• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2016.tde-21072016-155342
Documento
Autor
Nome completo
Dirce Maria Lobo Marchioni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Fisberg, Regina Mara (Presidente)
Fornés, Nélida Antonia Schmid de
Pereira, Julio Cesar Rodrigues
Sachs, Anita
Wunsch Filho, Victor
Título em português
Fatores dietéticos e câncer oral: um estudo caso controle na região metropolitana de São Paulo
Palavras-chave em português
Câncer Oral
Consumo de Alimentos
Resumo em português
Objetivo. Investigar o papel da dieta no câncer oral. Métodos. Este estudo utilizou dados do Município de São Paulo obtidos em um estudo multicêntrico tipo caso-controle de base hospitalar. Participaram 845 indivíduos (366 casos incidentes de câncer oral e 469 controles). Os dados de consumo alimentar foram obtidos por um questionário de freqüência alimentar (QFA). Verificou-se o risco associado ao consumo de alimentos e de grupos de alimentos definidos a priori e a posteriori, por análise fatorial, estes últimos denominados "fatores". O primeiro fator, rotulado como "prudente", caracterizou-se pelo consumo de vegetais, frutas, queijo e carne de aves. O segundo, "tradicional", pelo consumo de arroz e massas, feijão e carne; o terceiro fator, pelo consumo de pão, manteiga, embutidos, queijos, doces e sobremesas. O último fator, "monótono", associou-se negativamente ao consumo de frutas, vegetais e alimentos lácteos. Após categorização dos fatores dietéticos em tercis, foram estimados os valores da Razão de Chances e Intervalos de Confiança de 95 por cento por regressão logística múltipla não condicional. Resultados. Verificaram-se associações inversas para o consumo mais elevado de feijão e vegetais crus e para o tercil intermediário de arroz e massas; e diretas para o consumo de ovos, batata e leite. O padrão tradicional associou-se inversamente ao câncer oral, e o monótono positivamente. Nossos dados sugerem que a dieta tradicional do brasileiro, composta por arroz e feijão, além do consumo de frutas, vegetais e quantidades moderadas de carnes, pode conferir proteção para o câncer oral, independente de fatores de risco reconhecidos, como o fumo e o consumo alcoólico.
Título em inglês
Dietary factors and oral cancer: a case controle study in a metropolitan region of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Food Consumption
Oral cancer
Resumo em inglês
Objective: to identify dietary factors related with oral cancer in the city of São Paulo, Brazil. Methods: this study is part of a Latin American multicentre hospital based case-control. Participated 366 incident cases of oral cancer in Sao Paulo City, and 469 controls, frequency matched with cases by sex and age. The dietary data was collected by a food frequency questionnaire (FFQ). The risk associated to the intake of food and food groups, defined a priori and a posteriori, through factor analysis (so-called factors) was analyzed. The first factor, labeled "prudent', was characterized for the intake of vegetables, fruits, cheese and poultry. The second, "traditional', for the intake of rice, pasta, pulses and meat, while the third, named "snacks" was characterized for the intake of bread, butter, salami, cheese, cakes and desserts. The last, "monotonous", was associated inversely with the intake of fruits, vegetables and most of the others food items. After categorization of the food items and the scores of the factors into tertiles, the Odds Ratio and 95 per cent Confidence lnterval were calculated by unconditional multiple logistic regression. Results: The intake of rice, beans and raw vegetables was associated with lower risk, whereas eggs, potatoes and milk were associated with increased risk. The traditional pattern was inversely related with the oral cancer, while the monotonous was positively associated. Conclusions: Our data suggest that the Brazilian traditional habit of eating meals composed by rice and beans, plus moderated quantities of meat, may conter protection against the oral cancer, independent of other risk factors, as alcohol and tobacco consumption.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-07-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.