• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2018.tde-04012018-154219
Documento
Autor
Nome completo
Telma Cecilia Coutinho Ventriglio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Dias, Maria Dionísia do Amaral (Presidente)
Moreno, Claudia Roberta de Castro
Paparelli, Renata
Vilela, Rodolfo Andrade de Gouveia
Título em português
Cargas de trabalho e desgaste mental de servidores públicos de Universidade Estadual: desenvolvendo uma proposta de ação qualitativa
Palavras-chave em português
Cargas de Trabalho
Desgaste Mental
Saúde do Trabalhador
Serviço Público
Resumo em português
A necessidade de compreender o trabalho e os processos de saúde-doença a ele relacionados, reverbera em toda instituição empregadora, seja ela pública ou privada. O trabalho constitui-se em um dos principais elementos na determinação social do processo saúde-doença, porém, o mundo do trabalho é dinâmico e suas configurações se modificam conforme os interesses do capital. Na atualidade, as inovações tecnológicas interferindo nos processos de trabalho e o novo modelo econômico, no qual predomina a pressão por tempo e o aumento da rentabilidade econômica, exigem trabalhadores cada vez mais polivalentes e multifuncionais, sintonizados com essa modalidade de trabalho intensificado. Esse contexto submete os trabalhadores do setor público e privado a diversos tipos de cargas de trabalho, especialmente cargas psíquicas que desencadeiam processos de desgaste mental no trabalho. A identificação das situações e fatores que afetam os trabalhadores psiquicamente é de difícil mensuração, o que não deve ser motivo para ignorar este importante aspecto do trabalho. Esta pesquisa está ancorada teoricamente no referencial da medicina social latino-americana e do campo da saúde do trabalhador. Foi desenvolvida no âmbito de um serviço de saúde ocupacional, com o objetivo geral de identificar as cargas o e o desgaste mental associado ao trabalho de servidores administrativos de uma universidade pública estadual, na percepção dos trabalhadores. Trata-se de um estudo de caso qualitativo, no qual utilizou-se a entrevista individual como instrumento de coleta de dados para conhecer o trabalho dos servidores administrativos e ao mesmo tempo testar instrumento para identificação de cargas de trabalho e desgaste mental no trabalho. A análise de dados revelou o trabalho na percepção dos trabalhadores a partir de quatro núcleos temáticos: a) o trabalho real na área administrativa, apresentando elementos da organização do trabalho; b) alegrias e tristezas do trabalho administrativo, no qual aparecem as ambiguidades do trabalho que ora desperta satisfação e bem estar e ora gera insatisfação; c) indicativos de cargas de trabalho, na qual são sintetizados os tipos de cargas mais frequentes na atividade administrativa da universidade; d) indicativos de proteção e de desgaste no trabalho. O estudo apresenta uma proposta de ação factível para ser utilizada no serviço de saúde ocupacional da instituição como forma de complementar e ou auxiliar as avaliações de saúde dos servidores públicos de modo a orientar ações preventivas e de promoção à saúde no trabalho. O instrumento traz como diferencial o enfoque qualitativo, o que possibilita ao trabalhador a manifestação livre da sua visão sobre o trabalho
Título em inglês
Workload and mental wear of public servants of State University: developing a proposal of qualitative action
Palavras-chave em inglês
Labor Health
Mental Wear
Public Service
Work Load
Resumo em inglês
The need to understand the work and the health-disease processes related to it, reverberates in any employer institution, no matter if it is public or private. The work is one of the main elements in the social determination of the health-disease process, but the world of work is dynamic and its configurations change according to the interests of capital. Nowadays, technological innovations interfere in the work processes and the new economic model, where pressure predominates and economic profitability increases, requiring increasingly multipurpose and multifunctional workers, attuned to this intensified work modality. This context remits public and private sector workers to various types of workloads, especially psychic loads that trigger processes of mental attrition at work. The identification of situations and factors that affect workers psychically is difficult to measure, which should not be a reason to ignore this important aspect of the work. This research is anchored theoretically in the reference of Latin American social medicine and the field of worker health. It was developed within the scope of an occupational health service, with the general objective of identifying the loads and the mental wear and tear associated with the work of administrative employees of a state public university, in the workers' perception. This is a qualitative case study, in which the individual interview was used as a data collection tool to know the work of the administrative servers and at the same time to test the instrument to identify workloads and mental attrition at work. The data analysis revealed the work in the perception of the workers from four thematic core: a) real work in the administrative area, presenting elements of work organization; b) joys and sorrows of administrative work, in which appear the ambiguities of the work that now awakens satisfaction and well-being and now generates dissatisfaction; c) indicative of workloads, in which are synthesized the types of loads most frequent in the administrative activity of the university; d) indicative of protection and wear at work. The study presents a feasible action proposal to be used in the institution's occupational health service as a way of complementing or assisting health evaluations of public servants to guide preventive actions and promote health at work. The instrument brings as a differential the qualitative approach, which allows the worker the free manifestation of his vision about the work
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.