• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2009.tde-04062009-152813
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Almada Colucci Paternez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Fisberg, Regina Mara (Presidente)
Corrente, Jose Eduardo
Costa, Rosana Salles da
Levy, Renata Bertazzi
Martini, Ligia Araujo
Título em português
Consumo alimentar de açúcares de adição por adolescentes residentes no município de São Paulo
Palavras-chave em português
Açúcares de Adição
Adolescentes
Consumo Alimentar
Resumo em português
Objetivo: Investigar o consumo alimentar de açúcares de adição em adolescentes residentes no município de São Paulo, assim como os fatores que influenciam tal consumo. Métodos: Obteve-se uma amostra probabilística de 793 adolescentes por conglomerados. Aplicou-se um recordatório alimentar de 24 horas e um segundo recordatório em uma subamostra. O consumo alimentar habitual de energia, nutrientes e alimentos foi estimado pelos métodos propostos pela Iowa State University (ISU) e pelo National Cancer Institute (NCI). Resultados: Em média, os açúcares de adição contribuíram com 12,28% da energia consumida pelos adolescentes (sem diferença entre os sexos), sendo o refrigerante o alimento que mais contribuiu para esta ingestão. A escolaridade do chefe da família e a consumo de outros macronutrientes (proteínas, gorduras e carboidratos exceto açúcares de adição) exerceram efeito independente sobre o consumo de açúcares de adição. O aumento do consumo de calorias provenientes dos açúcares de adição determinou aumento da ingestão de gorduras e redução da ingestão de carboidratos exceto açúcares de adição e proteínas. Maior porção mediana do consumo de leite, carnes, frutas, suco industrializado, refrigerante e achocolatado em pó foi identificada entre os adolescentes com consumo excessivo de açúcares. Conclusões: A contribuição percentual dos açúcares de adição à energia consumida pelos adolescentes do município de São Paulo está acima das recomendações atuais e o consumo excessivo de açúcares exerceu efeito na ingestão e na adequação do consumo de macro e micronutrientes e no consumo de alimentos de maior densidade nutritiva. Essas evidências corroboram as recomendações nacionais e internacionais para redução do consumo de açúcares e apontam a necessidade de ações educativas sobre alimentação saudável direcionadas aos adolescentes.
Título em inglês
Added sugar intake among adolescents living in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Added Sugar
Adolescents
Food Intake
Resumo em inglês
Objective: To measure added sugar intake and assess the effect of this intake on the diet of adolescents living in the city of São Paulo. Methods: The study sample comprised 793 male and female adolescents selected from a population-based cross-sectional study based on a household survey conducted between March and December 2003. Food intake was assessed through 24-hour food recalls and then an adjustment approach was applied using repeat data. Food intake of energy, nutrients and foods was measured by the methods developed at Iowa State University (ISU) and National Cancer Institute (NCI). Results: Added sugars contributed on average to 12.28% of energy consumed in adolescents (no difference between males and females). Their main source was soft drinks. Family head schooling and other macronutrients intake had an independent effect on added sugar intake. Increased intake of calories from added sugars resulted in increased fat intake and decreased consumption of carbohydrates except sugars and protein. Higher median percent intake of milk, meat, fruit, processed juice, soft drink and chocolate milk was seen among adolescents with excess sugar intake. Conclusions: The percent contribution from added sugars to energy consumed among adolescents in the city of São Paulo is higher than current recommendations. Excess sugar intake had a negative effect on macronutrient and micronutrient intake and adequacy on the consumption of foods of high nutrient density. These findings corroborate Brazilian and international recommendations for reduction of sugar intake and points to the need of education actions targeting adolescents to promote healthy eating.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaPaternez.pdf (447.67 Kbytes)
Data de Publicação
2009-07-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.