• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2008.tde-26082008-134829
Documento
Autor
Nome completo
Greisse Viero da Silva Leal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Philippi, Sonia Tucunduva (Presidente)
Gambardella, Ana Maria Dianezi
Matsudo, Sandra Marcela Mahecha
Título em português
Consumo alimentar, estado nutricional e nível de atividade física de adolescentes do Projeto Ilhabela - SP
Palavras-chave em português
adolescente
atividade física
avaliação nutricional
consumo de alimentos
estudos transversais
Resumo em português
Introdução - A adolescência é considerada uma fase importante para o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis, prática de atividade física e manutenção do peso adequado. Objetivo - Avaliar o consumo alimentar, o estado nutricional e o nível de atividade física de adolescentes do Projeto Ilhabela. Métodos - Trata-se de um estudo transversal de amostra não-probabilística por conveniência, com coleta de dados primários. Para a avaliação do consumo alimentar dos adolescentes foi utilizado o Recordatório de 24 horas. Os dados antropométricos foram avaliados segundo os percentis da OMS e o nível de atividade física por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). Foi realizada análise descritiva, ANOVA "two way" e qui-quadrado. Utilizou-se o Virtual Nutri e o SPSS (versão 10.0). Resultados - Foram estudados 228 adolescentes, 115 meninos e 113 meninas entre 10 e 18 anos. O consumo energético total foi inferior ao recomendado para a maioria dos adolescentes (66%). Aproximadamente metade dos jovens consumiu carboidratos abaixo e lipídios acima da recomendação, enquanto 40% dos adolescentes tiveram o consumo de proteínas acima do recomendado. Houve associação entre gênero e percentual de consumo de vitamina A (p=0,012) e de ferro (p< 0,001). Observou-se baixo consumo de cálcio por 93% dos adolescentes. A omissão de café da manhã foi superior entre as meninas (29%, p=0,002) e 28% dos meninos não fizeram o lanche da tarde (p=0,03). Em comparação com a Pirâmide Alimentar do adolescente, observou-se consumo excessivo do grupo de açúcares e doces, e deficiente dos grupos do arroz, do leite, das frutas e das verduras e legumes. A maioria dos adolescentes era eutrófica (74%), mas verificou-se 20% de excesso de peso. Houve apenas 8,8% de jovens insuficientemente ativos, não havendo diferença estatisticamente significativa segundo gênero e estágio de vida. Conclusão - Os adolescentes de Ilhabela consumiram dietas com valor energético total abaixo do recomendado e excesso de proteínas e lipídios, confirmando os hábitos alimentares característicos dos adolescentes. Apesar dos adolescentes serem suficientemente ativos houve elevado percentual de excesso de peso. A prática de atividade física regular deve continuar sendo estimulada entre os adolescentes de Ilhabela, para que em conjunto com uma alimentação saudável, diminua os índices de excesso de peso entre estes jovens.
Título em inglês
Food intake, nutritional status and physical activity level of adolescents from Ilhabela Project - SP
Palavras-chave em inglês
adolescent
cross-sectional studies
food consumption
motor activity
nutrition assessment
Resumo em inglês
Introduction - Adolescence is considered an important period for the development of healthy food habits, physical activity practice and weight maintenance. Objective - Assessment of food intake, nutritional status and physical activity level of adolescents from the Ilhabela Project. Methods - Cross-sectional study with a non-probabilistic sample. A 24 hour recall was used to assess the food intake. To evaluate nutritional status, BMI percentile was used, according to WHO. To assess the physical activity level, International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) was used. The food intake analysis was performed with the software Virtual Nutri and ANOVA and Chi Square were used as statistic tests. Results - Were interviewed 228 adolescents from Ilhabela, both gender, 10 to 18 years old. compared with the recommendation, the medium energy intake was lower for 66%, the carbohydrate intake was lower for 50%, the fat intake was higher for 50% and the protein intake was above for 40%. Association between being male and a low vitamin A (p=0,012) intake and a high iron (p< 0,002) consume was observed. For 93% of the adolescents studied a low consume of calcium was noticed. In relation to meal frequency, 29% of girls did not eat breakfast (p=0,002) and 28% of boys did not eat snacks (p=0,03). According to the Food Pyramid for Adolescents, an excessive intake of sugar and sweets was found, while the intake of food from rice, milk, fruits and vegetables groups was deficient. While the majority of the adolescents was eutrophic (74%), 20% were overweighted. Only 8,8% of adolescents were classified as insufficiently active, without significant statistic difference according to gender and age range. Conclusion - The adolescents from Ilhabela had an energy intake lower than the recommendation and an excessive intake of proteins and fat, reaffirming the usual food intake habits of adolescents. Despite the good levels of physical activity of the adolescents from Ilhabela, there was a high percentage of overweight. The regular physical activity practice must be stimulated among the adolescents from Ilhabela to, in association with healthy food habits, decrease the overweight percentage among them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GreisseLeal.pdf (1.90 Mbytes)
Data de Publicação
2008-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.