• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2011.tde-01032011-133044
Documento
Autor
Nombre completo
Juliana Masami Morimoto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Fisberg, Regina Mara (Presidente)
Corrente, Jose Eduardo
Marchioni, Dirce Maria Lobo
Martini, Ligia Araujo
Pereira, Rosângela Alves
Título en portugués
Ingestão habitual de nutrientes por adultos e idosos residentes no município de São Paulo
Palabras clave en portugués
Ingestão Habitual
Nutrientes
Variabilidade da Dieta
Variância Intrapessoal
Resumen en portugués
Introdução O consumo alimentar está associado com prevenção ou com risco de doenças e por isso sua estimativa pode ser utilizada como importante fonte de informação para o planejamento de políticas públicas em nutrição. Objetivo Estudar a ingestão habitual de nutrientes em uma amostra representativa de adultos e idosos residentes no município de São Paulo, segundo características sociodemográficas. Métodos Estudo transversal, com amostra representativa da população de adultos e idosos do município de São Paulo, conduzido no ano de 2003 (ISA-2003). Foi coletado um recordatório alimentar de 24 horas (R24h) para cada participante (n=1663), além de dados socioeconômicos e antropométricos. A medida de variabilidade da ingestão foi calculada por meio de duas replicações do R24h em uma subamostra desta população, no ano de 2007 (ISA-2007). A ingestão habitual foi estimada por meio do método desenvolvido pelo Iowa State University no programa PC-SIDE. As prevalências de inadequação foram calculadas pelo método da EAR como ponto de corte, segundo sexo, escolaridade do chefe da família, escolaridade do indivíduo e estado nutricional, posteriormente comparados utilizando o teste de proporções. Foram calculadas as razões de variância intrapessoal sobre a interpessoal entre os sexos. Resultados As prevalências de inadequação mais elevadas foram relativas às vitamina A (67por cento e 58por cento ), vitamina C (52por cento e 62por cento ), tiamina (41por cento e 50por cento ) e riboflavina (29por cento e 19por cento ), para o sexo masculino e feminino, respectivamente. A proporção de indivíduos com ingestão superior ao recomendado de cálcio foi menor que 2por cento e de sódio maior do que 99por cento . A prevalência de inadequação de vitaminas A, C, tiamina, riboflavina e niacina e dos minerais cobre, fósforo e selênio foi mais elevada entre os indivíduos com menor escolaridade, tanto do chefe da família como do indivíduo. Observaram-se diferenças nas frações das variâncias intrapessoais de alguns nutrientes segundo gênero. Conclusão Os adultos e idosos residentes do município de São Paulo apresentaram altas prevalências de inadequação na ingestão das vitaminas A, C, tiamina e riboflavina em ambos os sexos, principalmente entre os com menor escolaridade
Título en inglés
Usual nutrient intake by adults and older people living in municipality of São Paulo
Palabras clave en inglés
Diet Variability
Intraindividual Variance
Nutrients
Usual Intake
Resumen en inglés
Introduction Food intake is associated with prevention or risk of disease and so this estimation can be used as important source of information for planning public policy in nutrition. Objective To study the usual intake of nutrients in a representative sample of adults and older people living in São Paulo, according to sociodemographic characteristics. Methods Cross-sectional study with a representative sample of the adults and older people population in São Paulo, conducted in the year 2003 (ISA-2003). We collected a 24-hour dietary recall (24HR) for each participant (n=1663), and anthropometric and socioeconomic data. The measurement of intake variability was calculated by two replications of 24HR in a subsample of this population in 2007 (ISA-2007). The usual intake was estimated using the PC-SIDE program, which uses the method developed by Iowa State University. The prevalence of inadequacy were calculated by EAR cut-point method, according to sex, education of household head, education and nutritional status of individual, compared using proportion test. Ratios of within- to between-person variation were calculated according to sex. Results The highest prevalence of inadequate intake were related to vitamin A (67per cent and 58per cent ), vitamin C (52per cent and 62per cent ), thiamin (41per cent and 50per cent ) and riboflavin (29per cent and 19per cent ), for male and female, respectively. The proportion of individuals with more than the recommended intake of calcium was less than 2per cent and this percent of sodium was greater than 99per cent . The prevalence of inadequate intake of vitamins A, C, thiamin, riboflavin and niacin and of minerals copper, phosphorus and selenium were higher among individuals with less education, both of the head of the family as the individual. Differences were observed in the ratios of intraindividual variances of some nutrients by sex. Conclusion Adults and older people living in São Paulo presented high prevalence of inadequate intake of vitamins A, C, thiamin and riboflavin for both sexes, especially among the less educated people
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
JulianaMorimoto.pdf (1.03 Mbytes)
Fecha de Publicación
2011-03-18
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.