• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2014.tde-05122014-092714
Documento
Autor
Nome completo
Eliane Golfieri Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Yeda Aparecida de Oliveira (Presidente)
Almeida, Maria Helena Morgani de
Andrade, Fabíola Bof de
Cassiano, Janine Gomes
Watanabe, Helena Akemi Wada
Título em português
Associação entre o desempenho de Atividades Avançadas de Vida Diária e a incidência de declínio cognitivo: Estudo SABE
Palavras-chave em português
Atividades Avançadas de Vida Diária
Atividades Cotidianas
Demência
Idoso
Saúde do Idoso
Terapia Ocupacional
Resumo em português
Introdução: O declínio cognitivo representa uma das principais causas de comprometimento funcional e da qualidade de vida do idoso. A busca por preditores de alterações cognitivas precoces ao diagnóstico de demência tem despertado cada vez mais o interesse dos pesquisadores. Tem-se como hipótese que menor desempenho de Atividades Avançadas de Vida Diária (AAVD) poderia ser marcador de declínio cognitivo futuro. As AAVD reúnem as atividades sociais, produtivas e de lazer, e estariam relacionadas ao topo da hierarquia da complexidade das atividades cotidianas, com melhores níveis funcionais e cognitivos. Objetivo: Analisar a associação entre o desempenho de atividades avançadas de vida diária por idosos paulistanos e a incidência de declínio cognitivo. Métodos: Estudo longitudinal com uma amostra de idosos não institucionalizados que participaram da segunda (2006) e terceira (2010) ondas do estudo de múltiplas coortes Saúde, Bem estar e Envelhecimento em São Paulo, Brasil. A amostra final contou com 819 idosos. O declínio cognitivo foi avaliado com o Miniexame do Estado mental abreviado. Foram consideradas 12 AAVD. Outras covariáveis abordaram as condições sociodemográficas, saúde, estilo de vida e incapacidade funcional dos participantes no início do seguimento. A análise estatística incluiu frequência, análises bivariadas e multivariadas, com o uso de Regressão Logística. O programa Stata 12.0 foi utilizado para a análise e a correção para os efeitos do desenho do estudo foi feita pelo comando survey para analisar os dados originados de uma amostra complexa. Resultados: Após quatro anos de seguimento a incidência de declínio cognitivo foi de 7.9 por cento . A análise múltipla evidenciou que os indivíduos com maior número de AAVD no início do estudo apresentavam menor risco de declínio cognitivo ao final do seguimento OR 0.83 [0.71; 0.96]. Outras características foram associadas à incidência de declínio cognitivo no modelo final: 75 anos e mais OR 4.54 [IC 2.52; 8.17], possuir dificuldades nas atividades instrumentais e básicas de vida diária OR 2.54 [1.32; 4.87]. Possuir 8 anos e mais de estudo mostrou-se como fator protetor ao declínio cognitivo OR 0.16 [IC 0.05; 0.52] Conclusões: O desempenho de maior número de AAVD mostrou-se como fator protetor à incidência de declínio cognitivo, independentemente de condições sociodemográficas, condições gerais de saúde, funcionalidade e estilo de vida.
Título em inglês
Association between the performance of Advanced Activities of Daily Living (AADL) and the incidence of cognitive impairment: SABE Study.
Palavras-chave em inglês
Advanced Activities of Daily Living
Daily Activities
Dementia
Elderly
Health of the Elderly
Occupational Therapy
Resumo em inglês
Introduction: Cognitive decline is one of the major causes of impairment of function and quality of life of the elderly. The search for prevention and of early diagnosis of cognitive impairment has attracted increasing interest from researchers. It has been hypothesized that lower performance on Advanced Activities of Daily Living (AADL) could be a marker of future cognitive decline. The AADL cluster the social, productive and leisure activities, and are related to the top of the hierarchy of the daily activities complexity, with better functional and cognitive levels. Objective: Examine the association between the performance of advanced activities of daily living for elderly from São Paulo and the incidence of cognitive impairment. Methods: Longitudinal study with a sample of non-institutionalized elderly who attended the second (2006) and third (2010) waves of the SABE cohort study in São Paulo, Brazil. The final sample consisted of 819 elderly. Cognitive decline was assessed with the Mini-Mental State abridged. 12 AADL were considered. Other covariates have addressed the sociodemographic conditions, health, life style and functional disability of the participants at baseline. The statistical analysis included frequency, bivariate and multivariate analyzes, using logistic regression. Stata 12.0 software was used for the analysis and correction for the effects of study design was done by the "survey" command to analyze the data obtained from a complex sample. Results: After four years of follow-up the incidence of cognitive impairment was 7.9 per cent . Multiple regression analysis showed that individuals with the highest number of AADL at baseline had a lower risk of cognitive impairment at the end of follow-up OR 0.83 [0.71; 0.96]. Other variables were associated with incidence of cognitive impairment in the final model: 75 years and over OR 4:54 [2:52 IC; 8:17], difficulties in instrumental and basic activities of daily living OR 2:54 [1:32; 4.87]. To have 8 years and more of study OR 0.16 [IC 0.05; 0.52] was a protective factor of cognitive decline. Conclusions: The performance of a larger number of AADL appeared as a protective factor to the incidence of cognitive impairment, regardless of sociodemographic conditions, general health status and functionality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.