• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2014.tde-04112014-083150
Documento
Autor
Nome completo
Bárbara Hatzlhoffer Lourenço
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Cardoso, Marly Augusto (Presidente)
Barreto, Mauricio Lima
Benicio, Maria Helena D' Aquino
Monteiro, Carlos Augusto
Victora, Cesar Gomes
Título em português
Determinantes do crescimento linear e ganho de peso de crianças em Acrelândia, Estado do Acre, Amazônia Ocidental Brasileira
Palavras-chave em português
Amazônia Ocidental Brasileira
Crescimento Linear
Crianças
Determinantes
Estado Nutricional
Ganho de Peso
Resumo em português
Introdução: Investigações sobre o crescimento linear e o ganho de peso durante a infância em regiões de baixa e média renda são relevantes ao avanço do conhecimento científico e ao planejamento de ações para promoção da saúde no contexto de transição nutricional que afeta tais áreas. Objetivo: Investigar determinantes do crescimento linear e ganho de peso de crianças residentes no município de Acrelândia, Estado do Acre, Amazônia Ocidental Brasileira. Métodos: O presente estudo longitudinal de base populacional foi constituído a partir de dois inquéritos transversais de base populacional conduzidos em 2003 e 2007, com dois inquéritos de seguimento realizados em 2009 e 2012. Foram realizadas entrevistas domiciliares para levantamento de informações sociodemográficas, características maternas e morbidade recente da criança, além de coleta de amostra de sangue e exame antropométrico. Os desfechos de interesse foram a variação em escores Z de altura e índice de massa corporal (IMC) para idade. Utilizaram-se modelos de regressão linear mistos para a análise dos dados longitudinais. Resultados: Os principais determinantes do crescimento linear mensurado em escores Z de altura para idade durante a infância foram o índice de riqueza domiciliar e a posse de terra, além da altura materna e de peso e comprimento da criança ao nascer. O ganho de peso verificado por escores Z de IMC para idade foi positivamente associado ao índice de riqueza domiciliar e ao IMC materno até os 10 anos de idade. Houve associação positiva entre estado inflamatório de baixo grau na linha de base do estudo (definido por maiores concentrações de proteína C-reativa até 1 mg/L) e incremento em escores Z de IMC para idade durante o seguimento entre crianças a partir de 5 anos de idade. O alelo de risco do gene associado à massa gorda e obesidade (FTO rs9939609) relacionou-se a maior ganho em escores Z de IMC para idade durante a infância, com modificação de efeito pelo estado inicial de vitamina D, com papel genético mais pronunciado entre crianças com concentrações ! insuficientes de vitamina D. O aumento em escores Z de IMC durante a idade escolar foi também associado à resistência à insulina nas crianças estudadas. Conclusão: Em uma área de baixa renda, confirmou-se a influência do contexto socioeconômico e de fatores intergeracionais representados por características maternas sobre o crescimento linear e o ganho de peso na infância. O incremento de peso foi influenciado também por um cenário em que deficiências de micronutrientes, elevada morbidade e interação entre fatores genéticos e nutricionais coexistem com panorama crescente de sobrepeso e obesidade.
Título em inglês
Determinants of linear growth and weight gain among children in Acrelândia, Acre State, Western Brazilian Amazon
Palavras-chave em inglês
Children
Determinants
Linear Growth
Nutritional Status
Weight Gain
Western Brazilian Amazon
Resumo em inglês
Background: Investigations on linear growth and weight gain during childhood in low- to middle-income regions are relevant to scientific knowledge and for the planning of actions focused on health promotion in the context of nutrition transition that affects such areas. Objective: To investigate determinants of linear growth and weight gain among children residing in the town of Acrelândia, Acre State, Western Brazilian Amazon. Methods: This population-based longitudinal study comprised two population-based cross-sectional surveys conducted in 2003 and 2007, and two follow-up assessments conducted in 2009 and 2012. Household interviews collected data on sociodemographic information, maternal characteristics, and childs recent morbidity. Children were also invited for blood sample collection and anthropometric evaluation. Outcomes of interest were change in height for age and body mass index (BMI) for age Z scores. Mixed-effect linear regression models were used in longitudinal data analysis. Results: Main determinants of linear growth in height for age Z scores during childhood were household wealth index and land ownership, as well as maternal height and childs birth weight and length. Weight gain ascertained with BMI for age Z scores was positively associated with household wealth and maternal BMI up to age 10 years. Baseline low-grade inflammatory status (defined as C-reactive protein concentrations up to 1 mg/L) was related to a higher gain in BMI for age Z scores during follow-up among children aged >5 years. Each risk allele of the fat mass and obesity associated gene (FTO rs9939609) was related to a higher increase in BMI for age Z score during childhood, with a significant interaction with baseline vitamin D status, with more pronounced genetic effects among children with vitamin D insufficiency. The increase in BMI for age Z scores during school-aged years was also associated with insulin resistance in children. Conclusion: In a low-income area, we confirmed the influence of the socioeconomic context and intergenerational factors represented by maternal ! characteristics on linear growth and weight gain during childhood. Increases in weight were also influenced by a scenario where micronutrient deficiencies, high morbidity, and interaction between genetic and nutritional factors are coupled with a rising panorama of overweight and obesity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.