• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Santana de Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Buchalla, Cassia Maria (Presidente)
Cardoso, Maria Regina Alves
Yi, Liu Chiao
Título em português
A classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde (CIF) em fisioterapia: uma revisão bibliográfica
Palavras-chave em português
CIF
Fisioterapia (especialidade)
Funcionalidade
Incapacidade
Reabilitação
Resumo em português
Introdução: Verifica a utilização da CIF em Fisioterapia. Objetivo. Realizar uma revisão dos trabalhos publicados sobre as formas de uso da CIF em Fisioterapia. Método. Revisão sistemática de artigos publicados em revistas indexadas que tratam sobre o panorama atual da utilização da CIF na prática da Fisioterapia. Entre os artigos selecionados, a CIF é objeto de estudo e sua aplicabilidade em Fisioterapia é testada pelos pesquisadores. Resultados. 155 artigos foram levantados nas bases de dados pesquisadas. Destes, 13,5% preenchiam os critérios de inclusão. Dentre os excluídos, 80,6% eram artigos informativos sobre a CIF, 14,9% eram sobre aplicação em outras áreas e em 4,5%, a CIF não era objeto de estudo. 18 artigos foram selecionados, 1 estudo de corte seccional, 4 estudos de caso, 5 revisões bibliográficas e 8 consensos para criação de regras de relacionamento entre as medidas funcionais existentes e a CIF. Conclusões. A análise dos artigos permitiu mostrar a tendência de uso parcial da classificação. Apesar da dificuldade que os profissionais encontram em utilizá-la, a CIF é vista como uma saída para a resolução de um problema em Fisioterapia: a unificação da linguagem. A CIF, como classificação ou como modelo, tende a servir de base para a estruturação dos serviços de Fisioterapia tanto como guia para a prática do processo de reabilitação como para formação de um sistema de informação.
Título em inglês
The international classification of functioning, disability and health (ICF) in physical therapy: a literature review
Palavras-chave em inglês
Disability
Functioning
ICF
Physical therapy (specialty)
Rehabilitation
Resumo em inglês
Introduction. Verify Physical Therapy uses of ICF. Objective. The main objective of this paper is to make a literature review about ICF use in Physical Therapy practice and to show how the ICF has been used by the physical therapists. Method. Literature review of published index journals papers about using of the ICF in Physical Therapy practice. Among the selected papers, ICF is the study object and its use is tested by researchers. Results. 155 papers were found at data basis. Among these, 13,5% got the inclusion criterious. Among the excluded, 80,6% were informative papers about ICF, 14,9% were about ICF applications in others professionals areas and at 4,5%, the ICF was not the studied object. 18 papers were selected, 1 seccional cut, 4 cases studies, 5 literatures reviews and 8 consensus to create linking rules for functioning measures to ICF. Conclusions. The selected group of papers shows there is a tendence for parcial use of ICF with summary lists of codes. Although ICF is complex and difficult to use, it is a useful tool for a common language to physical therapists. The ICF, as a classification or as a model, seems to become the base for Physical Therapy services like a way to indicate clinical decisions and to compose an information data system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
EduardoSantana.pdf (338.60 Kbytes)
Data de Publicação
2008-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.