• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2019.tde-12092018-213007
Documento
Autor
Nome completo
Merielen Cunha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Assolini, Filomena Elaine Paiva (Presidente)
Lodi, Ana Claudia Balieiro
Patti, Elci Antonia de Macedo Ribeiro
Pavanelli, Fabiana Furlanetto de Oliveira
Título em português
A (im)possibilidade da escuta significativa no contexto educacional
Palavras-chave em português
Análise de discurso ; Educação ; Escuta
Resumo em português
A comunicação, tão fundamental para a constituição do sujeito, é marcada pela linguagem que nos insere no simbólico. Distanciando-nos do conceito positivista de comunicação e aproximando-nos da Análise de Discurso de matriz francesa pecheuxtiana, aceitamos a opacidade e incompletude da linguagem, que pode ser analisada e percebida pela escuta aqui denominada significativa. Uma escuta que permita um diálogo dentro de nós mesmos com as muitas falas que nos constituíram e nos constituem. A instituição escolar é um lugar que propicia interações e inserção social, assim, o estudo visa a analisar e refletir como a escuta é concebida e realizada no contexto educacional, pois, nesse ambiente, em geral prevalece o discurso autoritário cujo funcionamento impede a reversibilidade (dinâmica da interlocução). Os procedimentos metodológicos desta pesquisa contaram com a revisão bibliográfica, pesquisa de campo com observações em sala de aula e entrevistas semiestruturadas com educadoras de duas escolas públicas no interior do estado de São Paulo. As entrevistas foram gravadas em áudio e depois transcritas. O corpus, recortes de dados determinados pelas condições de produção, foi constituído e analisado com base nos dispositivos teóricos da Análise de Discurso de matriz francesa pecheuxtiana e algumas contribuições da Psicanálise e das Ciências da Educação. As análises indicam que o sujeito-educador filiado ao discurso autoritário mascara a escuta significativa reduzindo-a ao silêncio do educando durante as explicações ou à participação deles quanto ao conteúdo explicado pelo educador; há tentativas de rompimento e deslizamentos de posições que possibilitam a dinâmica da interlocução, no entanto, não são legitimadas pela instituição escolar que, por sua vez, escamoteia a subjetividade docente. Romper com a predominância do discurso autoritário no contexto educacional é um desafio, mas que acreditamos ser possível com a construção de espaços discursivos que oportunizem aos sujeitos-educadores uma experiência de encontro, de diálogo e de desejo.
Título em inglês
The (Im)possibility of meaningful listening in the school environment
Palavras-chave em inglês
Discourse analysis ; Education ; Listening
Resumo em inglês
Communication, important as it is for the constitution of the subject, brings the mark of language, which encases us into the symbolic order. As diverging from positivist concepts of communication, and approaching French discourse analysis, we accept the opacity and incompleteness of language. Language may, therefore, be analyzed and perceived by what we understand as meaningful listening, allowing internal, dialogues with oneself with the many says, which constituted us in the past and the present. The school environment offers interaction and social insertion. This study aims to analyze how the skill of listening is conceived and carried out within the school environment, in which usually authoritarian discourse prevents reversibility (dynamics of communication). The methodology applied in this work relied on literature review, field observation in classrooms and semi-structured interviews with education professionals from two public schools in the countryside of the state of São Paulo, Brazil. The interviews were audio-recorded and transcribed. The corpus, selected cut-outs determined by the production conditions, was assembled and analyzed based on the French theory of discourse analysis, by Michel Pêcheux, on some contributions psychoanalysis, and on sciences of education. The analysis indicates that the subject-educator within the authoritarian discourse disguises the meaningful listening, reducing it to the learners silence or limited participation during the explanation. There are attempts of rupture and displacements of roles, which would allow communication dynamics. Those attempts, however, are not supported by the school instances, which in turn glosses over teachers subjectivity. Fighting against the predominance of authoritarian discourse in the school environment is a challenge that we believe can be faced. Discursive spaces must be created to offer the subject-educators experience of encounter, dialogue and desire.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
merielencorrigida.pdf (1.63 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.