• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2012.tde-21052012-110101
Documento
Autor
Nome completo
Nicole Alice Olguín Campillay
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Mantelatto, Fernando Luis Medina (Presidente)
Cardoso, Irene Azevedo
Hilsdorf, Alexandre Wagner Silva
Título em português
Revisão taxonômica das espécies sulamericanas de ermitões do gênero Pagurus Fabricius, 1775 (Anomura: Paguridae): análises morfológicas e moleculares
Palavras-chave em português
16S mt DNA e H3
Paguridae
Pagurus
Sistemática
Taxonomia
Resumo em português
O gênero Pagurus é um táxon heterogêneo de ermitões, com ampla distribuição mundial, descrito há mais de duzentos anos. A sistemática do grupo é complexa com uma longa história de rearranjos taxonômicos. A classificação conta com a inclusão de numerosas novas espécies e separação de algumas inicialmente contidas no táxon estabelecendo-se novos gêneros. Devido à extensa distribuição das espécies que compõem o táxon, foi necessário restringir o objetivo deste estudo. Assim foi avaliado o status taxonômico das espécies que ocorrem nas costas Pacífica e Atlântica da América do Sul, por meio da combinação de análises morfológicas e moleculares das espécies, utilizando dois marcadores genéticos (16S rDNA e Histona 3). As análises taxonômicas mostraram uma alta variabilidade morfológica nas 22 espécies examinadas. As espécies se encaixam perfeitamente em quatro dos onze grupos preestabelecidos dentro de Pagurus. Além disso, foram fornecidos os caracteres morfológicos que definem um desses grupos. Adicionalmente foi incluída uma chave para ajudar na identificação de todas as espécies. As análises independentes dos dados moleculares mostraram resultados contrastantes. O gene mitocondrial foi mais variável e portanto mais informativo, proporcionando uma hipótese mais clara das relações internas entre os membros de Pagurus. Assim, as topologias moleculares resultantes, concordaram em vários aspectos com o reportado nos dados morfológicos das espécies. De modo que, as semelhanças morfológicas foram refletidas na formação dos nós internos. Assim, as análises do gene 16S e H3 mostraram-se concordante com a morfologia, refletindo-se na formação de alguns dos grupos previamente propostos. Como ponto importante, ressalta-se a separação das espécies que compõe o grupo provenzanoi como um táxon diferenciado dentro de Pagurus. Ao mesmo tempo, as análises com o gene H3 mostraram a espécie Propagurus gaudichaudii inserida dentro de Pagurus, questionando a validade taxonômica de Propagurus. Como só foi incluída uma das cinco espécies do gênero, é claramente necessário a inclusão de outras espécies contidas neste táxon, bem como alguns outros genes uma revisão das espécies contidas neste táxon, junto com análises de outros genes, a fim de resolver definitivamente o status taxonômico de Propagurus.
Título em inglês
Taxonomic review of South American species of hermit crabs of the genus Pagurus Fabricius, 1775 (Anomura:Paguridae): morphological and molecular analysis
Palavras-chave em inglês
16S mtDNA and H3
Paguridae
Pagurus
Sistematic
Taxonomy
Resumo em inglês
The genus Pagurus is a heterogeneous taxon of hermit crabs, with worldwide distribution which was described more than two hundred years ago. Systematics of the group is complex and with a long history of taxonomic rearrangements. Thus current classification accounts for inclusion of many new species and splitting-off of some of the original species in order to establish new genera. Because of the extensive distribution of the species that conform this taxon it was necessary to restrict the aim of this study. Thus I evaluated the taxonomic status of the species found in the Pacific and Atlantic coasts of South America using a combination of both morphologic and molecular analyses (16S rDNA and Histona 3). The taxonomic analysis showed high morphological variation among all the 21 examined species. The analyzed species seemed to perfectly fit four out of the eleven morphologically pre-established groups of Pagurus. Furthermore I provide morphological characters that define one of these groups. Additionally, I included a key to aid in the identification of all the target species. Independent analysis of the molecular data showed contrasting results. The mitochondrial gene was the most variable and thus the most informative, providing a clearer hypothesis of the internal relationships among members of Pagurus. Therefore, both 16S and H3 analyses were in general agreement with the morphology. Thus, the resultant molecularly based topologies reflected some of the groups previously proposed. It is important to point out that all the included species belonging to the provenzanoi group were clustered together separated from other clades within Pagurus. At the same time, the analysis with the gen H3 showed Propagurus gaudichaudii clustered within Pagurus, thus questioning the taxonomic validity of Propagurus. As I only included one of the five species of the genus, it is obviously necessary to include other the species contained in this taxon, as well as some other genes in order to definitely solve the taxonomic status of Propagurus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
OlguinN.pdf (8.81 Mbytes)
Data de Publicação
2012-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.