• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Laerte Pereira de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1996
Orientador
Banca examinadora
Germano, Pedro Manuel Leal (Presidente)
D'Angelino, Jose Luiz
Nader Filho, Antonio
Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de
Panetta, José Cezar
Título em português
Bursite cervical em bovinos: avaliação da brucelose como fator de risco
Palavras-chave em português
Bovinos
Brucelose
Bursite Cervical
Resumo em português
Estudo realizado no Frigorífico Triângulo de Uberlândia, Minas Gerais (MG), utilizando delineamento tipo caso-controle, procurou estabelecer a possível relação entre bursite cervical e brucelose, em bovinos abatidos no período de agosto de 1993 a julho de 1994. O diagnóstico de brucelose foi realizado mediante a prova de soroaglutinação rápida em placa. Os casos de bursite foram identificados, por técnico do Serviço de Inspeção Federal (SIF), com base em características morfológicas, previamente padronizadas. Para a determinação do odds ratio e do risco atribuível , entre bursite e brucelose, utilizaram-se 30 animais com o quadro e, como controle, 90 bovinos sem a patologia. Dos municípios que enviaram animais para o abate 60,0 por cento pertenciam à microregião do Triângulo Mineiro, MG, correspondendo a 94,7 por cento do total de bovinos abatidos; o número de machos e fêmeas equivaleram-se. A frequência de ocorrência de bursite cervical foi igual a 0,14 por cento (40/28.677); 80,0 por cento dos casos foram registrados entre os meses de agosto de 1993 e fevereiro de 1994. Goiás (GO) apresentou uma frequência de bursite da ordem de 0,28 por cento contra 0,13 por cento de MG (P=0,139) ; Itapirapuã, GO, com 5,0 por cento de casos de bursite, foi o município com a maior ocorrência da patologia (P<0,05). As fêmeas apresentaram 0,20 por cento de frequência de bursite, contra 0,07 por cento dos machos (P<0,05). Vascularização intensa (56,7 por cento ) e espessamento da parede da bolsa (43,4 por cento ) foram as características morfológicas mais encontradas. Dos animais com bursite, 13,3 por cento eram brucélicos, contra 5,6 por cento do grupo controle (P=0,115). Dentre aqueles com brucelose e bursite, as bolsas continham fibrina (40,0 por cento ) e projeções digitiformes (33,3 por cento ); encontradas as presenças de pús 1 de nódulos e de líquido viscoso. O odds ratio encontrado entre a brucelose e a bursite foi da ordem de 2,61 (P>0,05). O risco atribuível da patologia na população estudada foi igual a 7,64 por cento , valor esse correspondente à frequência esperada de redução de casos de bursite cervical, após a erradicação da brucelose em populações semelhantes à do presente estudo. No âmbito da saúde ocupacional, mesmo diante da ausência de relação estatística entre bursite e brucelose, esta patologia deve continuar a merecer a atenção de técnicos e profissionais de frigoríficos, com o escopo de diminuir eventuais riscos de infecção de trabalhadores, bem como de evitar a contaminação de carcaças, equipamentos e instalações.
Título em inglês
Cervical bursitis in cattle: evaluation of brucellosis as a risk factor
Palavras-chave em inglês
Brucellosis
Cattle
Cervical Bursitis
Resumo em inglês
The present study was conducted in the municipal of the Municipality of Uberlândia in the State of Minas Gerais. An examination is made of the association between a sorological diagnosis indicating brucellosis and the existence of supraspinous bursitis in cattle slaughtered between August, 1993 and July, 1994. To diagnose brucelloses the "Rapid Aglutination" test was performed on a plate with the standardized antigen count considered to be positive if above 100. The bursas examined were identified by technicians of the Federal Inspection Service based on the presence of ten standardized morphological characteristics. Using the case-control design 30 animals identified as having supraspinous bursitis were compared with 90 animals rendomly selected, without bursitis- but with other characteristics (sex, background, lot, conformation) similar to those affected. All animals were then diagnosed for brucellos. Of all municipios counties that sent animals for slaught 60,0 per cent came from the microregion of Triângulo Mineiro, MG, corresponding to 94,7 per cent of the total of slaughtered bovine; the number of females and males were equivalent. 80,0 per cent of cases of bursitis were registrated between August 1993 and February 1994. The State of Goiás had a rate of 0,28 per cent of bursitis cases against 0,13 per cent in Minas Gerais, (P=0,139). Itapirapuã, GO, with 5,0 per cent of cases was the municipal region with the highest rate of ocorrence (P<0,05). The rate or bursitis in female animals was 0,20 per cent while in male it was 0,07 per cent (P<0,05). The most frequency intense vascularization (56,66 per cent ), the presence of nodules (53,33 per cent ). Of the animals with bursitis, 13,33 per cent were found to have brucellosis while of the other animals, 5,56 per cent had the disease (P=0,115). The morphological characteristics of the bursae examined of the animals with brucellosis contained, most frequency, fibrin (40,0 per cent ) and digital projections (33,3 per cent ). The presence of pus, nodules and viscous fluid were found only among the animals who tested negative for brucellosis. The odds ratio between brucellosis and supraspinous bursitis was 2,61 (P>0,05). The attributable risk of bursitis in the population was calculated at 7,64 per cent . This is to say that the expected frequency of supraspinous bursitis, with the eradication of brucellosis, can be expected to reduce by this amount (in populations similar to that of the present study) . In the area of work related health hazards, although the statistical relation between bursitis and brucellosis lacks significance, bursitis continues to merit the attention of technicians and profesionals employed in slaughterhouses in and effort to reduce the risk of infection to their health as well as contamination of carcasses, equipment and installations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.