• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2011.tde-27042011-094341
Documento
Autor
Nome completo
Isa Maria de Gouveia Jorge
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Pinto e Silva, Maria Elisabeth Machado (Presidente)
Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Marchioni, Dirce Maria Lobo
Pereira, Julio Cesar Rodrigues
Rezende, Magda Andrade
Título em português
Aceitação de alimentos por pré-escolares e atitudes e práticas de alimentação exercidas pelos pais
Palavras-chave em português
Atitudes e Práticas Alimentares
Obesidade
Pré-Escolar
Preferência Alimentar
Resumo em português
Introdução Estudos populacionais realizados com crianças evidenciam um aumento no consumo de alimentos ricos em açúcares e de alta densidade energética. Esta mudança nos padrões de consumo tem sido apontada como um dos fatores que favorece o ganho excessivo de peso. Interações entre pais e filhos no contexto alimentar são importantes na formação das preferências infantis e no padrão de ingestão. Objetivo Caracterizar o grau de aceitação de alimentos habituais de pré-escolares e as atitudes e práticas alimentares exercidas por seus pais, de acordo com sexo, idade e estado nutricional. Métodos Quatrocentas crianças de pré-escolas universitárias participaram do estudo. Aplicou-se teste afetivo utilizando-se fotografias de 29 alimentos habituais das crianças e escala hedônica facial de cinco pontos para verificação do grau de gostar. Cento e noventa pais responderam a um questionário sobre atitudes e práticas alimentares frente a alimentação infantil. Testes de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis foram feitos para comparação da aceitação de alimentos entre as crianças. Por meio de regressão logística univariada e múltipla analisou-se a relação entre o estado nutricional das crianças e aceitação de alimentos com atitudes e práticas alimentares exercidas pelos pais. Resultados A prevalência de crianças com baixo peso foi de 1,21por cento e a de obesos 9,66por cento . Os alimentos mais aceitos foram os de maior densidade energética e/ou ricos em açúcar. A batata frita foi a preferida. Os fatores associados ao excesso de peso dos pré-escolares foram: a percepção incorreta dos pais quanto ao peso dos filhos, excesso de peso dos pais e a preocupação com o peso da criança, ajustados pela pressão para comer exercida pelos pais. As atitudes e práticas de alimentação dos pais influenciaram na aceitação dos alimentos pelas crianças. Conclusão Independentemente do estado nutricional, os pré-escolares têm preferência por alimentos de alta densidade energética, ricos em gordura e/ou açúcares. Os fatores associados ao excesso de peso das crianças estão relacionados à percepção que os pais têm do peso do filho e do próprio excesso de peso. A influência dos pais no grau de gostar dos alimentos traz questões a serem pesquisadas futuramente
Título em inglês
Characterization of food acceptance by pre-school children and the relationship between the parental feeding practices and attitudes with the childrens nutritional status
Palavras-chave em inglês
Feeding Practices and Attitudes
Food Preference
Obesity
Pre-/school
Resumo em inglês
Introduction Epidemiological surveys with children have shown increased intake of sugar rich and energy-dense food. This change in eating patterns has been associated with one of the factors of obesity. Interactions among parents and children regarding dietary practices influence child preferences and eating patterns. Objective - To characterize the degree of acceptance of habitual foods of pre-school children as well feeding practices and attitudes exerted by their parents, according to gender, age and nutritional status. Methods Four hundred pre-school children took part in the study. The affective test using twenty-nine photographs of the childrens habitual foods and 5-point hedonic facial scale, was applied to ascertain degree of liking. One hundred and ninety parents answered a questionnaire on child feeding attitudes and practices. The Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests were applied to compare the childrens food acceptance by gender, age and nutritional status. By univariate and multiple logistic regression, it was analyzed the relationship between the childrens nutritional status and food acceptance with parental feeding practices and attitudes. Results Among the children studied, the prevalence of underweight was 1.21per cent and of obesity was 9.66per cent. The foods with highest acceptance were those with high energetic density and/or sugar rich levels. Potato chip was the preferred food. The factors associated to overweight in pre-school children were: parental misperception of childs weight, the parents overweight and concern over the childs weight, adjusted by parental pressure to eat. Parental feeding practices and attitudes influenced the children´s food acceptance. Conclusion Independent of nutritional status, pre-school children have preference for foods with high energetic density, high fat and/or sugar content. The factors associated to children´s overweight are related to parents´ perception of the childs weight and their own overweight status. The parental influence on the child´s food acceptance carries some questions to be investigated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IsaJorge.pdf (6.90 Mbytes)
Data de Publicação
2011-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.