• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2005.tde-21122005-083953
Documento
Autor
Nome completo
Maria de Fátima Domingos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Sallum, Maria Anice Mureb (Presidente)
Alves, Maria Cecilia Goi Porto
Barata, Jose Maria Soares
Silva, Mario Antonio Navarro da
Wanderley, Dalva Marli Valerio
Título em português
"Aspectos da ecologia de Aedes aegypti (Linnaeus) em Santos, São Paulo, Brasil"
Palavras-chave em português
adultos
Aedes aegypti
criadouros
formas imaturas
indicadores de infestação
Resumo em português
Objetivo. Considerando a importância da Baixada Santista na manutenção da epidemia de dengue no Estado de São Paulo, realizou-se estudo sobre aspectos da ecologia de Aedes aegypti, enfatizando a fase alada desse inseto. Método. A pesquisa foi desenvolvida no município de Santos, entre janeiro e dezembro de 2003. Imóveis residenciais e não residenciais foram avaliados quanto à presença de recipientes que pudessem servir de habitat para formas imaturas do Aedes aegypti. As larvas (3.º e 4.º estádios) e as pupas foram quantificadas. Paralelamente, foram coletadas e contadas formas aladas do mosquito, e as fêmeas examinadas quanto ao desenvolvimento ovariolar. As formas imaturas e aladas do vetor foram empregadas para estimar índices de infestação. Resultados. 1- Formas imaturas. Registrou-se numerosa variedade de possíveis criadouros do Aedes aegypti. A maioria foi encontrada no ambiente do peridomicílio, que apresentou 93,5% dos recipientes positivos. A positividade média dos tipos de recipientes apresentou diferenças significativas, sendo os maiores valores para pneu (11,9%), outros materiais úteis (5,6%), recipientes para armazenamento de água (4,6%) e outros fixos (4,2%). A positividade dos imóveis para imaturos foi de 2,0%. 2- Formas adultas. A positividade dos imóveis para formas aladas foi de 39,2%. A maioria dos exemplares, 92,4%, foi coletada no intradomicílio. As médias de adultos e de fêmeas por imóvel trabalhado foram de 1,3 e 0,7, respectivamente. Cerca de 90,4% das fêmeas examinadas apresentaram desenvolvimento ovariolar entre as fases III e V de Christophers e Mer. Conclusões. O pneu foi o recipiente que apresentou a maior positividade entre aqueles pesquisados. O ralo foi o mais freqüente entre os positivos. Os valores das estimativas de infestação para adultos foram bem maiores do que para os imaturos. A presença de adultos em todos os meses, sugere que a espécie está estabilizada às condições locais. Corroborou-se a endofilia e a endofagia pela presença dos adultos no intradomicílio e das fêmeas com estádios ovariolares entre III e V de C & M.
Título em inglês
Ecological aspects of Aedes aegypti ( Linnaeus) in Santos, São Paulo State, Brazil
Resumo em inglês
Objective.Considering the importance of Baixada Santista in the maintenance of dengue epidemic in São Paulo, study was carried out on the ecological aspects of Aedes aeqypti, emphasizing the adult stage of this insect. Method. The survey was carried out in the municipality of santos, between January to December 2003. Residential and non residential premises were assessed as to the presence of containers which might be used as habitats for Aedes aegypti immatures. Larvae (3rd and 4th instars) and pupae were quantified. Parallelly, adults forms of the mosquito were collected and counted, and females examined as to ovarian development. Both immature and adult forms of the vector were used to estimate infestation indexes. Results. 1- Immature forms. A wide variety of possible breeding sites for Aedes aegypti was registered. Most of them was found in peridomiciliar environment, which presented 93,5% of the positive containers. The average positivity of the types of containers presented significant differences, being the highest values for tyres (11,9%), other useful materials (5,6%), water storage containers (4,6%) and other fixed ones (4,2%). Premises positivity form immature forms was 2,0%. 2- Adults forms. Premises positivity for adult forms was 39,2%. Most of the specimens, 92,4% was collected indoors. Adult and female averages per surveyed premises were 1,3 and 0,7, respectively. Approximately 90,4% of the examined females presented ovarian development between III and V Christophers and Mer phases.Conclusions. Tires showed the higest positivity among all recipients sampled for the study. Rainwater drains were found more frequently positive. estimated values for adult infestation were higher than for immature. The presence of adults throughout the year suggests that the species is adapted to local conditions. Endophily and endophagy were corroborated by the presence of adults inside houses in III to V ovariolar phases of C&M.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.