• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2018.tde-09012018-150556
Documento
Autor
Nome completo
Gloria da Conceicao Mesquita Leitao
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1991
Orientador
Banca examinadora
Piovesan, Armando (Presidente)
Azevedo, Maria Amelia Nogueira de
Blay, Eva Alterman
Candeias, Nelly Martins Ferreira
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
Crenças argumentais de mulheres que sofreram agressão de seus maridos ou companheiros: estudo comparativo no campo da análise transacional, realizado com populações atendidas na segunda delegacia de polícia de defesa da mulher, e no centro de saúde Rubens Monteiro Arruda; São Paulo, (SP), 1988
Palavras-chave em português
Argumentos
Crenças
Violência contra a Mulher
Resumo em português
Estudo das crenças integrantes do Argumento de Vida de mulheres que sofreram agressão de seus maridos ou companhei ros. Trata-se de uma pesquisa "ex-post facto" realizada com populações atendidas na 2ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher e no Centro de Saúde Dr. Rubens Monteiro Arruda, no bairro de Santo Amaro, na cidade de são Paulo (SP), Brasil. Na forma como é apresentada, esta pesquisa pode ser considerada inédita na área de Análise Transacional. Com ela procurou-se conhecer as crenças resultantes das experiências de vida com que cada mulher respondente construiu seu modelo de mundo. Reconhece-se que tal comportamento, por mais incongruente que seja, possui um sentido quando é analisado dentro do contexto limitado de escolhas geradas pelo próprio modelo. A interpretação dos resultados permitiu concluir que as mulheres da 2ª Delegacia de Polícia de Defesa de Mulheres e as do Centro de Saúde Rubens Monteiro Arruda, diferem em relação a maioria das crenças. As do primeiro grupo tendem a ter crenças de baixa autovalorização e de supervalorização do parceiro e, por isso, tendem a ser ,agredidas.
Título em inglês
Beliefs of women who suffered aggression from their husbands or partners: a comparative study in the field of transactional analysis, carried out with populations attended at the second women's police station, and at the Rubens Monteiro Arruda health center; São Paulo, SP, 1988
Palavras-chave em inglês
Arguments
Beliefs
Violence against Women
Resumo em inglês
Study of believes integrating life script of women that suffered agression from their husbands or companions. It is an "ex-post facto" research done with the population attended by the Second Police District of Women Defense and Health Center Doctor Rubens Monteiro Arruda, in the district of Santo Amaro, in the city of São Paulo (SP), Brazil. In the form that it is presented, this research can be considered unheard in the area of Transactional Analysis. With it one tried to get to know the believes resulting from life experiences with which every respondent woman built their life model. It is recognized that every behaviour, the more incongruent it is, owns a sense, when analysed inside the limited context of choices generated by the own model. The interpretation of results permitted to conclude that, those women from the Second Police District and those from the Health Center Rubens Monteiro Arruda, differ in relation to the majority of the believes. The ones from the first group tend to have, believes of low self-value and super valorization of the companion and, for this reason, they tend to be victims of agression.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.