• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Costa Sá
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Fischer, Frida Marina (Presidente)
Alves, Milton Ruiz
Glina, Debora Miriam Raab
Vilela, Rodolfo Andrade de Gouveia
Título em português
Síndrome da visão do computador e função visual em trabalhadores usuários de computador de um hospital público universitário de São Paulo: prevalência e fatores associados
Palavras-chave em português
Astenopia
Doenças Oculares
Epidemiologia/Brasil
Fadiga visual
Prevalência
Saúde Ocupacional
Síndrome da Visão do Computador
Resumo em português
Atualmente, os distúrbios oculares relacionados ao uso do computador são aqueles que vêm sendo mais estudados por sua alta prevalência mundial, e por serem cada vez mais frequentes em determinadas profissões. O objetivo desse estudo foi analisar os sintomas da Síndrome da Visão do Computador (CVS) e os fatores associados à função visual entre os trabalhadores, de ambos os sexos, usuários de computador em função administrativa, do prédio da administração de um hospital público universitário terciário de São Paulo (n=303). Realizada pesquisa quantitativa observacional transversal analítica, entre os anos de 2014 e 2015, em que os trabalhadores foram submetidos a exame clínico oftalmológico e responderam um questionário, com dados: sociodemográficos, ocupacionais, condições de trabalho, fatores psicossociais no trabalho, informações sobre saúde e avaliação da função visual. A avaliação estatística foi realizada a partir da análise descritiva das variáveis, quantitativas e qualitativas. Para o Questionário de Função Visual (VFQ-25) foi realizado teste de Kolmogorov-Smirnov, a fim de caracterizar a população do estudo, e os testes de ANOVA, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis, para a análise dos fatores associados. Foi criado um modelo de regressão linear múltipla, utilizando stepwise forward, com as variáveis que apresentaram níveis de significância com p<0,20. Permaneceram no modelo final, as variáveis que apresentaram níveis descritivos p<0,05. Os sintomas mais frequentes foram: cansaço nas vistas no trabalho (47,9 por cento ), peso nos olhos no trabalho (38,3 por cento ) e cansaço nas vistas em casa (36,3 por cento ). Os agravos mais prevalentes foram: a presbiopia (66,3 por cento ) e o astigmatismo (47,9 por cento ). Foi encontrada associação entre a idade (OR 0,218; IC95 por cento -0,276-0,161) e o esforço no trabalho (OR 0,656; IC -0,928-0,383) com a função visual. No esforço no trabalho, os itens que apareceram como principais fontes de estresse foram: interrupções no trabalho (3,7 por cento ), trabalho depois da hora (3,6 por cento ) e aumento da exigência (3,6 por cento ). Nesse estudo, conclui-se pela importância da organização do trabalho, dos fatores psicossociais no trabalho associados à presença de sintomas da CVS e, consequentemente, às alterações da função visual nos trabalhadores usuários de computador. Sugerem-se medidas para melhorar as condições do ambiente de trabalho e a realização de exames oftalmológicos periódicos para essa categoria de trabalhadores.
Título em inglês
Computer vision syndrome and visual function in computer users workers of a public university hospital in São Paulo: prevalence and associated factors
Palavras-chave em inglês
Asthenopia
Brazil/epidemiology
Computer Visual Syndrome
Occupational Health
Prevalence
Vision Disorders
Visual Fatigue
Resumo em inglês
Currently, computer-use related eye disorders have been the most studied for their high prevalence worldwide, and for being increasingly more usual in some professions. The purpose of this study was to review the symptoms of Computer Vision Syndrome (CVS) and the factors associated with visual function among workers of both genders, computer users in the administrative sector of the administration building of a tertiary public hospital São Paulo (n= 303). The methods included analytical observational cross-sectional quantitative research, between 2014 and 2015, where workers underwent ophthalmologic examination and answered a questionnaire with the following input: sociodemographic, occupational data, work conditions, psychosocial factors at work, health information and assessment of visual function. A statistical evaluation was made based on the descriptive analysis of quantitative and qualitative variables. The Kolmogorov-Smirnov test was performed for the Visual Function Questionnaire (VFQ-25) in order to characterize the study population, and the ANOVA test, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis test for the analysis of associated factors. A multiple linear regression model was created using stepwise forward with variables displaying p <0.20significance levels. The variables with p <0.05 descriptive levels were in the final models. The most frequent symptoms were "fatigue in the views at work" (47.9 per cent ), " weight in the eyes at work" (38.3 per cent ) and "fatigue in the views at home" (36.3 per cent ). The most prevalent eye diseases were presbyopia (66.3 per cent ) and astigmatism (47.9 per cent ). Association was found between age (OR 0.218, 95 per cent CI -0,276-0,161) and stress at work (OR 0.656; CI 0,928-0,383) with visual function. In this study, the work organization and the psychosocial factors at work were important causes associated with the presence of CVS symptoms and with problems of visual function in computer-user employees. Measures and timely eye examinations are suggested in order to improve the working environment conditions for this category of workers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
EduardoCostaSa.pdf (4.68 Mbytes)
Data de Publicação
2017-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.