• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2019.tde-22032019-160734
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline Costa Lima
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Waldman, Eliseu Alves (Presidente)
Barata, Rita de Cassia Barradas
Lopes, Marta Heloisa
Sato, Ana Paula Sayuri
Título em português
Prevalência e fatores associados ao estado de portador de Neisseria spp. em núcleos familiares: estudo de base populacional
Palavras-chave em português
Doença Meningocócica
Estado de Portador
Neisseria meningitidis
Neisseria não Patogênica
Resumo em português
Introdução - O estado de portador assintomático ocorre quando o hospedeiro alberga o agente etiológico sem apresentar doença. Os fatores associados ao estado de portador de Neisseria não patogênica (NNP) e Neisseria meningitidis (Nm) diferem entre si, no entanto, as características epidemiológicas de ambas ainda são pouco exploradas. Objetivos - Estimar a prevalência, analisar possíveis diferenças em distintos estratos sociais, identificar o genótipo das cepas isoladas, assim como, investigar fatores associados ao estado de portador de Nm e de NNP em núcleos familiares residentes em Cuiabá-MT. Método - Estudo transversal de base populacional, desenvolvido de 07/2016 a 07/2017, incluindo todos os moradores de uma amostra probabilística estratificada composta de 243 núcleos familiares (domicílios) de área urbana, em bairros de alta e baixa renda do município de Cuiabá. Foram incluídos os domicílios com ao menos uma criança de 12 e 60 meses de idade. Todos os residentes nos domicílios selecionados foram submetidos a coleta de swab de orofaringe para o isolamento de Neisseria spp. Para a comparação de proporções utilizou-se o teste do qui-quadrado. Foram estimadas as razões de prevalências (RP) com seus respectivos intervalos de confiança 95% (IC95%) e para a investigação de fatores associados ao estado de portador de Nm e de NNP foram utilizados modelos de regressão de Poisson. O ajuste das variáveis no modelo final foi avaliado pelo teste de Hosmer e Lemeshow. Resultados: Foram estudados 1.050 indivíduos residentes em 233 núcleos familiares. A prevalência de portadores de Neisseria spp. foi de 10,6% (111/1.050), a de Nm de 2,4% (25/1.050) e de NNP de 8,2% (86/1.050). Dentre 111 portadores, 62 (56,0%) foram por N. lactamica, 25 (22,0%) por Nm, 21 (19,0%) por N. subflava., duas (2,0%) por N. mucosa e uma (1,0%) por N. polysaccharea. Das Nm, 76% (19/25) eram não grupáveis, 16% (4/25) eram do sorogrupo B, 4% (1/25) do sorogrupo C e 4% (1/25) do sorogrupo W. A prevalência de Nm em bairros de baixa renda foi de 2,8% (23/816) e nos de alta renda de 0,8% (2/234) (p=0,058), com uma razão de prevalência (RP) de 3,3 (IC95%:0,8-13,9). A prevalência de NNP em bairros de baixa renda foi de 8,2% (67/816) e em bairros de alta renda de 8,1% (19/234), com uma RP de 1,0 (IC95%:0,6-1,6). Permaneceram independentemente associados ao estado de portador de Nm após ajuste para conviver com tabagista no domicílio e por número de pessoas por dormitório: i) residir em bairro de baixa renda (RPajustada=2,6); ii) faixa etária de 5 a 14 anos (RPajustada=2,7); iii) faixa etária de 15 a 29 anos (RPajustada=2,4) e faixa etária de 30 e anos e mais (RPajustada=1,4). Após o ajuste para a infecção respiratória nos últimos cinco dias, apresentar asma, três ou mais pessoas por dormitório e sexo masculino, mostraram-se independentemente associados ao estado de portador de NNP: i) pertencer a faixa etária de cinco a 14 anos de idade (RPajustada=2,8) e de menores de cinco anos de idade (RPajustada=7,2); ii) residir em casa precária/quitinete (RPajustada=2,1). Conclusões - O contexto social influencia o estado de portador de Nm e NNP. As vacinas conjugadas meningocócicas podem prevenir doenças direta e indiretamente e tais resultados podem subsidiar a elaboração de estratégias de intervenção, especialmente para a identificação de grupos alvo de programas de vacinação.
Título em inglês
Prevalence and factors associated with Neisseria spp. carrier state in family households: population-based study
Palavras-chave em inglês
Carrier State
Meningococcal disease
Neisseria meningitidis
Non-pathogenic Neisseria
Resumo em inglês
Introduction - The asymptomatic carrier state occurs when the host harbors the etiologic agent without presenting disease. The associated factors with the carrier state of non-pathogenic Neisseria (NNP) and Neisseria meningitidis (Nm) differ among them, however, the epidemiological characteristics of both are still poorly explored. Objectives - To estimate the prevalence, to analyze possible differences in different social strata, to identify the genotype of the isolated strains, as well as to investigate associated factors with the Nm and NNP carrier state in family's households living in Cuiabá-MT. Methods - A cross-sectional study was conducted in 07/2016 a 07/2017, in the city of Cuiabá, including all residents of a stratified probabilistic sample which was composed by 243 urban households (families nucleus) with high and low income neighborhoods of the city of Cuiabá. Households with at least one child between 12 and 60 months age were included. All residents in the selected households were submitted to oropharynx swab collection for the isolation of Neisseria spp. To compare proportions the chi-square test was used. For the estimates of prevalence ratios (PR) and the respective 95% confidence intervals (95% CIs), for the analysis of the associated factors with Nm and NNP carrier state Poisson regression models were used. The adjustment of the variables in the final model was evaluated by the Hosmer e Lemeshow test. Results - A total of 1,050 individuals residing in 233 families nucleus were studied. The prevalence of Neisseria spp. was of 10.6% (111/1,050), Nm of 2.4% (25/1,050) and NNP of 8.2% (86/1,050). Among 111 carriers, 62 (56.0%) were by N. lactamica, 25 (22.0%) by Nm, 21 (19.0%) by N. subflava, two (2.0%) by N. mucosa and one (1.0%) by N. polysaccharea. Of the Nm, 76% (19/25) were non-grouping, 16% (4/25) were serogroup B, 4% (1/25) serogroup C and 4% (1/25) serogroup W. Prevalence of Nm in low-income neighborhoods was 2.8% (23/816) and high-income (0.8%) (2/234) (p=0.058), with a prevalence ratio of 3.3 (95% CI:0.8-13.9). The prevalence of NNP in low-income neighborhoods was 8.2% (67/816) and in high-income neighborhoods of 8.1% (19/234), with a PR of 1.0 (95% CI:0,6-1,6). They remained independently associated with Nm state after adjusting to live with a smoker at home and by number of people per dormitory: i) living in a low-income neighborhood (PRadjusted=2.6); ii) age group of 5 to 14 years (PRadjusted=2.7); iii) age range of 15 to 29 years (PRadjusted=2.4) and age group of 30 years and over (PRadjusted=1.4). After adjusting for respiratory infection in the last five days, presenting asthma, three or more people per dormitory and male sex, were independently associated with NNP status: i) belonging to the age group of five to 14 years of age (PRadjusted=2.8) and of children under five years of age (RPadjusted=7.2); ii) residing in a precarious home/kitchenette (PRadjusted= 2.1). Conclusions - The social context influences the carrier state of Nm and NNP. Meningococcal conjugate vaccines can prevent diseases directly and indirectly and such results may support the development of intervention strategies, especially for the identification of target groups of vaccination programs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.