• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Carlos Rodrigues Guanabara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Assunção, João Vicente de (Presidente)
Pereira, Luiz Alberto Amador
Ribeiro, Helena
Título em português
Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga
Palavras-chave em português
Concentração de Poluentes
Espirometria
Função Respiratória
Morbidade Respiratória
Poluentes Atmosféricos
Resumo em português
Introdução: O interesse científico sobre os efeitos da qualidade do ar na função respiratória e na saúde humana tem aumentado, principalmente nos grandes centros urbanos e nos centros industriais. Os poluentes atmosféricos têm sido associados a uma grande variedade de sintomas, disfunções e doenças agudas e crônicas, em especial no aparelho respiratório. Em regiões industriais como Cubatão espera-se uma maior ocorrência de efeitos adversos quando comparadas com as cidades de melhor qualidade do ar. Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a associação entre poluição atmosférica e alterações da função pulmonar em indivíduos fumantes e não fumantes decorrentes da exposição crônica à poluição, na faixa etária de 29 a 50 anos, nos municípios de Cubatão e Bertioga. Método: Trata-se de estudo ecológico transversal em duas cidades geograficamente próximas e de condições climáticas semelhantes. O trabalho foi subdividido em três fases. Inicialmente foi realizada a mensuração da qualidade do ar na região central da cidade de Bertioga, tendo como parâmetros as Partículas Totais em Suspensão (PTS), as Partículas Inaláveis (MP10) e o Ozônio (O3). Os dados de qualidade do ar de Cubatão foram os da rede de monitoramento da CETESB, estação Cubatão/Centro. Na seqüência foram aplicados questionários de sintomas respiratórios em ambos os municípios, sendo a amostra constituída de funcionários públicos municipais. Por último, foram realizados os testes espirométricos para verificar a função respiratória dos participantes. Resultados: Os resultados das medidas de concentração de poluentes em Bertioga indicam uma boa qualidade do ar; as médias obtidas foram de 26,5 µg/m3 para PTS, 15,2µg/m3 para MP10 e 23,4 µg/m3 para o O3. As concentrações em Cubatão, no mesmo período, mostraram-se mais elevadas. Os resultados do questionário sócio clínico e de sintomas respiratórios mostraram que, em Cubatão é mais freqüente e significativa (p<0,05) a ocorrência de doença respiratória, de tosse sem resfriado, de manifestação de coceira no nariz, bem como de resfriados, quando comparada a Bertioga. A presença de não fumantes com doença pulmonar foi maior em Cubatão e significativa estatisticamente (p<0,05). O teste espirométrico constatou que o número de distúrbios ventilatórios foi maior em Cubatão e com significância estatística (p<0,05), com predomínio de distúrbio ventilatório restritivo leve (DVR) e distúrbio ventilatório obstrutivo moderado (DVO). Em Bertioga distúrbios graves foram mais freqüentes, porém foram associados a doenças respiratórias crônicas pré-existentes. Não houve influência do tabagismo nas duas populações estudadas, ou seja, fumar foi igualmente prejudicial à saúde dos indivíduos em ambas as cidades. A presença de DVR sem evidência de doença pré-existente indica provável associação do decréscimo da função respiratória em decorrência da exposição à poluição atmosférica. Conclusão: Concluiu-se que Cubatão apresenta maior risco de desenvolver alterações da função respiratória dos indivíduos, comparada a Bertioga, que deve estar relacionada à maior exposição aos poluentes atmosféricos, considerando que as condições climáticas são semelhantes
Título em inglês
Association of pulmonary function of smokers and non smokers to the air quality in Cubatão and Bertioga cities
Palavras-chave em inglês
Air Pollutants
Lung Function
Pollutant Concentration
Respiratory Disease
Spirometry
Resumo em inglês
Introduction: The scientifical interest in studying about the air quality effects on pulmonary function and health has been often developed, mainly in big cities and industrial areas. Many pulmonary sympthoms, dysfunctions, acute and chronicle diseases have been related to pollution. It is estimated to see a higher number of side effects cases occurred in industrial areas like Cubatão than other cities where the air quality is better. Objective: The aim of this study was to assess the association between air pollution and lung function changes in smokers and non smokers from exposure to chronic pollution, aged 29 to 50 years in the cities of Cubatão and Bertioga. Method: It is based on a transversal ecological study developed in two cities, which are next to each other and have similar weather conditions. This work has been divided in three parts. At first, the air quality in Bertioga city was based on Total suspended solids (PTS), particulate matter (PM10) and Ozone (O3), in downtown area. The air quality statistics were from CETESB (Cubatão station). A respiratory symptoms survey was given to a group of public workers from both cities. At the end, the participants used a spirometer to evaluate their breathing capacity. Results: The of pollutants in Bertioga city resulted in a good air quality with average of 26.5 mg/m3 for PTS, 15.18 mg/m3 for PM10 and O3 showed 23.4 mg/m3. In Cubatão, the number of pollutants was higher. The respiratory symptoms were more evident (p<0,05) if compared to Bertioga as well as the pointed out that the number of breathing alterations is statistically higher in Cubatão. However, serious alterations can be found in Bertioga due to preexistent chronicle pulmonary illnesses. The tobacco did not offer any difference on these two groups of people. The restrictive pulmonary alteration in people who have no previous disease is possibly present because of their contact with the air pollution. Conclusion: It is concluded that Cubatão city brings more of pulmonary function alterations than Bertioga because the people who live there are constantly exposed to the pollutants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.