• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2006.tde-12022007-221400
Documento
Autor
Nome completo
Maria Carmen Martinez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Latorre, Maria do Rosario Dias de Oliveira (Presidente)
Correa Filho, Heleno Rodrigues
Fischer, Frida Marina
Kimura, Miako
Moreno, Claudia Roberta de Castro
Título em português
Estudo dos fatores associados à capacidade para o trabalho em trabalhadores do Setor Elétrico
Palavras-chave em português
Ambiente de trabalho
Capacidade para o trabalho
Condições de trabalho
Eletricidade
Fatores psicossociais no trabalho
Saúde do trabalhador
Trabalhadores
Resumo em português
Introdução – A capacidade para o trabalho é influenciada por vários fatores, incluindo a condição de saúde, características sócio-demográficas, estilo de vida e fatores relacionados ao trabalho. Objetivo – Analisar os fatores associados à capacidade para o trabalho em uma população de eletricitários. Métodos – Estudo transversal onde foram analisados 475 trabalhadores, voluntários, de uma empresa privada no setor eletricitário do Estado de São Paulo, Brasil. Os dados foram coletados por meio de questionários auto-preenchidos (Índice de Capacidade para o Trabalho - ICT, Escala Estresse no Trabalho - EET, Medical Outcomes Study 36 – Item short form health survey – SF-36, Questionário de Baecke, Questionário de tolerância de Fagerström e Questionário AUDIT). A relação entre as variáveis foi analisada por meio do coeficiente de correlação de Spearman, e para comparação das médias foram utilizados os testes Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. A análise conjunta das variáveis foi feita por meio de regressão linear múltipla. Resultados – Foi identificada uma diminuição progressiva do valor do ICT significativamente associada aos aumentos da idade (r=-0,16, p<0,001), do índice de massa corporal (r=-0,17, p<0,001), do consumo de álcool (r=-0,11, p=0,019), do tempo na empresa (r=-0,17, p<0,001) e da intensidade do estresse no trabalho (r=-0,37, p<0,001). O valor do ICT apresentou elevação associada ao incremento da prática de atividade física (r=0,19, p<0,001). A média do valor do ICT esteve associada à unidade de trabalho (p=0,043). O ICT esteve associado significativamente com as diversas dimensões do estado de saúde físico e mental (p<0,001 em todas as dimensões). A análise múltipla, ajustada por sexo e tempo na empresa, evidenciou que os fatores que melhor explicaram a variação do ICT foram o estresse no trabalho e as dimensões da saúde física. Uma segunda análise, excluídas as dimensões da saúde, mostrou que o estresse no trabalho, a unidade de trabalho e características do estilo de vida foram os fatores que melhor explicaram a variação do ICT. Conclusões – A pesquisa evidenciou que o estresse decorrente de fatores psicossociais do trabalho, a elevação do índice de massa corporal, o consumo de bebida alcoólica e o local de trabalho podem contribuir para a diminuição da capacidade para o trabalho, e que uma boa qualidade do estado da saúde física e a prática de atividade física podem contribuir para a manutenção da capacidade para o trabalho dos eletricitários.
Título em inglês
Study of the factors associated with work ability in electric sector workers
Palavras-chave em inglês
Electricity
Psychosocial factors at work
Work ability
Workers
Worker’s health
Working conditions
Working environment
Resumo em inglês
Introduction – The work ability receives influence of several factors, including the health state, social and demographic characteristics, the lifestyle, and factors related to work. Aim – To analyze the factors associated with work ability in a population of electric sector workers. Methods – This is a cross-sectional study. There have been analyzed 475 volunteers workers of a private company of the electric sector of São Paulo, Brazil. They answered the questionnaires: Work Ability Index - WAI, Work Stress Scale – WSS, Medical Outcomes Study 36 – Item short form health survey – SF-36, Baecke Questionnaire, Fagerström Tolerance Questionnaire and AUDIT test. These questionnaires got information regarding work ability, stress related to psychosocial factors at work, health state, smoking, alcohol intake and practice of physical activities. The statistical analyses were done using Spearman correlation coefficient, Mann-Whitney test, Kruskal-Wallis test, and multiple linear regression models. Results – There was a significant progressive decrease of the WAI value associated to the increase of the age (r=-0,16, p<0,001), body mass index (r=-0,17, p<0,001), alcohol intake (r=-0,11, p=0,019), time at company (r=-0,17, p<0,001) and intensity of work stress (r=-0,37, p<0,001). The WAI value presented elevation associated to the increment of the practice of physical activities (r=0,19, p<0,001). The mean of WAI was associated to workplace (p=0,043). The WAI had significant association with the several dimensions of the physical and mental health state (p<0,001 in all dimensions). The multiple analyses, adjusted for sex and time at company, showed that the factors that better explained the variability of WAI were work stress and the physical health dimensions. Another analysis, excluded the health dimensions, showed that work stress, local of work and lifestyle characteristics were those that better explained the variability of WAI. Conclusions – The stress related to psychosocial factors of the work, the body mass increase, the alcohol intake and the workplace can contribute to the decrease of work ability, and a good physical health state and the practice of physical activity can contribute to the maintenance of the work ability of the electric sector workers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MartinezMC.pdf (1.55 Mbytes)
Data de Publicação
2007-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.