmitted by the bites of infected females of Ae. aegypti and Ae. albopictus. Biotics factors essentially competition on larval stages, and abiotics factors, for instance, temperature variation, occasion adjustments on development cycle of these species. The present study evaluated the effects of intraspecific competition and temperature on locomotor activity of Ae. aegypti and Ae. albopictus. The aims of this study were: to compare the size of females Ae. aegypti and Ae. albopictus from breeding sites with low and high intraspecific competition; to evaluate the effect of intraspecific competition on locomotor activity of virgin females of Ae. aegypti and Ae. albopictus, under regime of 12 hours of light and 12 hours of dark at 25°C and to analyze the pattern of the locomotor activity of virgins females of Ae. aegypti and Ae. albopictus, under regime of 12 hours of light and 12 hours of dark, under different temperatures (20ºC, 25ºC e 30ºC). The mosquitoes colonies used on experiment are from FIOCRUZ-RJ. For the competition experiment, larvae from both species were raised under conditions of high (100 larvae) and low (20 larvae) densities. For this 14 containers filled with 500 ml of water and 0,2 g of fish food were used. After the competition, the females from each density were transferred to incubators to perform locomotor activity analysis. After the activity, the size of adult from each larval density, were verified by wings measurement of each female. For the analysis of the locomotor activity under different temperatures, the females used were developed in an environment with similar amount of eggs. The same procedure was used to the analyze the activity of the previous experiment, however, each experiment happened under different temperatures: 20°C, 25°C e 30°C. For the analysis of the obtained data were applied T tests and ANOVA multivariate. For the competition experiment, females of both species from low density of competition were longer than females from competition under high larval density. The activity of females of Ae. aegypti and Ae. albopictus from both densities was very similar, suggesting that smaller females have equivalent activity to that of larger females. In the experiment that evaluated the activity of females under different thermal bands, it was noticed that in Ae. aegypti there was significant difference in total activity under 20°C when compared with 25°C and 30°C degrees, demonstrating the lower temperature was limiting to activity for this species. There were differences in some averages evaluated in Ae. albopictus activity, however, this species seemed to have been less influenced with the temperature variation. Statistical analysis confirmed that females of Ae. aegypti respond differently than females of Ae. albopictus when the temperatures were modified. The present study helps to clarify some aspects about the behavior of mosquitoes Ae. aegypti and Ae. albopictus which are considered of great concern for public health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.