• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2016.tde-02122015-115143
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Jorge Silva Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bastos, Deborah Helena Markowicz (Presidente)
Beltrame, Daniela Moura de Oliveira
Rosso, Veridiana Vera de
Título em português
Biodiversidade e composição de alimentos: dados nutricionais de frutas nativas subutilizadas da flora brasileira
Palavras-chave em português
Biodiversidade
Composição Nutricional
Frutas Nativas
Nutrição
Segurança Alimentar
Resumo em português
Introdução: O Brasil é um país de grande diversidade biológica, apresentando 15 a 20 por cento de todas as espécies do planeta. Visando mapear essa rica biodiversidade que é subutilizada, o Ministério do Meio Ambiente lançou ao longo de 2004 e 2005 a iniciativa "Plantas para o Futuro", cujo principal objetivo foi identificar as espécies nativas da flora brasileira de valor econômico atual e potencial. O projeto elencou 674 espécies nativas de diferentes regiões do Brasil com diferentes aplicações: alimentos, frutas, medicamentos, ornamentais e outros fins. As espécies frutíferas elencadas são, em sua maioria, subutilizadas e um dos motivos é a falta de dados nutricionais Objetivos: Este trabalho visou compilar dados de composição nutricional de espécies de frutas nativas elencadas pela iniciativa Plantas para o Futuro de modo a disponibilizar dados de macro e micronutrientes que possam ser inseridos em tabelas de composição de alimentos e, ao mesmo tempo, avaliar a qualidade dos dados nutricionais em publicações científicas que subsidiam a compilação dos dados de composição. Metodologias: Para a compilação dos dados foi utilizada a metodologia preconizada pela FAO/INFOODS (FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION/The International Network of Food Data Systems), com o emprego da ferramenta Compilation tool. Realizou-se levantamento bibliográfico em periódicos nacionais e internacionais e em bases de dados de teses e dissertações. Os critérios considerados essenciais para a compilação foram: nome cientifico conhecido do alimento, metodologia indicada e unidade de expressão conhecida. Avaliou-se a qualidade dos dados publicados e utilizados neste trabalho por meio de indicadores como: número de amostras, plano de amostragem, tratamento dado à amostra, método analítico e controle de qualidade analítica. Resultados: Obtiveram-se dados nutricionais de 26 espécies frutíferas das cinco regiões geopolíticas do país. As espécies frutíferas que se destacam por teor elevado de fibra alimentar são: jatobá (45,7 g/100 g), murici (9,72 g/100 g), pequi (9,7 g/100 g) e tucumã-açu (6,2 g/ 100 g). Em relação ao cálcio destacam as espécies frutíferas: mamãozinho (89,5 mg/ 100 g), tucumã-açu (87,4 mg/ 100 g) e já o magnésio, o mamãozinho (87,6 mg/ 100 g) e maracujá-do-cerrado (69 mg/ 100 g) são as compiladas com maiores teores. A vitamina C destacam camu-camu com pele (1888,2 mg/100 g), mangaba (332 mg/100 g) e caju-do-cerrado (294 mg/ 100 g). A análise das publicações levantadas revelou lacunas nas informações metodológicas necessárias para avaliar a qualidade dos dados nutricionais. Conclusão: Dados de composição nutricional de espécies frutíferas subutilizadas, quando existentes, referem-se principalmente aos macronutrientes. Há necessidade de alertar os pesquisadores da necessidade de, ao publicarem seus artigos, inserirem as informações necessárias para o trabalho de compilação. As espécies frutíferas analisadas neste trabalho devem ser consideradas para a alimentação do brasileiro quando comparadas com as frutas contemporâneas mais adquiridas no Brasil. A disponibilização desses dados nutricionais nas tabelas de alimentos contribuirá para o uso e conservação das espécies frutíferas nativas, ajudando no bem-estar humano e melhoria da nutrição.
Título em inglês
Biodiversity and food composition: nutritional data of Brazilian native fruits underused from Brazilian Flora
Palavras-chave em inglês
Biodiversity
Food Security
Native Fruits
Nutrition
Nutritional Composition
Resumo em inglês
Background: Brazil is a country with a vast biological diversity, containing 15-20 per cent of all species on the planet. In order to map this rich biodiversity that is underutilized, the Ministry of Environment released, throughout the year of 2004 and 2005, the initiative "Plants for the Future" whose main goal was to identify the native species of Brazilian flora that have current economic value and potential. The project listed 674 native species from different regions of Brazil with different applications: food, fruits, medicine, ornamental, and other purposes. The fruit species listed are, in the majority, underutilized and one reason for that is the lack of nutritional data. Objective: This study aims to compile nutritional composition data of native fruits species listed by the "Plants for the Future" in order to provide macro and micronutrients data that can be inserted in food composition tables and at the same time, evaluate the quality of nutritional data in scientific publications that support the compilation of compositional data. Methodology: For the compilation of the data it was used the methodology recommended by FAO/INFOODS (FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION/The International Network of Food Data Systems) with the use of the Compilation tool. The bibliographical research was conducted in national and international journals and theses and dissertations databases. The criteria considered essential for the compilation were known scientific name of the food, indicated methodology and known expression unit. The quality of the published data used in this study was assessed using indicators such as number of samples, sampling plan, treatment of the sample, analytical method and analytical quality control. Results: Nutritional data were obtained for 26 fruit species in the five geopolitical regions. The fruit species that stand out for high content of dietary fiber are: jatoba (45.7 g / 100 g), murici (9.72 g / 100 g), pequi (9.7 g / 100 g) and tucuma-açu (6.2 g / 100 g). Regarding to quantity of calcium, these fruit species contain higher concentrations: mamãozinho (89.5 mg / 100 g), tucumã-açu (87.4 mg / 100 g) and these other are rich in magnesium: mamãozinho (87.6 mg / 100 g) and maracujá-do-cerrado (69 mg / 100 g). The concentration of Vitamin C is seen highly in the camu-camu with skin (1888.2 mg / 100 g), mangaba (332 mg / 100 g) and in the caju-do-cerrado (294 mg / 100 g). The analysis of the collected publications revealed gaps in methodological information necessary to evaluate the quality of nutritional data. Conclusion: Nutritional composition data for underutilized fruit species, if any, relate primarily to macronutrients. There is a need to alert researchers on the importance of, in publishing their articles, remembering to enter the required information to the build work. The fruit species analyzed in this work should be considered for the Brazilian diet compared to other contemporary and more consumed fruits in Brazil. The availability of these nutritional data on food tables will contribute to the use and conservation of native fruit species, improving human wellbeing and nutrition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.