• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2018.tde-01082018-110612
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Daniel Sanches
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Lucília Maria Abrahão e (Presidente)
Baitello Junior, Norval
Garcia Junior, Celso
Moraes, João Batista Ernesto de
Pacifico, Soraya Maria Romano
Título em português
Corpus Alienum: efeitos do discurso das novas dietas, corpo-projeto e mídia
Palavras-chave em português
Corpo-projeto; Dietas; Discurso; Mídia; Novo e novidade
Resumo em português
A pesquisa busca investigar e refletir, na perspectiva teórica da Análise do Discurso (Pêcheux; Orlandi), em interface com pesquisadores das Ciências Sociais, sobre o sujeito e os efeitos de sentido produzidos pelo discurso midiático de dietas e suas novidades, que promete resultados rápidos e fáceis na busca de um corpo muitas vezes irreal. A preocupação em perder peso tem aumentado e, segundo alguns psiquiatras, tornou-se um problema de grandes proporções. Neste processo de construção do corpo, nos interessa o discurso produzido pela mídia atual e materializado em práticas sociais e condutas corporais. O corpus foi composto por revistas e sites que promovem as novas dietas, e que, além da publicação impressa, dispunham de versão digital com espaço para comentário dos leitores. A nossa hipótese é a de que o discurso midiático das novas modalidades de regime afeta a constituição da mulher e sua relação com o corpo na contemporaneidade. Esse discurso, com uma linguagem ancorada em simbolismos, promete que o novo (dieta, exercício) por si só, é e será sempre o melhor, mesmo com o surgimento de coisas novas em velocidade incompatível com a capacidade dos sujeitos de consumi-las e entendê-las em sua totalidade. As condições de produção do discurso das dietas são marcadas profundamente por alguns aspectos: o texto da mídia, a linguagem publicitária (imagens e textos atuando em conjunto), a velocidade, a repetição, o consumo e a tecnologia. A dieta não deve ser analisada apenas como um produto, mas como um fenômeno discursivo que faz circular sentidos em uma ambiência midiática que opera em um cenário sócio-histórico, cultural e econômico-capitalista. A ideologia das dietas está atrelada ao mercado, que por sua vez interpela os sujeitos através da mídia, convocando-os a alcançarem patamares de excelência cristalizados em formatos corporais. O sujeito é interpelado a re(fabricar)-se a todo momento. O imperativo sucesso perpassa as formações ideológicas e seus discursos. Enquanto o discurso da boa forma interpela o sujeito convocando-o a ser mais ágil e rápido na busca do corpo-perfeito, o corpo da realidade testa seus limites deparando-se com sua fragilidade. É nesse processo que sentidos como os de beleza se constituem, através de um jogo de filiações históricas que os determinam, mas que jamais se estabilizam completamente. Nesse jogo, percebemos o funcionamento da ideologia legitimando o que deve ser compreendido como formato (imagem) do corpo contemporâneo. Os sentidos do discurso midiático das dietas e boa forma, ao enaltecer o corpo-projeto, menospreza o corpo-abjeto. O corpo-abjeto simplesmente é, enquanto o corpo-projeto está calcado em um devir, em um deve ser. A ideologia do mercado das dietas faz circular sentidos de um corpo-projeto que contrastam com a obsolescência do corpo da realidade, tomando-o como um objeto frágil e obsoleto pela gordura que carrega, pelo processo de envelhecimento e pelas doenças que o castigam. O sujeito é convocado a viver na encruzilhada entre a excelência imposta pelas ferramentas midiáticas e a imperfeição da realidade.
Título em inglês
Corpus Alienum: discourse effects of new diets, body-project and media
Palavras-chave em inglês
Body-project; Diets; Discourse; Media; New and novelty
Resumo em inglês
The present research seeks to investigate and to reflect, at the interface of the theoretical perspective of Discourse Analysis (Pêcheux; Orlandi) and the Social Sciences researches, the subject and the effects of meaning produced by the media diets discourse and their novelties, which promises fast results and easy to find an often unreal body. Concern about weight loss has increased and, according to some psychiatrists, has become a major problem. In this process of "body building", we are interested in the discourse produced by the current media and materialized in social practices and corporal behaviors. The corpus was composed of magazines and sites that promote the new diets, and, had a digital version with space for readers´comments. Our hypothesis is that the mediatic discourse of the new diets modalities affects the constitution of the woman and her relation with the body in the contemporaneity. This discourse, with a language anchored in symbolism, promises that the new (diet, exercise) by itself, is and will always be the best, even if the emergence of new things occurs at a speed incompatible with the subjects' ability to consume and understand them in their totality. The production conditions of the diets' discourse are deeply marked by some aspects: the "text of the media", the advertising language (images and texts acting together), speed, repetition, consumption and technology. Diet should not be analyzed only as a product, but as a discursive phenomenon that circulates meanings in a mediatic environment that operates in a socio-historical, cultural and economic-capitalist scenario. The ideology of diets is linked to the market, which in turn challenges the subjects through the media, inviting them to reach levels of excellence crystallized in body shapes. The subject is called upon to re-fabricate himself at all times. The imperative "success" permeates ideological formations and their discourses. While the discourse of good shape challenges the subject by summoning him to be more agile and quick in the quest for the perfect body, the body of reality tests its limits by encountering its fragility. It is in this process that senses such as those of beauty are constituted through a set of historical affiliations that determine them, but never fully stabilize. In this game, we perceive the functioning of ideology legitimizing what must be understood as the shape (image) of the contemporary body. The senses of the diet mediatic discourse and good form, when uplifting the body-project, despise the body-abject. The body-abject simply is, while the body-design is set in a becoming, in a must be. The ideology of the diet market circulates the senses of a body-project that contrasts with the obsolescence of the real body, taking it as a fragile and obsolete object because of the fat it carries, the aging process and the diseases that punish it. The subject is convened to live at the crossroads between the excellence imposed by the media tools and the imperfection of reality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rodrigocorrigida.pdf (4.11 Mbytes)
Data de Publicação
2018-08-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.