• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2016.tde-15122015-132454
Documento
Autor
Nome completo
Michelle Alessandra de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fisberg, Regina Mara (Presidente)
Alencar, Gizelton Pereira
Damasceno, Nágila Raquel Teixeira
Sawaya, Ana Lydia
Sichieri, Rosely
Título em português
Dieta e fatores de riscos metabólicos para doença cardiovascular em adultos e idosos residentes no município de São Paulo: uma análise por modelos de equações estruturais
Palavras-chave em português
Adultos
Consumo Alimentar
Doença Cardiovascular
Fator de Risco
Idosos
Inquérito de Saúde
Resumo em português
Introdução: As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil e no mundo e apresentam importante contribuição para a carga global de doenças. A dieta tem sido considerada um dos determinantes primários do estado de saúde dos indivíduos, atuando na modulação dos fatores de risco metabólicos para doença cardiovascular. Objetivos: Desenvolver um modelo conceitual para a relação entre fatores de risco metabólicos e investigar sua associação com padrões de dieta de adultos e idosos residentes no município de São Paulo. Métodos: Estudo transversal de base populacional com amostra probabilística de adultos e idosos, residentes em área urbana do município de São Paulo, que participaram do Inquérito de Saúde do Município de São Paulo, realizado em duas fases entre os anos de 2008 e 2011 (estudo ISA Capital 2008). Na primeira fase do estudo, 1.102 adultos e idosos, de ambos os sexos, foram entrevistados no domicílio, por meio da aplicação de questionário estruturado e do recordatório alimentar de 24 horas. Na segunda fase, 642 indivíduos adultos e idosos foram reavaliados quanto ao consumo alimentar por meio da aplicação, por telefone, do segundo recordatório alimentar, e, destes, 592 participaram da coleta domiciliar de amostras de sangue venoso, da medição antropométrica e da aferição da pressão arterial por técnico de enfermagem. Os alimentos relatados em ambos os recordatórios foram agrupados segundo a similaridade do valor nutricional e hábitos alimentares da população, e corrigidos pela variância intrapessoal da ingestão por procedimentos estatísticos da plataforma online Multiple Source Method. Os grupos de alimentos foram analisados por meio de análise fatorial exploratória e confirmatória (manuscrito 1) e por modelos de equações estruturais exploratórios (manuscrito 3), a fim de obter os padrões de dieta. O modelo conceitual da relação entre os fatores de risco metabólicos (leptina sérica, proteína C-reativa de alta sensibilidade sérica, pressão arterial sistólica e diastólica, razão colesterol total/lipoproteína de alta densidade, razão triacilglicerol/lipoproteína de alta densidade, glicemia de jejum plasmática, circunferência da cintura e peso corporal) foi obtido por modelos de equações estruturais estratificados por sexo (manuscrito 2). Por fim, a associação dos padrões de dieta com o modelo conceitual proposto (manuscrito 3) foi investigada por modelos de equações estruturais exploratórios. Índices de qualidade de ajuste foram estimados para avaliar a adequação de todos os modelos. As análises foram realizadas no programa Mplus versão 6.12. Resultados: No manuscrito 1, a análise fatorial exploratória revelou a existência de dois padrões de dieta, os quais apresentaram boa qualidade de ajuste na análise fatorial confirmatória quando aplicados os pontos de corte de cargas fatoriais |0,25| na rotação oblíqua Promax. No manuscrito 2, a relação entre os fatores de risco metabólicos foi diferente entre os sexos. Nas mulheres, a leptina sérica apresentou efeitos indiretos e positivos, mediados pelo peso corporal e pela circunferência da cintura, em todos os fatores de risco avaliados. Já nos homens, a leptina sérica apresentou efeitos diretos e positivos sobre a proteína C-reativa de alta sensibilidade e efeitos indiretos e positivos (mediados pelo peso corporal e pela circunferência da cintura) sobre a razão triacilglicerol/lipoproteína de alta densidade, colesterol total/lipoproteína de alta densidade e glicemia de jejum plasmática. No manuscrito 3, foram obtidos três padrões de dieta, dos quais o Tradicional apresentou relação direta e negativa com a leptina sérica e relação indireta e negativa com o peso corporal e a circunferência da cintura, bem como com os demais fatores de risco metabólicos. Já o padrão Prudente apresentou relação direta e negativa com a pressão arterial sistólica, enquanto o padrão Moderno não se associou aos fatores de risco metabólicos investigados. Conclusão: Diferenças nos padrões de dieta de acordo com o tipo de rotação fatorial empregada foram observadas. A relação entre os fatores de risco metabólicos para doença cardiovascular foi distinta entre homens e mulheres, sendo a leptina um dos possíveis hormônios envolvidos. Os padrões de dieta Tradicional e Prudente associaram-se inversamente com os fatores de risco metabólicos, desempenhando uma importante estratégia de prevenção e controle às doenças cardiovasculares no país.
Título em inglês
Diet and metabolic cardiovascular disease risk factors in adults and elderly residents in the city of São Paulo: a structural equation model analysis
Palavras-chave em inglês
Adults
Cardiovascular Disease
Elderly
Food Intake
Health Survey
Risk Factor
Resumo em inglês
Introduction: The cardiovascular diseases are the main causes of death in Brazil and worldwide, presenting an important contribution to the global burden of diseases. The diet has been considered one of the primary determinants of the population health, by modulating metabolic risk factors for cardiovascular diseases. Objectives: To develop a conceptual model for the relationship between metabolic cardiovascular disease risk factors and investigate its association with dietary patterns of adults and elderly residents in the city of São Paulo. Methods: This is a population-based cross-sectional study with a probabilistic sample of adults and elderly living in the city of São Paulo, Brazil, whom participated in the Health Survey of São Paulo (HS-SP): a study performed in two stages between 2008 and 2011. In the first stage, a total of 1,102 adults and elderly, both sexes, were interviewed at home by trained interviewers, who applied a structured questionnaire and collected a 24-hour dietary recall. In the second stage, a total of 642 adults and elderly were re-evaluated by the application of the second 24-hour dietary recall by telephone. Of these individuals, a total of 592 underwent a household collection of blood samples, anthropometric measurements, and blood pressure assessment by a nurse assistant. The foods reported in both 24-hour recalls were collapsed into food groups according to nutritional composition and dietary habits of the population, and adjusted for the within-person variation of intake by statistical procedures of the web-based platform Multiple Source Method. The food groups were analyzed by exploratory and confirmatory factorial analysis (manuscript 1) and by exploratory structural equation model (manuscript 3) in order to extract the dietary patterns. The conceptual model for the relationship of the metabolic cardiovascular disease risk factors (serum leptin, serum high-sensitivity C-reactive protein, systolic blood pressure, diastolic blood pressure, total cholesterol/HDL-cholesterol ratio, triacylglycerol/HDL-cholesterol ratio, fasting plasma glucose, waist circumference and body weight) was obtained by a structural equation model stratified by sex (manuscript 2). Finally, the association of dietary patterns with the proposed model (manuscript 3) was investigated by exploratory structural equation model. Goodness-of-fit indexes were estimated to evaluate model fit. All analyzes were executed in Mplus software, version 6.12. Results: In manuscript 1, the exploratory factor analysis extracted two dietary patterns. These patterns exhibited a good model fit in the confirmatory factor analysis with the oblique Promax rotation and the factor loading cut-off |0,25|. In manuscript 2, sex differences in the relationship between metabolic cardiovascular disease risk factors were observed. Among women, serum leptin showed positive and indirect effects by mediation of body weight and waist circumference on all metabolic risk factors evaluated. Differently, among men, serum leptin showed positive and direct effects on high-sensitivity C-reactive protein and positive indirect effects (mediated by body weight and waist circumference) on triacylglycerol/HDL-cholesterol ratio, total cholesterol/HDL-cholesterol ratio and fasting plasma glucose. In manuscript 3, three dietary patterns were extracted, with the Traditional one showing negative and direct association with serum leptin and negative indirect effects on the other metabolic risk factors. The Prudent pattern showed a negative and direct association with systolic blood pressure, while the Modern pattern was not associated with any metabolic risk factors investigated. Conclusion: Differences in dietary patterns were observed according to the factor rotation method applied. The relationship between metabolic cardiovascular disease risk factors was distinct between men and women, with leptin emerging as one of the possible hormones involved. The dietary patterns labeled Traditional and Prudent were inversely associated with metabolic risk factors, playing an important strategy for prevention and control of cardiovascular diseases in this country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.