• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Makumbundu Kitoko
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Carlos Augusto (Presidente)
Benicio, Maria Helena D Aquino
Correa, Ana Maria Segall
Rea, Marina Ferreira
Souza, Sonia Buongermino de
Título em português
Práticas de Alimentação Infantil em Luanda: Evolução nas últimas décadas, padrões atuais, determinantes do desmame precoce e controle da propaganda de substitutos do leite materno
Palavras-chave em português
Aleitamento Materno
Desmame
Prática (Filosofia)
Propaganda
Substitutos do Leite Materno
Resumo em português
Apesar das inúmeras evidências sobre a importância da amamentação e embora seja crescente o interesse mundial em implementar ações que visem promover, apoiar e proteger as boas práticas de alimentação infantil, não se conhece cidade angolana com dados representativos e seguros sobre a alimentação das crianças. Este estudo teve por objetivo descrever o perfil de alimentação infantil na cidade de Luanda, procurando entender a sua evolução histórica e os seus determinantes, estabelecendo uma base para propor ações pertinentes a favor da sobrevivência das crianças. Através de abordagem retrospectiva e de entrevistas junto a uma amostra probabilística de 633 domicílios da cidade de Luanda, constituíram-se 1O coortes de crianças nascidas nesta, no período de 1972 a 1991, a partir das quais foi estudada a tendência temporal da amamentação na cidade. Para o estudo das práticas atuais de alimentação infantil em Luanda, foram estudados todos os menores de 36 meses de idade encontrados nos 647 domicílios da amostra. O Código Internacional de Comercialização de Substitutos de Leite Materno foi monitorado através de visitas a instituições de saúde e a pontos de venda, assim como através de avaliação das informações veiculadas em rotulas e embalagens de alimentos infantis, na mídia e em publicações destinadas aos profissionais de saúde e ao público em geral e por meio da rádio e da televisão. Empregou-se a análise de probitos para estimar prevalências da amamentação a partir de regressões lineares ponderadas. A regressão logística foi usada para determinar o papel do contato com serviços de saúde no desmame precoce. Verificou-se que a prática da amamentação é universal e prolongada no período em estudo (1972 a 1994), porém a introdução de outros alimentos na dieta das crianças é excessivamente precoce e uma tendência ao declínio do aleitamento materno foi observada nos estratos populacionais com melhores condições socioeconômicas. O maior contato com serviços de saúde foi associado ao desmame precoce. Os meios de comunicação social e a rotulagem/embalagem de Substitutos do Leite Materno (SLM) são usados como veículos de mensagens, comportando, muitas vezes, graves violações do Código Internacional de Comercialização dos Substitutos de Leite Materno (CICSLM). O uso indiscriminado dos SLM foi observado nos berçarios das principais maternidades. O papel da propaganda comercial de fórmulas infantis parece preponderante na adoção do desmame precoce, identificado como importante fator de potenciação da precariedade das condições de vida, em Luanda. Recomenda-se a tomada de medidas de promoção, apoio e proteção da amamentação, destacando-se a necessidade de adoção de medidas legislativas que traduzem na integra o CICSLM e resoluções subseqüentes da Assembléia Mundial da Saúde. A realização de pesquisas e a divulgação dos seus resultados são consideradas importantes para o alcance dos objetivos dos programas pró amamentação.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
Although there is countless evidence of the importance of breastfeeding, and world growing interest in implementing action with intent to support and offer protection to good practices in infant feeding, there is no knowledge of a city in Angola with reliable data concerning infant feeding practices. This study aims to describe infant feeding patterns in the city of Luanda in an endeavor to understand its historic evolution and determinants, and to establish a basis to propose pertinent action in favor of the survival of the children. The retrospective approach, with interviews and a sample of 633 domiciles were used in establishing ten cohorts of children born in Luanda in a period from 1972 to 1991, in order to study temporal trend regarding breastfeeding practices in the city. The infant feeding practices current status study in Luanda brought in all of the children below the age of 36 months of age that were found in the 647 households in the sample. The lnternational Code of Marketing of Breastmilk Substitutes was monitored by search for advertisements in various types of publication, by evaluation of information conveyed in labeling/packaging of baby foods, and by interviews and observation within the health care facilities, as well as in media. Analysis of probits was used to allow an estimate of frequency of breastfeeding as from weighted linear regression. Logistic regression was utilized to identify the role of health care facilities contact in determining early weaning. It was observed that breastfeeding is universal and prolonged within the period under study (1972 to 1994); however, the introduction of other foods in the infant's diet is too early, and a tendency towards a breastfeeding decline was observed in the strata of population with better socioeconomic conditions. A higher contact with health care facilities, was associated to early weaning. The media and the label/packanging of Mother's Milk Substitutes (MMS) serve as vehicles for propagandist messages locking, often, severe violations of the International Code of Marketing of Breast-Milk Substitutes (ICMBMS). Indiscriminate use of the MMS was observed in the nurseries of the most important maternities. The role of commercial advertising in infant formulas seems to be relevant in the early weaning, identified as an important factor in enabling precarious conditions of life in Luanda. We recommend measures to support and offer protection to breastfeeding with emphasis on the need to adopt legislative measures that translate ICMBMS and subsequent resolutions of the World Health Assembly in their entirety. Carrying out research and publicizing results are regarded as important to attain the objectives of pro-breastfeeding programs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.