• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Simone Tuchtenhagen
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira (Presidente)
Alvarez, Jenny Haydeé Abanto
Mendes, Fausto Medeiros
Paiva, Saul Martins de
Toporcov, Tatiana Natasha
Título em português
Saúde bucal e grau de felicidade em adolescentes de uma cidade no sul do Brasil: análise longitudinal
Palavras-chave em português
Adolescentes
Estudos de Coorte
Felicidade
Qualidade de Vida
Saúde Bucal
Resumo em português
Felicidade é um constructo multidimensional que pode ser definido como ograu em que uma pessoa avalia a qualidade geral de sua vida como favorável; ela tem sido associada com vários desfechos e medidas de saúde. A transição da infância para a adolescência envolve uma série de mudanças físicas e especialmente psicológicas, e oimpacto das doenças bucais pode ser percebido como um obstáculo para o desenvolvimento social dos indivíduos.Osobjetivos do presente trabalho foram estudar a influência das condições de saúde bucal, condição socioeconômica e uso de serviços no grau de felicidade durante o período de transição da infância para a adolescência;identificar os fatores associados à mudança do grau de felicidade e avaliar o incremento dos problemas de saúde bucal na amostra após 2 anos de acompanhamento. A coleta de dados ocorreu em 2 momentos, nos anos de 2012 e 2014. Foram feitos exames clínicos para avaliar as condições de saúde bucal (cárie dentária, má oclusão, traumatismo dentário e condição gengival), entrevistas para avaliar o grau de felicidade (medido com a Escala Subjetiva de Felicidade-SHS) e o impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida (medido com o Child Perceptions QuestionnaireCPQ11-14), além de questionários enviados aos responsáveis para avaliar a condição socioeconômica da família, variáveis demográficas e de uso de serviços dacriança. Para a análise dos fatores relacionados ao grau de felicidadefoi utilizado um modelo linear multinível para medidas repetidas ao longo do tempo, comentrada de variáveis hierarquizada de acordo com um modelo conceitual; para análise dos fatores associados à mudança no grau de felicidadefoi utilizada regressão logística multinomial.Das 1134 crianças examinadas no baseline, 770 foram reavaliadas após 2 anos(taxa de resposta de 67,9 por cento), e foi observado um aumento na prevalência de problemas bucais (experiência de cárie, prevalência de má oclusão, prevalência de sangramento e placa dental). O modelo multinível final foi composto por variáveis socioeconômicas da família, pelo uso de serviços e pelas condições clínicas de saúde bucal e autopercepção.Adolescentes de famílias com menor renda(p=0,030), que viviam em residências com maior aglomeração(p<0,001), cujas mães tinham um menor nível de escolaridade(p=0,014), que utilizavam o serviço odontológico por motivos de dor ou em busca de tratamentos(p=0,039), que possuíam um número maior de dentes com cavidades de cárie não tratada(p=0,010)e que relatavam maior impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida (p<0,001)apresentaram um pior grau de felicidade. O modelo multinomial final indicou uma associação entre experiência de cárie e autopercepção e a mudança no grau de felicidade: adolescentes com um maior número de dentes cariados, perdidos ou obturados (OR=1,16-1,19, p=0,018-0,037) e com escores mais altos no CPQ11-14 (OR=1,04-1,07, p=0,000-0,014) tinham uma maior chance de pertencer às categorias mais desfavoráveis de trajetória de felicidade. Esses resultados evidenciam a importância de políticas públicas inclusivas e promoção de saúde bucal para o desenvolvimento psicossocial de adolescentes
Título em inglês
Oral health and subjective happiness in adolescents of a Southern Brazilian town: longitudinal analysis
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Cohort Studies
Happiness
Oral Health
Quality of Life
Resumo em inglês
Happiness is a multidimensional construct and can be defined as the degree to which a person evaluates the quality of his life as a whole as favorably; It has been associated with several health outcomes and measures. The transition from childhood to adolescence involves a number of physical and especially psychological changes, and the impact of oral diseases can be perceived as an obstacle to the social development of individuals. The objectives of this paper were to investigate the influence of oral health conditions, socioeconomic status and use of dental services on subjective happiness during the transition from childhood to adolescence; to identify the factors associated with the change in the perception of happiness and to evaluate the incidence of oral health problems in the sample after 2 years of follow-up. Data collection was performed at two periods, in 2012 and 2014. Clinical examinations were performed to evaluate oral health conditions (dental caries, malocclusion, dental trauma and gingival condition), interviews were conducted to evaluate the subjective happiness (using the Subjective Happiness Scale -SHS ) and the impact of oral health conditions on quality of life (using the Child Perception Questionnaire -CPQ11-14), questionnaires were sent to the parents to assess socioeconomic family characteristics, demographic variables and the use of dental services. To analyse the factors associated with the subjective happiness, data were fitted into a linear multilevel model for repeated measures and hierarchical selection of variables; to analyze the factors associated with changes in happiness, data were fitted into a multinomial logistic model. From 1134 children examined in the baseline, 770 were reevaluated after 2 years (response rate of 67.9 per cent), and it was observed an increase in the prevalence of oral health conditions (experience of dental caries, prevalence of malocclusion, gingival bleeding and dental plaque). In the multilevel model, following adjustment, there was an association between the mean score of SHS and socioeconomic variables, the use of dental services, clinical conditions and self-perception. Adolescents from lower income families (p = 0.030), who lived in households with worse overcrowding (p<0.001), whose mothers had lower levels of education (p = 0.014), who used dental services due to pain or to seek dental treatment (p= 0.039), which had a higher number of cavitated caries lesions (p = 0.010) and who reported higher impact of oral health conditions on quality of life (p <0.001) presented to a worse degree of happiness. The multinomial final model indicated an association between dental caries experience and self-perception and the changes in happiness over time: adolescents with a greater number of teeth decayed, missng orfilled (OR = 1.16-1.19, p = 0.018-0.037), and with higher CPQ11-14 scores (OR = 1.04-1.07, p = 0.000-0.014) had a higher chance of being in the most unfavorable categories of happiness trajectory. These results highlight the importance of inclusive publicpolicies and oral health promotion for the psychosocial development of adolescents
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.