• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2008.tde-09062008-101552
Documento
Autor
Nome completo
Márcia Maria Porto Rossetto Mazza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Lefevre, Fernando (Presidente)
Derntl, Alice Moreira
Faro, Ana Cristina Mancussi e
Karsch, Ursula Margarida Simon
Oliveira, Neusa Guaraciaba dos Santos de
Título em português
O cuidado em família sob o olhar do idoso
Palavras-chave em português
Cuidador familiar
Envelhecimento
Família
Idoso
Promoção de saúde
Resumo em português
Esta tese é uma continuação da investigação iniciada em meu trabalho de mestrado desenvolvido em 2002, cujo foco dirigiu-se ao cuidador familiar, figura central de atenção ao idoso no domicílio. Este estudo se propôs a estudar como se estabeleceram as relações de cuidado entre o cuidador familiar e o idoso, desviando o olhar deste cuidador e focalizando o olhar no idoso, podendo, com isto, estabelecer a contrapartida para o entendimento desta dinâmica. O objetivo foi identificar o significado, para a pessoa idosa, portadora de alguma incapacidade funcional, que caracterize alguma forma de dependência, sobre o cuidado que a ela é prestado pelo seu cuidador familiar, e identificar a representação social desta pessoa idosa, com referência ao seu cuidador familiar. Foram entrevistados 31 idosos na faixa etária de 65 a 95 anos, matriculados no Centro de Saúde Escola Geraldo de Paula Souza, da Faculdade de Saúde Pública - USP, pertencentes à região de Pinheiros, cidade de São Paulo. A metodologia utilizada foi a qualitativa, usando a teoria da representação social, e a estratégia metodológica para a análise das entrevistas foi o discurso do sujeito coletivo-DSC. Diferentes representações sociais foram extraídas dos depoimentos. Quanto ao significado do cuidado foram referidos: o afeto que recebiam do seu cuidador; a vocação do cuidador para executar o cuidado; a solidão que sentiam; a obrigação/retribuição; o desgaste/tensão, e a troca de papéis. As representações quanto ao julgamento do cuidador e do cuidado foram tanto atributos exclusivos do cuidador quando se referiram à sua competência e eficiência, como atributos dos próprios idosos quando justificaram ser independentes e fáceis de cuidar. Em contraposição, ao reconhecimento de sua dependência do cuidador ao enumerar suas fragilidades; à importância deste cuidador quando asseguraram não terem mais ninguém, só ele; e outras alternativas de cuidado como: contar com a família como provedora de auxílio; procurar outro cuidador; ir para instituição de longa permanência, como asilo/casa de repouso; contar com a ajuda de Deus; importância do empregado doméstico na ajuda do cuidado; morar sozinho, apesar das fragilidades; contar com o amparo dos amigos e do serviço de saúde. Para tais idosos a família é a instituição mais valorizada para executar o cuidado, na hipótese de não haver mais o cuidador principal. Reconhecem a dificuldade da prestação do cuidado para a vida de seu familiar e a dificuldade de encontrar outro cuidador para se responsabilizar por eles. A preservação da sua autonomia e independência são buscas contínuas no cotidiano de suas vidas. Através dos discursos dos idosos foi possível compreender suas necessidades, anseios, desejos, possibilitando uma reflexão sobre o envelhecimento e suas implicações.
Título em inglês
Caretaking in the family from the perspective of the elder
Palavras-chave em inglês
Aging
Elder
Family
Family caregiver
Health promotion
Resumo em inglês
This thesis is a sequence of the investigation started in my M.A. dissertation developed in 2002, which focus was directed to the caregiver, the central element in the attention to the elders in the household. This study aimed at the study of the way the care relations family caregiver-elder take place shifting the focus to the elder so as to make possible the establishment of the counterpart for the understanding of such dynamics. The objective was twofold: the identification of the meaning, for an elder bearing one or more functional handicaps that characterize some form of dependence, of the care given to him by his family caregiver and also the identification of the social representation of this aging person concerning this caregiver. 31 elders aged 65 to 95 enrolled in the Centro de Saúde Escola Paula Souza of the School of Public Health - USP, residents in the Pinheiros Region of São Paulo were interviewed. A qualitative methodology based on the theory of social representation was used and the methodological strategy utilized for the analysis of the interviews was the Collective Subject Discourse Analysis - CSDA. Different social representations were drawn from the statements. Concerning to the meaning of the care were mentioned: affection they received from their caregiver; the vocation of the caregiver to deliver the attention; the loneliness they felt; the obligation/retribution; the wearing out/tension and the role exchange. The representations relating to the judgment of the caregiver and care were both exclusive attributes of the caregiver with regard to his competence and efficiency, as their own attributes when they referred being independent and easy to be taken care of. In contraposition, to the recognition of their dependence of the caregiver when they enumerated their fragilities; the importance of this caregiver; when they assures having no one but him; and other alternatives of care such as: counting on the family as care provider; seek another caretaker; go to long term stay institution, like a nursing home/rest home; counting on God's help; importance of the house maid for the help in the care; living alone, despite the frailties; confiding on the help of friends and health service. For these elders the family is the most valued institution to carry out the assistance, in case of the absence of the main care caregiver. They recognize the difficulty of care giving in the life of his relative and also the difficulty in finding another caregiver to take responsibility over them. The preservation of their own autonomy and independence are continually sought in their daily lives. From the discourse of the elders it was possible to understand their needs, wishes and desires, which make possible a reflection on aging and its implications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_MarciaMaria.pdf (1.44 Mbytes)
Data de Publicação
2008-07-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.