• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2018.tde-23042018-093000
Documento
Autor
Nome completo
Edvanda Andrade Souza de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Mantelatto, Fernando Luis Medina (Presidente)
Bichuette, Maria Elina
Bueno, Sergio Luiz de Siqueira
Magalhães Filho, Célio Ubirajara
Trettin, Ivana Miranda
Título em português
Sistemática e revisão taxonômica dos caranguejos de água doce do gênero Trichodactylus Latreille, 1828 (Decapoda: Trichodactylidae): uma abordagem molecular e morfológica
Palavras-chave em português
Endemismo
Filogenia
Morfologia
Novas espécies
Trichodactylidae
Resumo em português
Os caranguejos de água doce estão alocados em cinco famílias e apenas duas tem ocorrência para o Brasil: Pseudothelphusidae e Trichodactylidae. Trichodactylus , gênero-tipo da família Trichodactylidae e alocado em Trichodactylinae, foi descrito por Latreille, 1828 para acomodar uma única espécie, T. fluviatilis. Baseado na hipótese de que Trichodactylus não é um grupo monofilético foi realizada uma extensiva amostragem morfológica e molecular. A Inferência filogenética com dois genes mitocondriais (16S rRNA e COI) e um nuclear (Histona 3) mostrou claramente que Trichodactylus não é monofilético. Foram encontradas três grandes linhagens em ambas as análises (Inferência Bayesiana e Máxima Verossimilhança), sendo T. quinquedentatus mais proximamente relacionado com espécies de Avotrichodactylus. O tempo de divergência entre essas linhagens foi estimado em 38 a 53 Ma. Nesse estudo, dez novas espécies pertencentes ao complexo Trichodactylus foram descritas. Adicionalmente, uma espécie e um gênero revalidado. Nesse estudo, portanto, a subfamília Trichodactylinae é composta pelos seguintes gêneros: Avotrichodactylus , Mikrotrichodactylus , Rodriguezia e Trichodactylus . Além disso, a designação de neótipo para T. fluviatilis é de fundamental importância, uma vez que, a série tipo foi perdida. O uso em conjunto e comparativo de diferentes ferramentas, tais como a molecular e morfológica, permitiu reconhecer que a biodiversidade de caranguejos de água doce no Brasil ainda está subestimada
Título em inglês
Systematics and taxonomic revision of freshwater crabs of the genus Trichodactylus Latreille, 1828 (Decapoda: Trichodactylidae): a molecular and morphological approach
Palavras-chave em inglês
Neotype
Phylogenetic inference
Species delimitation
Trichodactylinae
Underestimated biodiversity
Resumo em inglês
The freshwater crabs are allocated in five families and only two of them have occurrence for Brazil: Pseudothelphusidae and Trichodactylidae. Trichodactylus , the genus-type of the family Trichodactylidae and allocated in Trichodactylinae, was described by Latreille, 1828 to accommodate a single species, T. fluviatilis. Based on the hypothesis that Trichodactylus is not a monophyletic group we realized an extensive morphological and molecular sampling. Phylogenetic inference based on two mitochondrial (16S rRNA e COI) and one nuclear (Histone 3) genes clearly indicated that Trichodactylus is not monophyletic. Were found three great lineages in both analysis (Bayesian Inference and Maximum Likelihood), being T. quinquedentatus more closely related to species of Avotrichodactylus . The time of divergence between these lineages was estimated at 38 to 53 Ma. In this study, nine new species belonging to the T. fluviatilis complex were described. Additionally, one species and one genus were revalidated. Therefore, in this study, the subfamily Trichodactylinae is composed by the following genus: Avotrichodactylus , Mikrotrichodactylus , Rodriguezia e Trichodactylus . Furthermore, we show that the designation of a neotype for T. fluviatilis is strongly needed, since that its type series has been lost. The joint and comparative use of different tools, such as molecular and morphological, allowed us to recognize that the biodiversity of freshwater crabs in Brazil is still very underestimated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-04-22
Data de Publicação
2018-06-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.