• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2009.tde-13042009-151633
Documento
Autor
Nome completo
Rosario Del Socorro Avellaneda Yajahuanca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Diniz, Carmen Simone Grilo (Presidente)
Gil, Laura Perez
Schor, Néia
Título em português
Sem kutipa: concepções sobre saúde reprodutiva e sexualidade entre os descendentes Kukamas Kukamirias, Peru
Palavras-chave em português
Etnografia
Peru
Plantas Medicinais
Saúde Materna
Saúde Sexual e Reprodutiva
Serviços de Saúde
Sexualidade
Resumo em português
A Amazônia peruana ocupa 62% do território do país. Ali existem 42 grupos etnolinguísticos, que apresentam características culturais, econômicas e políticas diferentes de outras populações do território nacional. Existe uma grande dívida histórica de reivindicação dos direitos destas populações, o que pressupõe elaborar formas de entender a dinâmica entre culturas diferentes, e projetando novas formas de relação que propiciem o encontro intercultural. Isso é importante para que a atenção à concepção, gravidez, parto e pós-parto se torne mais satisfatória e efetiva, e também para que sejam implementados serviços de saúde culturalmente adequados, com mais respeito aos direitos sexuais e reprodutivos no período gestacional. Objetivo: Conhecer as concepções sobre as necessidades específicas de saúde sexual e reprodutiva, com foco na saúde materna, no grupo étnico kukama kukamiria da comunidade de San Regis. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo de base etnográfico, utilizando os instrumentos de entrevista aberta, observação participante e diário de campo. No total, foram realizadas 25 entrevistas individuais, com mulheres grávidas e puérperas, parteiras, médicos herbalistas, parceiros e servidores de saúde. A identidade dos participantes foi protegida com a utilização de nomes fictícios. Resultados: As mulheres grávidas costumam preferir os serviços das parteiras/ parteiros da comunidade de San Regis pelo vínculo emocional e afetivo entre as duas partes, que resulta numa atenção mais calorosa. As plantas e ervas medicinais são muito utilizadas para curar moléstias ou favorecer um melhor estado de saúde na gravidez, durante e depois do parto, além de serem usadas no cuidado do recém-nascido. Os serviços de saúde são menos procurados, por freqüentemente desrespeitos as tradições deste grupo kukama kukamiria e pelas técnicas inapropriadas que utilizam. Conclusão: As parteiras/parteiros são procuradas pela sua proximidade cultural e afetiva; nos serviços de saúde, freqüentemente a população se sente ameaçada pelo contato rude e procedimentos invasivos.
Título em inglês
Without Kutipa: perceptions about reproduction health and sexuality between descendent of kukamas kukamirias
Palavras-chave em inglês
Ethnography
Health Services
Maternal Health
Medicinal Plants
Peru
Sexual and Reproductive Health
Sexuality
Resumo em inglês
The Peruvian Amazon occupies 62% of the territory of the country. In such area there are 42 ethnolinguistic groups each presenting its own cultural, economic and political features, different from other groups within the national territory. A great historical debt exists in terms of the claims of these people, what calls for the construction of ways to understand the dynamics relations among the different cultures and for the proposal of new forms of relations allowing intercultural encounter. This is important so that the assistance given during conception, pregnancy, labor and the post-partum period may be more satisfactory and effective, and also for the implementation of culturally adequate health services which pay due respect to sexual and reproductive rights during the pregnant period. Objective: To know the representations of the specific sexual and reproductive health needs with a focus on maternal health, in the ethnic group Kukama Kukamiria, in the community called San Regis. Methodology: This is a qualitative ethnographic study, using the instruments of open interview, participating observation and field diaries. Altogether 25 individual interviews were made, with pregnant women and women in labor, birth attendants, herbal doctors, partners and health personnel. The identity of the participants has been protected by the use of fictitious names. Results: The pregnant women customarily prefer the services of male or female birth attendants of the San Regis community because of the emotional and affective links between the two sides which results in more humanized assistance. Medicinal plants and herbs are very used to cure ailments or produce a better state of health during pregnancy and during and after labor as well being used in the care of the new-born. The health services are less preterably sought after because of their frequent disrespect to the traditions of th-is kukama kukamiria group and because of the inappropriate techniques used. Conclusion: The male or female birth attendants are sought after due to their cultural and affective proximity; conversely, in the health services, people frequently feel threatened by the rude approach and invasive procedures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RosarioAvellaneda.pdf (7.79 Mbytes)
Data de Publicação
2009-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.