• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2015.tde-22072015-225534
Documento
Autor
Nome completo
André Vieira Rodrigues
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Kohlsdorf, Tiana (Presidente)
Hrncir, Michael
Ribeiro, Pedro Leite
Título em português
Diferenças em resolução de problemas e inovação comportamental de lagartos Tropidurus torquatus (Squamata: Tropiduridae) residentes de diferentes tipos de territórios
Palavras-chave em português
Aprendizado
Capacidade cognitiva
Desafio ambiental
Flexibilidade comportamental
Seleção natural
Resumo em português
Flexibilidade comportamental é a capacidade de ajustes comportamentais que permitem aos indivíduos responderem a um novo desafio ambiental podendo ser, ou pela modificação de suas respostas, ou por desenvolver novas estratégias diante de um novo estímulo. Esse novo comportamento pode ser alvo da seleção natural, apesar de não ser hereditário. O que é transferida para as próximas gerações, é a capacidade de ajustar o comportamento. Assim, é plausível assumir a existência de uma associação entre capacidades cognitivas e o desafio do ambiente. Neste contexto, espera-se que indivíduos territoriais exibam capacidades cognitivas associadas ao seu habitat específico. Estudos têm frequentemente focado em diferenças nas capacidades de resolução de problemas em animais de espécies e populações distintas. No entanto, o presente estudo compara capacidades de resolução de problemas de lagartos Tropidurus torquatus de uma mesma população que utilizam dois tipos de territórios, os quais diferem no grau de desafio: muros, ambientes desafiadores, e árvores, ambientes permissíveis. Essa espécie exibe um comportamento territorial em que machos dominantes e fêmeas associadas possuem uma fidelidade evidente aos seus territórios. Lagartos foram observados no campo para a caracterização do território e, posteriormente, realizaram testes de resolução de problemas no laboratório. Os resultados demonstraram que lagartos de ambientes desafiadores obtiveram um desempenho superior aos de ambientes permissíveis nos testes de resolução de problemas, e foram mais propensos em exibir uma inovação comportamental durante a resolução dos testes. As interpretações para esses resultados consistem em duas possíveis explicações. Lagartos de muros podem se beneficiar de capacidades cognitivas avançadas, pois a seleção natural teria agido na flexibilidade comportamental e selecionaria indivíduos que poderiam lidar com problemas de uma ambiente desafiador. Alternativamente, é possível que a maioria dos lagartos Tropidurus torquatus apresentem melhores capacidades de resolução de problema, porém esta característica estaria críptica, e apenas a interação entre o indivíduo e a vivência em ambientes desafiadores (muros) induziria o surgimento de melhores capacidades cognitivas. Os resultados desse estudo provavelmente indicam que diferenças nas capacidades de resolução de problemas e habilidades cognitivas entre indivíduos poderiam estar sob efeitos de regimes seletivos antes mesmo de ocorrer alguma segregação populacional.
Título em inglês
Differences in problem-solving and behavioral innovation in Tropidurus torquatus (Squamata: Tropiduridae) lizards resident from different types of territories
Palavras-chave em inglês
Behavioral flexibility
Cognitive capabilities
Environmental harshness
Learning
Natural selection
Resumo em inglês
Behavioral flexibility is the ability of behavioral adjustments that allow individuals to respond to a new environmental challenge by either modifying their responses or developing new strategies when facing novel stimuli. This new behavior may be target of natural selection, despite not being heritable. What is transferred to the next generation is the capacity to adjust behavior. Thus, it is plausible to assume the existence of an association between cognitive capabilities and environmental severity. In this context, it is expected that territorial individuals exhibit cognitive capabilities associated with their specific habitat. Studies have often been focused on differences of problem-solving capabilities in animals from different species and populations. Nevertheless, the present study compares problem-solving abilities of Tropidurus torquatus lizards from the same population that use two types of territories that differ in the level of harshness: house walls, a harsh environment, and trees, a mild environment. This species exhibits a territorial system where dominant males and associated females have an evident fidelity to their territories. Lizards were observed in the field for territory characterization and then performed problem-solving tests in the laboratory. The results show that lizards from harsh environments outperformed those from mild environments in the problem-solving tasks and were more likely to show a behavioral innovation when solving the task. Interpretations for these results resides on two possible explanations. Lizards from walls might benefit from enhanced cognitive capabilities because natural selection acted on behavioral flexibility and selected individuals that can deal with problems of a harsh environment. Alternatively, it is possible that the majority of Tropidurus torquatus lizards exhibit enhanced problem-solving capability, but this characteristic might be cryptic, and only the interaction between the individual and living in a harsh environment (walls) induces the emergence of enhanced cognitive capabilities. These findings probably indicate that differences in problem-solving and cognitive capabilities might be exposed to specific selective regimes even before population segregation occurs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.