• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2015.tde-09102015-083138
Documento
Autor
Nome completo
Marianne Aparecida Pinheiro da Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Marucci, Maria de Fátima Nunes (Presidente)
Gambardella, Ana Maria Dianezi
Gobbo, Luís Alberto
Título em português
Obesidade sarcopênica e risco para óbito em idosos brasileiros
Palavras-chave em português
Estudo SABE
Idosos
Mortalidade
Obesidade
Obesidade Sarcopênica
Sarcopenia
Resumo em português
Introdução: A obesidade sarcopênica (OS) está associada a distúrbios metabólicos, dificuldades na mobilidade, maior risco de quedas, piora na qualidade de vida e mortalidade. Objetivo: Verificar a associação entre obesidade sarcopênica e óbito em coorte de idosos domiciliados, segundo sexo e grupos etários.Métodos: Foram utilizados dados do Estudo SABE Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, longitudinal, epidemiológico, de base domiciliar realizado no município de São Paulo, em 2000 e 2010. Em 2000, a população foi composta por 2143 idosos ( 60 anos), de ambos os sexos, selecionados por amostra probabilística; em 2010, a ocorrência de óbitos foi verificada pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do município de São Paulo, SP, no período de 2000 a 2010. Devido à ausência de variáveis necessárias ao estudo, a população do presente estudo foi composta por 1407 idosos sendo que destes 688 morreram entre 2000 e 2010. As variáveis de estudo foram: a) obesidade sarcopênica: considerando: obesidade [identificada pela circunferência de cintura (CC) 80 cm e 94 cm, para homens e mulheres, respectivamente] e sarcopenia [pelo desempenho motor do teste sentar e levantar (SeL), de uma cadeira, cinco vezes, com os braços cruzados, considerando baixo desempenho, quando o tempo despendido foi percentil (P) 75, da própria população; pela força de preensão manual (FPM) utilizando dinamômetro, no braço dominante, sendo considerada força reduzida, quando o valor foi P 25, da própria população; e pela massa muscular (MM), estimada pelo índice de massa muscular [IMM = MM (kg)/estatura²(m)], sendo a MM calculada por equação preditiva, considerando baixa MM, quando o valor foi P 20, da própria população]; b) sexo; c) grupos etários(60-74 e 75 anos). Demais variáveis incluíram características sóciodemográficas, clínicas e de estilo de vida. A presença de OS foi confirmada, quando todos os critérios adotados para diagnóstico de obesidade e de sarcopenia foram contemplados. Para verificar a associação entre as variáveis, foi utilizado teste de qui-quadrado Rao-Scott (p 0,05).O método de Kaplan-Meier foi utilizado para comparar as curvas de sobrevida e o teste log-rank para verificar se havia diferenças entre o impacto da obesidade sarcopênica na sobrevivência. A magnitude da associação entre óbito e obesidade sarcopênica foi verificada utilizando o modelo de regressão de Poisson, com nível de significância estabelecido em 5 por cento (p< 0,05). Resultados: Dos 1407 idosos avaliados, 2,4 por cento (n=66) que morreram no período entre 2000 e 2010, foram identificados com OS. A taxa de mortalidade foi maior: nos idosos com obesidade sarcopênica [120,2/1000 pessoa/ano (IC 95 por cento 93-155,3) / 43,6/1000 pessoa/ano (IC 95 por cento 39,6-48,1)], no grupo 75 anos [141,0/pessoa/ano (IC 95 por cento 112,1-177,4)/ 63,4/pessoa/ano (IC 95 por cento 24,8-202,7)] e nos homens (296,0/1000 pessoa/ano (IC 191,0-466,8) / 109,1/pessoa/ano (IC 95 por cento 82,9-143,9)] (p0,05). Após ajuste das variáveis, constatou-se maior risco para óbito nos idosos com 60-74 anos (RR= 1,37; IC 95 por cento 0,73-2,58) e nos homens (RR=1,99; IC 95 por cento 1,54-2,56). Conclusão: A obesidade sarcopênica foi associada ao risco para óbito nos homens e no grupo 60 - 74 anos.
Título em inglês
Sarcopenic obesity and risk of death in elderly Brazilians.
Palavras-chave em inglês
Elderly
Mortality
Obesity
SABE Study
Sarcopenia
Sarcopenic Obesity
Resumo em inglês
Introduction: Sarcopenic obesity (OS) is associated with metabolic disorders, difficulty in mobility, increased risk of falls, poor quality of life and mortality. Objective: To investigate the association between sarcopenic obesity with mortality in a cohort of elderly by sex and age group. Methods:We used data from the SABE Study - Health, Well-Being and Aging, longitudinal, epidemiological, from home base held in São Paulo in 2000 and 2010. In 2000, the population consisted of 2143 elderly patients ( 60 years) of both sexes, selected by random sample; in 2010, the deaths were verified by the Mortality Information System (MIS) in São Paulo, from 2000 to 2010. In the absence of variables needed to study, the population of this study consisted of 1407 elderly and of these 688 died between 2000 and 2010. The study variables were: a) sarcopenic obesity: considering: obesity [identified by waist circumference (WC) 80 cm and 94 cm for men and women, respectively] and sarcopenia [the test engine performance sitting and standing (SeL), from a chair five times, with crossed arms, considering poor performance when the time spent was percentile (P) 75, the population itself; the handgrip (FPM) using dynamometer, the dominant arm and is considered reduced force when the P value was 25, the population itself; and muscle mass (MM), estimated by the body mass index [IMM = MM (kg) / height² (m)], and the MM calculated by predictive equation, considering low MM, when the value was P 20, the own population]; b) sex; c) age groups (60-74 and 75 years).Other variables included sociodemographic characteristics, clinical and lifestyle. The presence of OS was confirmed when all the criteria adopted for diagnosis of obesity and sarcopenia were contemplated. To verify the association between variables, we used chi-square test Rao-Scott (p 0.05). The Kaplan-Meier method was used to compare survival curves and the log-rank test to see if there were differences between the impact of sarcopenic obesity on survival. The magnitude of the association between death and sarcopenic obesity was assessed using the Poisson regression model, with significance level set at 5 per cent (p <0.05). Results: Of the 1407 patients included, 2.4 per cent (n = 66) who died between 2000 and 2010 were identified with OS. The mortality rate was greater: in the elderly with sarcopenic obesity [95 per cent CI 120.2 / 1000 person / year (95 per cent CI 93 to 155.3) / 43.6 / 1000 person / year (95 per cent CI 39.6 -48.1)], in the group 75 years [141.0 / person / year (95 per cent CI 112.1 to 177.4) / 63.4 / person / year (95 per cent CI 24.8 to 202, 7)] and in men (296.0 / 1000 person / year (CI 191.0 to 466.8) / 109.1 / person / year (95 per cent CI 82.9 to 143.9)] (p0.05). After adjusting the variables, there was greater risk of death in elderly people with 60-74 years (RR = 1.37 95 per cent CI 0.73 to 2.58) and men (RR = 1.99 95 per cent CI 1.54 to 2.56). Conclusion: The sarcopenic obesity was associated with the risk of death in men and the group 60-74years.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.