• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
João Silvestre da Silva Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Fischer, Frida Marina (Presidente)
Martinez, Maria Carmen
Rocha, Lys Esther
Título em português
Afastamento do trabalho por transtornos mentais e fatores associados: um estudo caso-controle entre trabalhadores segurados da Previdência Social
Palavras-chave em português
Absenteísmo
Epidemiologia Ocupacional
Fatores Psicossociais no Trabalho
Previdência Social
Saúde do Trabalhador
Saúde Mental
Resumo em português
Introdução - As ausências ao trabalho por doença são usadas como indicador da saúde dos trabalhadores e consideradas um significante problema de Saúde Pública. Diversos fatores são descritos como associados ao absenteísmo-doença, independentemente do agravo. A Previdência Social do Brasil regulamenta a concessão de benefício para trabalhadores que comprovarem incapacidade para o trabalho acima de quinze dias por adoecimento. Em 2010, transtornos mentais e comportamentais foram a terceira principal causa de concessão de auxílio-doença por incapacidade laborativa. Objetivo - Avaliar os fatores associados às longas ausências ao trabalho por transtornos mentais e comportamentais. Materiais e Método - Estudo de caso-controle composto por 385 participantes. Os casos foram requerentes de benefício previdenciário por transtorno mental incapacitante na cidade de São Paulo, Brasil. Foram realizadas entrevistas para preenchimento de questionários sociodemográfico e de hábitos/estilo de vida, ocupacional inclusive percepção de fatores psicossociais no trabalho, avaliação de condição de saúde e dados do laudo médico-pericial da Previdência Social. Foi realizada regressão logística múltipla hierarquizada para a avaliação da associação das variáveis independentes ao desfecho. Resultados - Os fatores associados foram: sexo feminino, alta escolaridade, cor da pele autorreferida como branca, alto grau de consumo de fumo e de ingesta de álcool, vínculo com empresa estatal, exposição à violência no trabalho, baixo apoio social, elevado comprometimento com o trabalho, atendimento médico por mais de dois diagnósticos no último ano. Na modelagem com interação entre as dimensões dos modelos de estresse ocupacional, a exposição à alta exigência com baixo apoio social, o desequilíbrio esforço-recompensa com elevado comprometimento e a interação entre essas quatro dimensões estão associadas ao desfecho de forma significativa. Considerações Finais - Aspectos sociodemográficos, hábitos e estilo de vida, característica e condição de trabalho, além do status de saúde, estão associados ao longo afastamento do trabalho por transtorno mental e comportamental. A exposição ocupacional a fatores desfavoráveis de natureza psicossocial é importante contribuidora no desfecho. Vê-se a necessidade de atenção para tais situações no intuito de ampliar as perspectivas de antecipação ao risco e implantação de ações intervencionistas que minimizem impactos negativos na saúde dos trabalhadores
Título em inglês
Long-term sickness absence due mental disorders and associated factors: a case-control study among workers insured by Brazilian Social Security
Palavras-chave em inglês
Absenteeism
Mental Health
Occupational Epidemiology
Occupational Health
Psychosocial Factors at Work
Social Security
Resumo em inglês
Introduction - The absences from work due to illness are used as an indicator of the health of workers and are considered a significant public health problem. Several factors are described as associated with absenteeism and illness, regardless of condition. Brazilian Social Security regulates the payment of benefits to workers who prove work-disability longer than fifteen days due to illness. In 2010, mental and behavioral disorders were the third leading cause for granting disability benefits. Objective - To assess the factors associated with long-term sickness absences from work due to mental and behavioral disorders. Methods - A case-control study comprising 385 participants applicants for social security benefits due mental sickness was performed in the city of São Paulo, Brazil. Interviews were conducted and participants answered questionnaires about sociodemographic and habits/lifestyle, occupational characteristics (including perceptions of psychosocial factors at work), assessment of health status. Social Security medical expert data report were analyzed. It was performed hierarchical logistic regression to assess variables associated with the outcome. Results - The associated factors were: sex (female), college education, self-reported skin color as white, high consumption of tobacco and alcohol intake, working for a public company, exposure to violence at work, low social support, high overcommitment and more than two medical conditions diagnoses in the past year. There was observed interaction among the dimensions of occupational stress theorical models, exposure to high strain and low social support, effort-reward imbalance with high overcommitment. The interaction among those four dimensions were statistical significant to the outcome. Conclusions - Demographic aspects, habits and lifestyle, work features and condition of employment, and health status are associated with long-term sickness absence due mental and behavioral disorders. Occupational exposure to adverse psychosocial factors is an important contributor to the outcome. It´s necessary attention to negative psychosocial factor at work in order to detect risk factors and promote interventions to minimize negative impacts on workers health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JoaoSilvestre.pdf (2.02 Mbytes)
Data de Publicação
2012-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.