• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2007.tde-08032007-135849
Documento
Autor
Nome completo
Alaerte Leandro Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Tanaka, Ana Cristina D'Andretta (Presidente)
Mamede, Marli Villela
Siqueira, Arnaldo Augusto Franco de
Souza, Jose Maria Pacheco de
Tsunechiro, Maria Alice
Título em português
Near miss e mulheres negras em três municípios da região metropolitana de Curitiba
Palavras-chave em português
Morbidade materna grave
Mulheres negras
Near miss
Resumo em português
Introdução – A mortalidade materna apresenta grande diferença entre os países desenvolvidos e em desenvolvimento e espelha a qualidade da assistência prestada à saúde da mulher. Para evidenciar melhor essa assistência novos métodos de estudo vêm sendo utilizados, dentre eles a investigação das morbidades materna graves – near misses. Objetivo - Analisar se a cor é fator de risco determinante de casos de near miss, das mulheres residentes em três municípios da Região Metropolitana de Curitiba. Método - Estudo de caso-controle prospectivo de base populacional. Resultados - Foram identificados 68 casos de near miss, dentre eles um óbito materno direto, um indireto tardio e um direto tardio, sendo relação de 1 óbito para cada 23 casos de near miss ou 4,41%. A razão de mortalidade materna ficou em 36,05/100 mil nascidos vivos, atingindo 108,15/100 mil nascidos vivos considerando os dois óbitos tardios. Os casos representam taxa de 2,45% das gestantes ou 24,50/1000 partos. Tanto na análise univariada como na multivariada a cor não apresentou significância estatística sendo o p= 0,497 e 0,8964 respectivamente. Houve significância estatística na interação entre cor e paridade p= 0,0095, OR 3,67 (IC 95% 1,37 – 9,80). Conclusões – Dentre outros achados a relação de 1 óbito materno para 23 casos de near miss e o salto da razão de mortalidade materna de 36,05 para 108,15/100 mil nascidos vivos justificam o estudo da morbidade materna grave, possibilitando conhecer a real situação da assistência a saúde da mulher. A variável cor não foi identificada como sendo fator de risco para near miss. Evidenciou-se a necessidade de aprofundamento da análise das variáveis identificadas como fatores de risco para near miss: idade e outras causas de internação para mulheres brancas, número de gestações e doenças associadas para as mulheres negras, assim como a instituição de outros parâmetros de análise como as transferências e reinternações.
Título em inglês
Near miss and black women in three cities in the Metropolitan Region Curitiba
Palavras-chave em inglês
Black women
Near miss
Severe maternal morbidity
Resumo em inglês
Introduction - Maternal mortality presents great difference between the developed and developing countries and reflects the quality of the woman health care delivered. To evidence this assistance better new study methods come being used, amongst them, the investigation of the severe maternal morbidity - near misses. Objective – Evaluate if the color is a determinative factor to cases of near miss to women who live in three cities of Metropolitan Region Curitiba. Method – Prospective case-control study of population-based. Results – 68 cases of near miss had been identified, amongst them one direct maternal death, one delayed indirect and one delayed direct, being relation of 1 death for each 23 cases of near miss or 4.41%. The maternal mortality ratio was in 36,05/100,000 live births, reaching 108,15/100,000 live births considering the two delayed deaths. The cases represent 2,45% of the pregnants or 24,50/1000 live births. As much in the univariate analysis as in multivariate the color did not present statistic significance, being p= 0,497 and 0,8964, respectively. There was statistic significance in the interaction between color and parity p= 0,0095, OR 3,67 (IC 95% 1,37 - 9,80). Conclusions – Amongst other findings, the relation of 1 maternal death for 23 cases of near miss and the jump of the maternal mortality ratio from 36,05 to 108,15/100,000 live births justify the maternal morbidity study making possible to know the real situation of the assistance the health of the woman. The variable color was not identified as being factor of risk to near miss. It was proven necessity of deepening of the analysis of the identified variable as factors of risk to near miss: age and other causes of internment for white women, number of gestations and diseases associates for the black women, as well as the institution of other parameters of analysis as the transferences and re-internment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Alaerte.pdf (333.44 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.