• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2009.tde-08012010-093149
Documento
Autor
Nome completo
Rafael da Silveira Moreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Julio Cesar Rodrigues (Presidente)
Cordeiro, Ricardo Carlos
Freire, Maria do Carmo Matias
Pedro, Paulo Frazão São
Sousa, Maria da Luz Rosario de
Título em português
Perda dentária em adultos e idosos no Brasil: a influência de aspectos individuais, contextuais e geográficos
Palavras-chave em português
Adulto
Análise Espacial
Análise Multinível
Idosos
Levantamento Epidemiológico de Saúde Bucal
Saúde Bucal
Resumo em português
Introdução - As transições demográfica e epidemiológica vêm gerando mudanças no perfil sanitário de vários países. Dentre os vários campos da saúde, a saúde bucal expressa pela perda dentária encontra-se em situação preocupante. Objetivo - Identificar os fatores individuais e contextuais associados à perda dentária de adultos e idosos no Brasil e as características da distribuição espacial desses fatores. Métodos - Foram utilizados dados secundários do Projeto SB Brasil 2003, em que foi realizado um levantamento epidemiológico das condições de saúde bucal da população brasileira. Neste inquérito foi utilizada a técnica de amostragem probabilística por conglomerados, realizada em três estágios, totalizando 13.431 adultos entre 35 e 44 anos e 5.349 idosos entre 65 e 74 anos. A metodologia de análise empregou um modelo multinível de abordagem e a associação foi medida pela Razão de Médias e Razão de Prevalências, brutas e ajustadas. Utilizou-se a técnica de Processo Analítico Hierárquico (Analytical Hierarchy Process - AHP) e testes de dependência espacial para conhecer a distribuição espacial dos fatores associados à perda dentária. Resultados - Entre os adultos, as variáveis contextuais associadas com maior perda dentária foram: baixo número de cirurgiões-dentistas por mil habitantes (nível regional), maior número de exodontias por habitante (nível estadual) e municípios com menor porte populacional (nível municipal). As variáveis individuais associadas à perda dentária foram: maior número de pessoas por cômodo, ter consultado o cirurgião-dentista alguma vez na vida, há três anos ou mais e por motivo de dor, não ter recebido informações sobre prevenção de doenças bucais, ser do sexo feminino e a idade maior. Entre os idosos, duas análises foram feitas. Na primeira análise, as variáveis contextuais associadas ao edentulismo funcional foram as mesmas encontradas nos adultos, exceto o porte populacional. Na segunda análise, as variáveis contextuais associadas à menor necessidade de prótese total foram: maior taxa de primeira consulta odontológica programática (nível regional), da média de anos de estudo (nível estadual) e do porte municipal. Morar na área rural, maior número de pessoas por cômodo, ter tido a última consulta odontológica em serviço público, ser do sexo masculino, nãobranco e idade mais avançada foram associados à necessidade de prótese total. A análise espacial revelou áreas de risco estatisticamente significantes para a perda dentária e para a necessidade de prótese total. Conclusões - O estudo revelou os principais aspectos contextuais e individuais associados com maior perda dentária. A combinação espacial simultânea desses atributos gerou mapas de predisposição para a perda dentária e necessidade de prótese total que podem nortear as ações de Saúde Bucal Coletiva.
Título em inglês
Tooth-loss in adults and the elderly in Brazil: the influence of individual, contextual and geographical features
Palavras-chave em inglês
Adult
Elderly
Epidemiological Oral Health Survey
Multilevel Analysis
Oral Health
Spatial Analysis
Resumo em inglês
Introduction - The demographic and epidemiological transitions are causing changes in the health profile worldwide. Among the various areas of health care, oral health expressed by tooth loss is in a precarious situation. Objective - The objective was thus to identify the individual and contextual factors associated with tooth-loss in adults and the elderly in Brazil and the characteristics of the spatial distribution of these factors. Methods - Secondary data from the 2003 SB Brasil Project were used. This was an epidemiological survey of the oral health of the Brazilian population. The study used the technique of probability sampling by clusters, in three stages, covering 13,431 adults aged between 35 and 44 years old and 5,349 elderly individuals aged between 65 and 74 years. A multilevel analysis was employed and the degree of association was measured using the crude and adjusted mean and prevalence ratios. The Analytical Hierachy Process (AHP) technique was used to ascertain the spatial distribution of factors associated with tooth- loss, along with tests of spatial dependence. Results - Among adults, the contextual variables associated with increased tooth-loss were: a lower number of dentists per thousand inhabitants (at regional level), an increased number of tooth extractions per capita (at state level) and a smaller population size (at municipal level). The individual variables associated with tooth-loss were: a greater number of individuals living in the same room, never having consulted a dentist, having consulted a dentist three years or more ago and because of pain, not having received information on prevention of dental diseases, being female, and increased age. A further two analyses were carried out for the elderly group. In the first analysis, the contextual variables associated with functional edentulism were found to be the same in adults, with the exception of the population size. Living in rural areas and being female were associated with functional edentulism. In the second analysis, the contextual variables associated with reduced need for total prosthesis were: greater coverage of the first dental consult program (at regional level), average number of years of schooling (at state level) and population size. Living in rural areas, a greater number of individuals per room, having had the last dental consultation in the public sector, being male, non-white and of greater age were associated with the need for total prosthesis. Spatial analysis shows critical areas of risk for tooth loss. Conclusions - The study revealed the key contextual and individual aspects associated with greater tooth-loss. The combination of simultaneous spatial attributes generated maps showing the geographical predisposition to tooth loss and the need for total prosthesis that will be able to guide the work of those working in the area of Collective Oral Health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RafaelMoreira.pdf (2.99 Mbytes)
Data de Publicação
2010-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.