• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2013.tde-14032013-131623
Documento
Autor
Nome completo
Márcia de Cantuária Tauil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Waldman, Eliseu Alves (Presidente)
Lemos, Ana Paula Silva de
Zanetta, Dirce Maria Trevisan
Título em português
Aspectos epidemiológicos da doença meningocócica no Distrito Federal, 2000 a 2011
Palavras-chave em português
Controle
Doença Meningocócica
Epidemiologia
Vigilância
Resumo em português
Objetivos: Analisar o comportamento da doença meningocócica (DM) no Distrito Federal (DF), no período de 2000 a 2011, investigar fatores associados à gravidade da doença e avaliar o impacto da introdução, em 2010, da vacina conjugada contra o meningococo C. Métodos: Trata-se de um estudo com um componente descritivo e outro analítico, abrangendo os residentes no DF que apresentaram DM. Foram incluídos os casos confirmados de DM registrados nos sistemas de informação de notificação e/ou de mortalidade e/ou do laboratório. Para a investigação de fatores associados ao óbito por DM, a variável dependente foi evolução e as variáveis independentes foram sexo, idade, forma clínica e sorogrupo da Neisseria meningitidis. Na avaliação do impacto da introdução da vacina conjugada contra o meningococo C, foram comparadas as taxas de incidência do período pré e pósvacina, por grupo etário. Resultados: Foram analisados 490 casos confirmados de DM no período. A cepa que predominou antes de 2005 foi a B:4,7:P1.19,15 com 67,8 por cento (61/90) e, a partir desse ano, predominaram as cepas C:23:P1.14-6 com 40,9 por cento (61/149) e C:2a:P1.5,2 com 12,8 por cento (19/149). As taxas médias anuais de incidência e de mortalidade por DM, no período, foram, respectivamente, 1,7 e 0,4/100.000 habitantes/ano e a letalidade média foi 21 por cento . A taxa de incidência de DM foi maior nas crianças menores de um ano, variando de 13,1 em 2011 a 38,7/100.000 habitantes/ano em 2000. A letalidade foi maior no grupo de 40 anos e mais, 40 por cento , e entre as crianças com dois anos, 32 por cento . A região administrativa (RA) do Paranoá foi a que apresentou as mais elevadas taxas médias anuais de incidência, 3,3/100.000 habitantes, e de mortalidade, 0,6/100.000 habitantes. Os menores de dois anos e os com idade maior ou igual a 30 anos tiveram risco significativamente maior para óbito, assim como as formas clínicas meningococcemia e meningite com meningococcemia. Houve uma redução estatisticamente significativa (p = 0,02) da incidência de DM em menores de dois anos do ano de 2009, 21,3/100.000 habitantes/ano, para o ano de 2011, 6,6/100.000 habitantes/ano. Conclusão: Esse estudo possibilitou verificar os grupos etários mais atingidos por DM, os fenótipos circulantes, as RA com as maiores taxas de incidência e de mortalidade e fazer uma avaliação preliminar do impacto da vacina conjugada contra o sorogrupo C, após o primeiro ano de sua introdução no calendário infantil de imunização.
Título em inglês
Epidemiological aspects of meningococcal disease in the Distrito Federal from 2000 to 2011
Palavras-chave em inglês
Control
Epidemiology
Meningococcal Disease
Surveillance
Resumo em inglês
Objectives: To analyze epidemiological aspects of meningococcal disease (MD) in the Distrito Federal (DF) from 2000 to 2011, to investigate factors associated with disease severity and to assess the impact of the introduction of the conjugate vaccine against meningococcus C in 2010. Methods: This is a study with one descriptive component and other analytical, involving the DF residents who had had DM. Confirmed cases of DM recorded in the national information systems of notification and/or mortality and/or laboratory were included. Sex, age, clinical presentation and serogroup of Neisseria meningitidis were considered independent variables to investigate factors associated with death from DM. It was compared the incidence rates of pre and post-vaccine period, by age group, to assess the impact of conjugate vaccine against serogroup C introduction. Results: We analyzed 490 confirmed cases of DM in the period. The strain B:4,7:P1.19,15 predominated before 2005 with 67.8 per cent (61/90) and the strains C:23:P1.14-6 with 40.9 per cent (61/149) and C:2a:P1.5, 2 with 12.8 per cent (19/149) were more prevalent after 2005. The average annual rates of incidence and mortality of DM in the period were, respectively, 1.7 and 0.4/100.000 inhabitants/year and the average fatality rate was 21 per cent . The incidence rate of DM was higher in children under one year, ranging from 13.1 in 2011 to 38.7/100.000 inhabitants/year in 2000. Fatality rate was higher in the group of 40 years old and more, 40 per cent , and among children with two years old, 32 per cent . The highest average annual rates of incidence, 3.3/100.000 inhabitants/year, and mortality, 0.6/100.000 inhabitants/year, occurred in the administrative region (RA) of Paranoá. Children under two years old and people aged 30 years old and more had significantly higher risk for death, as well as clinical presentation of meningococcemia and meningitis with meningococcemia. There was a statistically significant reduction (p = 0.02) in the incidence of DM in children under two years old in 2009, 21.3/100.000 inhabitants/year compared with 2011, 6.6/100.000 inhabitants/year. Conclusion: This study enabled us to verify the age groups most affected by DM, the circulating phenotypes, the RA with the highest rates of incidence and mortality and to make a preliminary assessment of the impact of conjugate vaccine against serogroup C, after the first year of its introduction in the routine immunization program
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao_fim.pdf (3.11 Mbytes)
Data de Publicação
2013-04-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.