• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2017.tde-03112017-132209
Documento
Autor
Nome completo
Mitika Kuribayashi Hagiwara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1979
Orientador
Banca examinadora
Paim, Gil Vianna (Presidente)
Juarez, Edmundo
Laurenti, Ruy
Pinto, Aramis Augusto
Rosa, Carlos Almeida Santa
Título em português
Estudo comparativo entre as reações de soroaglutinação microscópica e de fixação do complemento na leptospirose canina experimental pelos sorotipos icterohaemorrhagiae e canicola
Palavras-chave em português
Leptospira canicola
Leptospira icterohaemorrhagiae
Leptospirose Canina
Soroaglutinação
Resumo em português
Com a finalidade de se analisar a dinâmica da evolução dos anticorpos na fase aguda da infecção, através das reações de soroaglutinação microscópica e de fixação do complemento, trinta animais foram inoculados experimentalmente com leptospiras patogênicas, sendo quinze com o sorotipo icterohaemorrhagiae e quinze com o sorotipo canicola. Procurou-se também avaliar a potencialidade do emprego dos antígenos preparados com amostras de leptospiras aquícolas estirpes Patoc I, Rufino e Buenos Aires, em ambas as reações. Os anticorpos fixadores do complemento foram observados na circulação sanguínea a partir do 49 dia após a inoculação em ambos os grupos de animais, enquanto as aglutininas foram detectadas a partir do 7º dia. Estas persistem durante um período maior de tempo, pois 50% dos animais inoculados com o sorotipo icterohaemorrhagiae apresentaram anticorpos circulantes no 56º dia após a inoculação e 80% dos cães inoculados com o sorotipo canicola, no 63º dia pós-infecção. Nessa oportunidade, os anticorpos fixadores do complemento não foram observados nos soros dos animais de ambos os grupos. As estirpes Patoc I e Rufino não foram-eficientes em revelar anticorpos circulantes em ambos os grupos experimentais tanto pela reação de soroaglutinação microscópica como pela reação de fixação do complemento, em proporções que justifiquem seu emprego como antígeno único. Entretanto, 87% dos cães inoculados com o sorotipo icterohaemorrhagiae e 80% dos cães inoculados com o sorotipo canicola foram reagentes quando se empregou a estirpe Buenos Aires nas reações de soroaglutinação microscópica e de fixação do complemento.
Título em inglês
Comparative study between microscopic sero-agglutination and complement repair reactions in experimental canine leptospirosis by icterohaemorrhagiae and canicola serotypes
Palavras-chave em inglês
Canine Leptospirosis
Leptospira canicola
Leptospira icterohaemorrhagiae
Sero-agglutination
Resumo em inglês
In order to evaluate the antibody response to pathogenic leptospira from both serotypes icterohaemorrhagiae and canicola, dogs were experimentally inoculated with these two serotypes. Bach of the serotypes were inoculated in 15 dogs and the antibody response in the acute phase of infection was followed using agglutination, and complement fixation tests. These tests were also performed using non pathogenic leptospira such as Patoc l, Rufino and Buenos Aires. Complement fixing antibodies were detected in both groups, at the 4th day post-infection and agglutinins only appeared in circulation at the 7th day post-infection when homologous antigens were used. On the 63rd day post-infection with canicola serotype and on the 56th day post-infection with the serotype icterohaemorrhagiae complement fixing antibody could no longer be detected but, in both experimental groups, specific agglutinins were present in significant tittles. The antigens Patoc I and Rufino were inefficient to detect circulating antibodies in experimentally infected animals. However, when the Buenos Aires antigen was used 87 percent of the animals infected with the serotype icterohaemorrhagiae and 80 per cent of the animals infected with the serotype canicola showed significant tittles of antibody.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.