• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Hugo Francisco Amigo Cartagena
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1990
Orientador
Banca examinadora
Silva, Alberto Carvalho da (Presidente)
Gandra, Yaro Ribeiro
Laurenti, Ruy
Monteiro, Carlos Augusto
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
A mortalidade urbana na infância: estudo de caso-controle na cidade de Recife
Palavras-chave em português
Mortalidade Infantil
Resumo em português
o presente estudo teve como objetivo a identificação de fatores de risco relativo de morte em criancas de um a sessenta meses de idade residentes em áreas de pobreza da cidade de Recife. O delineamento utilizado é do tipo caso-controle. Estudou-se o papel de variáveis relacionadas com o saneamento básico, bem como a renda, a educacão dos pais, a densidade demográfica intra-familiar, a história reprodutiva da mãe, o aleitamento materno e a assistência à saúde. Foram estudados 149 óbitos - "casos", e número igual de sobreviventes - "controles", pareados segundo a idade e o local de residência. Estimaram-se riscos relativos de morrer em análises univariadas para o total da amostra e para estratos segundo faixas etárias e causas básicas de ocorrência do óbito. Mediante modelos de regressão logística foram conduzidas análises multivariadas para todas as causas e idades e para dois sub-qrupos: o de menores de um ano e o de óbitos por causas gastrointestinais e seus "controles". Foi constatado elevado risco relativo de morte nas criancas das famílias com mais de três pré-escolares no domicílio. Em todas as análises univariadas realizadas o risco dessas criancas foi superior a 3.6 (P < 0.01) cheqando a 7.8 (P < 0,01) na análise multivariada conduzida para estimar o risco de morte por causas gastrointestinais. Com relacio ao tratamento intra-domiciliar da água, foi observado risco relativo superior a 3.8 (P < 0.01) na análise univariada; porém, nos modelos ajustados pela condição de amamentação e alfabetismo materno o risco de óbito gastrointestinal tornou-se inexistente. Na maioria das análises, foi também elevado o risco relativo nas crianças das mães com alta fecundidade materna. Igualmente o acesso aos servicos de saúde - medidas através da falta de atenção pré-natal - constitui risco relativo de morte, confirmando-se nas análises multivariadas finais, referentes à morte por causas gastrointestinais (OR = 11.11; P < 0.05). O aleitamento também mostrou ser fator preditivo de morte pós-neonatal por causas gastrointestinais (OR = 3.3;P < 0,05). Com base nestes resultados recomenda-se: (a) realizar investimentos de base ampla destinados a melhorar as condições de saneamento básico da cidade; (b) fornecer uma infra-estrutura de apoio para os cuidados das criancas a nível comunitário e/ou nos lugares de trabalho; (c) promover o espaçamento adequado entre os nascimentos; (d) aumentar a cobertura dos serviços de saúde, fomentando estratégias simplificadas de atenção primária com ativa participacão comunitária; (e) estimular ações permanentes e rotineiras de promoção do aleitamento ademais das campanhas eventuais. Estes resultados fornecem subsídios para a elaboração de políticas sociais destinadas a acelerar o processo de queda da mortalidade nos menores de cinco anos e identifica novos indicadores para entender os mecanismos que levam ao óbito nos estratos sócio-econômicos urbanos dos países em vias de desenvolvimento.
Título em inglês
Urban mortality in childhood: a case-control study in the city of Recife
Palavras-chave em inglês
Child Mortality
Resumo em inglês
The aim of this case-control study was the identification of relative risk factors of mortality in children of 1 to 60 months of age resident in poor areas of the city of Recife. Sanitation, income, parent´s education, family density, mother´s reproductive history, breastfeeding and health care were studied and their roles as exposure factors were established. The sample consisted of 149 "cases" (dead children) and of the same number of "controls" (survivors) case-matched according to age and place of residence. Odds ratios (OR) were estimated through univariate analysis for the whole sample and for specific strata by age and cause of death. Multivariate modelling was then performed for infants and for gastrointestinal deaths and their "controls". High relative risk of death in families with more than three preschool children was verified. According to the univariate analysis the relative risk for multivariate analysis performed for gastrointestinal causes of death. Children whose families were not in the habit of treating water at home had a relative risk of gastrointestinal death of more than 3.8 (P < 0.01) in the univariate analysis. Whe adjusted for breast-feeding and mother´s literacy condition - through multivariate analysis - this risk was negligible. Most analysis showed important relative risk for children whose mothers had high fecundity. Likewise lack of access to health care - measured in terms of pre-natal care - was associated to a significant gastrointestinal causes (OR = 11,11; P< 0.05). Breastfeeding also shown to be a predictive factor of post-neonatal death due to gastrointestinal causes (OR = 3,3; P < 0.05). Based on these results it is recommended that: a) Sanitation be improved; b) an infrastructure for the day-care of children at community level be improved; c) an adequate intergestational interval be promoted; d) increase of health service coverage throught the strategy of primari health care with active comunity participation; e) the implementation of permanent activities (integrated to health service routine) with the aim of encouraging the practive of breastfeeding. It is, this considered that these results provide a basis for the formulation of social policies aiming at the acceleration of the decrease infant mortality. Also this study indicates new elements for understanding of the mechanism of death in poor urban areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.