• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2013.tde-05022013-110537
Documento
Autor
Nome completo
Camila Junqueira Muylaert
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Reis, Alberto Olavo Advincula (Presidente)
Rolim Neto, Modesto Leite
Zioni, Fabiola
Título em português
Formação, vida profissional e subjetividade: narrativas de trabalhadores de Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil
Palavras-chave em português
Adolescente
Criança
Saúde Mental
Serviços de Saúde Mental
Resumo em português
Introdução: O atual modelo de saúde mental infantojuvenil tem como um dos seus pilares a transformação da postura dos profissionais da área. Espera-se que eles se coloquem de corpo inteiro e se impliquem subjetivamente no trabalho. Esses profissionais têm papel fundamental nas direções tomadas ao longo dos anos, contudo são historicamente desvalorizados e pouco estudados. Objetivo: Descrever e analisar a subjetividade, as experiências de formação e a trajetória de vida de trabalhadores de Centros de Atenção Psicossocial Infantojuvenis (CAPSi) e suas relações com o processo de inserção e prática nesse campo. Método: Foi realizado um questionário com perguntas semi abertas e entrevistas narrativas com 8 trabalhadores de diferentes categorias profissionais lotados em 2 CAPSis do Município de São Paulo, um deles gerenciado diretamente pela Prefeitura e outro por Organização Social de Saúde (OSS). Para análise das entrevistas narrativas foi utilizada a proposta de Shutze. O Referencial Teórico foi construído a partir de diferentes autores que dialogam entre si, dentre eles Dejours e Schwartz. Resultados: Constaram-se importantes diferenças entre os trabalhadores do CAPSi gerenciado por OSS e pela Prefeitura no que se refere ao perfil profissional, às motivações para o trabalho, ao tipo de formação que buscam e aos sentidos atribuídos ao trabalho. No entanto, todos os trabalhadores revelam características comuns: impacto recíproco que a vida pessoal e o trabalho na saúde mental exercem entre si; passagem prévia por hospital, escola ou consultório, de forma que essas instituições marcam sua atuação profissional; carência de capacitação oferecida pelos serviços e grande distância entre as necessidades reais do serviço e os treinamentos oferecidos. Conclusão: A tendência atual do mundo do trabalho caminha em sentido oposto às propostas da Reforma Psiquiátrica, fazendo com que os profissionais mais antigos encontrem dificuldades e os mais jovens se afastem dos pressupostos da Reforma Psiquiátrica. Junto a isso, a complexidade das propostas de tratamento nos CAPSis e a falta de espaços de discussão e potencialização do trabalho, que deviam ser oferecidos pelas instituições, faz com que ambos os grupos de profissionais sintam-se perdidos e sozinhos. A formação transcende o espaço técnico no qual ela se delimita inicialmente e se espraia para diversos setores da vida do indivíduo
Título em inglês
Professional training, working life and subjectivity: Psychosocial Care Center for children and adolescents workers narratives.
Palavras-chave em inglês
Child and Adolescent
Mental Health
Mental Health Services
Resumo em inglês
Introduction: The current model of child and adolescents Mental Health Care are in transformation concerning the professionals approach. It is expected that they get deeply involved in a subjective way in their work. These professionals are very important in the directions taken in that field over the years, however, they are historically unevaluated and understudied. Objective: Describe and analyze subjectivity, as well as training experiences and life trajectories of employees of Psychosocial Care Centers for Children and Adolescents (CAPSi) and their relation to the process of professional insertion and practice in this field. Method: A semi-structured questionnaire and narratives interviews were conducted with 8 workers from 2 CAPSi from São Paulo City, Brazil; one managed directly by the City and one managed by Social Health Organizations- OSS. The narratives interviews have been subjected to Shutze analysis techniques. The Theoretical Framework was built from different authors who interact with each other, including Dejours and Schwartz. Results: It was found important differences between work team from CAPSi managed by the OSS and CAPSi managed directly by the City concerning professional profile, motivations for work, type of training searched and meanings attributed to work. However, all employees reveal common features: reciprocal impact that personal life and work in mental health influences on each other; previous works in hospitals, schools and office, so these institutions marked their professional performance; lack of training services and large distance between the real needs of the service and the training offered. Conclusion: It was found that the current trend in the field goes in opposite direction to the proposals of the Psychiatric Reform, causing the older professionals do not fit in and younger professional deviate from the Psychiatric Reform proposed. Along with this, the complexity of treatment proposed in CAPSi and lack of opportunities for discussion and empowerment work team of labor, which should be offered by institutions, makes both groups of professionals feel lost and alone. The technical training transcends space in which it delimits initially and spreads to various sectors of the life of the individual
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.