• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2018.tde-10012018-113749
Documento
Autor
Nome completo
Rebeca de Souza e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1992
Orientador
Banca examinadora
Santos, Jair Licio Ferreira (Presidente)
Goldani, Ana Maria
Laurenti, Ruy
Singer, Paul Israel
Siqueira, Arnaldo Augusto Franco de
Título em português
Aborto provocado: sua incidência e características; um estudo com mulheres em idade fértil (15 a 49 anos), residentes no subdistrito de Vila Madalena
Palavras-chave em português
Aborto Provocado
Resumo em português
O conhecimento da incidência e das características do aborto provocado, sobretudo o ilegal, é de grande interesse tanto para a Saúde Pública, como para a Demografia. Não obstante, poucos são os estudos na América Latina e no Brasil, que se propõem a investigar sua ocorrência. Ocorre que a conotação de "crime", que lhe é atribuída, dificulta sobremaneira sua abordagem. A presente pesquisa foi realizada entre 2.000 mulheres em idade fértil - 15 a 49 anos -, residentes no sub-distrito de Vila Madalena, São Paulo, Brasil, com o objetivo central de aprofundar o conhecimento do aborto provocado, relacionando-o a variáveis sociais, econômicas e demográficas, reconhecidamente ligados à sua ocorrência, e, especialmente à fecundidade. Em caráter experimental, utilizou-se a Técnica de Resposta ao Azar (TRA) que, segundo a literatura internacional, propicia a obtenção de informação mais fidedigna. A avaliação da viabilidade deta técnica é outro objetivo da pesquisa. Pela TRA pôde-se estimar que 41 em cada 1.000 mulheres, provocaram um aborto em 1987, enquanto apenas 8 em 1000 mulheres admitiram, por abordagem direta, terem provocado um aborto nesse período. Os resultados confirmam, por um lado, omissões voluntárias de informação e, por outro, a conveniência de se trabalhar com a TRA. A análise de diferenciais dos abortos ocorridos no transcorrer da vida reprodutiva, identificou as não casadas, as sem nascidos vivos, as com menor nascimentos que o desejado, as que possuem entre 15 e 19 anos de idade, as que verbalizaram aceitar a prática do aborto provocado em qualquer circunstância, como sendo as categorias de mulheres que ao engravidarem, recorrem com maior intensidade ao abortamento provocado. Mediante o estabelecimento de paralelismos entre TRA e abordagem direta, pôde-se evidenciar que as mulheres que mais omitem informação são, em geral, as que mais abortam. A elaboração dos modelos multivariados, por sua vez, permitiu evidenciar que, não possuir restrições à prática do aborto e não ser casada, são potenciais fatores de risco. Ao que tudo indica, enquanto as mulheres não casadas, particularmente as solteiras, recorrem ao aborto para se livrarem de uma gravidez indesejada, as casadas o buscam para manter o número de filhos dentro dos limites desejados ou para espaçar um nascimento de outro. Há razões para se suspeitar que a prática do aborto se intensificará em nosso meio, num futuro próximo. Ao que parece, nem a renda familiar nem a escolaridade, intervêem na opção da mulher pelo aborto. Enfim, apesar das dificuldades existentes em se trabalhar o tema aborto, os resultados conseguidos nesta pesquisa, deste ponto de vista, superaram a expectativa, fundamentalmente, em função do sucesso da TRA.
Título em inglês
Induced abortion: its incidence and characteristics; a study of women of childbearing age (15-49 years) living in the sub-district of Vila Madalena
Palavras-chave em inglês
Induced Abortion
Resumo em inglês
The incidence and associated factors related with illegal induced abort are areas of interest for Public Health and Demography. Nevertheless, there are few studies in Brazil and others countries of Latin America about it. It' s possible that this omission can be justified by the fact that abort is considered crime in these countries. This study looks toward filling this lack of infonnation. An specific questionnaire was used to get more trustworthy information, the Randomized Response Technic (RRT). The results of this questionnaire were compared with the usual direct way of getting information. Social, economic and demographic variables related with fertility were studied. The studied population was two thousand women between 15 and 49 years old, the fertile period. They live on Vila Madalena, a neighborhood of São Paulo city, Brazil. The estimate incidence of induced abort in 1987 by RRT was 41/1000 women and by the usual direct way was 8/1000 women. This difference justify the use of the RRT in this kind of research. It was observed that women who more omit information, have more history of abort. The univariate analyses identified the following associated factors with induced abort: not married, without lifeborn children, age between 15 and 19 years old, those who accept the practice of induced abmt in any circumstance, and women with less children then desired. At the multivariate analyses, it remained in the model the following factors: not married and accept the practice of induced abort in any circumstance. Family income and schoollevel were not associated with induced abort in this studied population. The results are coherent with what it's expected and they demonstrate the value of the RRT questionnaire.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DR_207_Silva_1992.pdf (4.77 Mbytes)
Data de Publicação
2018-01-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.