• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2018.tde-15052018-121525
Documento
Autor
Nome completo
Maria do Rosario Dias de Oliveira Latorre
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1992
Orientador
Banca examinadora
Lebrao, Maria Lucia (Presidente)
Novo, Neil Ferreira
Santos, Jair Licio Ferreira
Título em português
Mortalidade como preditor de morbidade
Palavras-chave em português
Epidemiologia
Incidência
Métodos Probabilísticos
Modelos Matemáticos
Modelos para Processos Estocásticos
Morbidade
Mortalidade
Neoplasias
Predição
Resumo em português
As doenças crônicas mostram-se como um desafio para o epidemiologista pela dificuldade de se conhecer a sua história natural, os agentes etiológicos, os suscetíveis e outras informações importantes para a sua prevenção, controle e tratamento. Dentre as doenças crônicas interessa, particularmente, o câncer devido à sua importância no obituário geral e pelos altos custos requeridos no seu tratamento. Porém as estatísticas oficiais rotineiras dão pouca ou nenhuma informação sobre a sua incidência e/ou prevalência. Neste sentido, tendo em vista a parcialidade e a precariedade das estatísticas de morbidade, muitos estudos têm sido realizados com o objetivo de elaborar medidas indiretas de estimativas de incidência e prevalência. O presente trabalho verifica a adequação de dois modelos matemáticos existentes na literatura que utilizam dados de população, mortalidade e sobrevivência para estimar a incidência de câncer de estômago, pulmão e mama feminina, utilizando dados do Município de São Paulo, para o ano de 1978. Além disso apresenta um modelo probabilístico que utiliza as mesmas informações dos modelos de literatura para estimar a incidência de doenças de caráter irreversível, com incidência, mortalidade e taxas de sobrevivência constantes por, pelo menos, um ano. Os resultados mostraram que o modelo proposto por este trabalho apresentou as melhores estimativas dos coeficientes de incidência de câncer de estômago, pulmão e mama feminina, quando comparado com os modelos de literatura. Os bons resultados obtidos incentivam a que se continue o aprimoramento de modelos matemáticos que utilizem dados de mortalidade para estimar a incidência de câncer.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
Cronic diseases seem like a challenge for the epidemiologists, because it is difficult to know their natural history, etiologic agents, susceptibles and other importante information for their prevention, control and treatment. Among cronic diseàses, there is a special interest in cancer, because it is an important cause of death and the costs for its treatment are high. However, the routine official statistics give little or no information at all about its incidence and/or prevalence. In relation to these lines, having in mind the partiality and the precariousness of the morbidity statistics, many studies have been carried out with the objective of elaborating indirect measures of estimations of incidence and prevalence. This study checks the application of two mathematical models from the current literature that use population, mortality and survival data to estimate the incidence of stomach, lung and female breast cancer, using date from São Paulo City, for 1978. It was created a probabilistic model which uses the same informations of the literature models to forecast the incidence of the irreversible diseases, supposing that the rates of incidence, mortality and also survival are constants for at least one year. The results have demonstrated that the proposed model of this study showed the best estimative for the cancer incidence rate for stomach, lung and female breast when compared to the literature models. The good results obtained by this proposed model encourage the continuation of the development of mathematical models using mortality date to forecast cancer incidence rates.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.