• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2017.tde-15022017-161132
Documento
Autor
Nome completo
Lygia Busch Iversson
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1975
Orientador
Banca examinadora
Barbosa, Victorio (Presidente)
Iaria, Sebastiao Timo
Qualifik, Paul
Título em português
Meningite meningocócica no município de São Paulo no período de 1968 - 1974: aspectos epidemiológicos
Palavras-chave em português
Epidemiologia
Meningite Meningocócica
São Paulo (SP)
Resumo em português
O autor fez um estudo epidemiológico sobre a meningite meningocócica no município de São Paulo durante o período de janeiro de 1971 a junho de 1974. Durante esse período duas epidemias de moléstia ocorreram na área estudada. A primeira se iniciou em julho de 1971 e foi causada pelo meningococo sorogrupo C. Os primeiros casos da segunda epidemia, determinada pelo meningococo sorogrupo A, foram observados em abril de 1974, ocasião em que a primeira epidemia ainda não havia terminado. O número total de casos confirmados notificados ao Departamento Regional da Saúde da Grande são Paulo foi de 4.431. Os maiores coeficientes de morbidade foram observados: durante os meses frios; nos distritos sanitários da periferia do município, onde vive a população de menor poder aquisitivo; nos latentes. Durante os dois primeiros meses das duas epidemias, houve uma diferença significante nos grupos etários mais atingidos pela moléstia. Enquanto na primeira epidemia o grupo dos latentes foi mais atingido, na segunda epidemia grande número de casos ocorreu entre os adolescentes e adultos jovens (15-24 anos). A letalidade decresceu de 15,0por cento durante o período pré-epidêmico de 1968-1970 para 7,9por cento no periodo epidêmico de 1971-1974. Foi observada uma variação sazonal da letalidade no sentido inverso ao da morbidade. O autor considera que as migrações populacionais possam ter representado um papel importante na eclosão das epidemias e sugere uma investigação futura nesse sentido. No início do trabalho foi feita uma revisão bibliográfica sobre vacinação antimeningocócica, uma vez que a mesma parece ser o meio mais eficaz para a profilaxia da moléstia, ao lado de diagnóstico precoce e adequado atendimento médico-hospitalar.
Título em inglês
Meningococcal meningitis in the city of São Paulo from 1968 to 1974: epidemiological aspects
Palavras-chave em inglês
Epidemiology
Meningococcal Meningitis
São Paulo (SP)
Resumo em inglês
The author has made an epidemological study of meningococal meningitis in the municipality of São Paulo, Brazil (population in 1970 - 5.931.935 inhabitants) during the period ranging from january 1971 to june 1974. Two outbreaks of meningococal meningitis occurred during this period in the area under study. The first one began in ju1y 1971, due to serogroup C neisseria meningitidis; the second one began in april 1974, when the first outbreak wasn't yet finished. It was caused by serogroup A neisseria meningitidis. The total number of cases reported to Great São Paulo Health Department through the time of the investigation, was 4.431. The attack rates were higher during the colder months. Peripheric districts, where a population of lower social class lives, had the majority of the cases. Infants were at greatest risk. There was, however, significant difference in the age of groups affected by the disease in the first month of both epidemics. lhe group of infants was more affected in the first epidemic than in the second where the disease occurred mostly among adolescents and young adults (15 to 24 years). The case-fatality ratios (deaths/cases) dscreased from 15 per cent (pre-epidemic period of 1968-1970) to 7,9 per cent (epidemic period of 1971-1974). There was a seasonal variation in the case-fatality ratio during the epidemic period: in colder months it decreased and in hotter months it increased. According to the author, the internal population migrations may have played a significant part in causing these epidemics and an investigation in this respect may throw a new light on the problem. Before starting her survey the author did a bibliographic revision on the subject of antimeningococcal vaccination, since it seems to be the most effective way for the prevention of the disease, together with an early diagnosis and adequate medical and hospital assistance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.