• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2015.tde-11052015-121916
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Thays Paganella Marcondes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Hsiou, Annie Schmaltz (Presidente)
Erthal, Fernando
Ghilardi, Renato Pirani
Título em português
Actuopaleontologia em moluscos bivalves no complexo estuarino de Paranaguá: implicações paleoambientais e paleoecológicas em diferentes áreas de aporte energético
Palavras-chave em português
Actuopaleontologia
Complexo Estuarino de Paranaguá.
Moluscos bivalves
Tafonomia
Resumo em português
A Actuopaleontologia é o ramo da Paleontologia que visa aperfeiçoar as interpretações paleoambientais e paleoecológicas através das assinaturas tafonômicas, principalmente aquelas presentes em conchas bivalves. Tais estudos tafonômicos com bivalves marinhos têm sido conduzidos em ambientes sedimentares do Holoceno, porém, no Brasil, investigações similares são ainda incipientes, tendo sua predominância no litoral norte do Estado de São Paulo. O Complexo Estuarino de Paranaguá (CEP), situado na porção centro-norte do litoral do Paraná, possui feições fisiográficas distintas das encontradas no litoral norte do Estado de São Paulo. Com o objetivo de gerar dados comparativos entre os diferentes ambientes da costa brasileira, este estudo pretende caracterizar tafonomicamente as associações de moluscos bivalves em 11 pontos de coleta ao longo do CEP. Foram coletados oito litros de sedimento com a utilização de pegador de fundo tipo Petersen, em parceria com o Laboratório de Oceanografia Geológica (LOGeo CEM/UFPR). As assinaturas tafonômicas analisadas, podendo ser de origem química, física e/ou biológica, foram: articulação, tipo de valva, fragmentação, modificação da margem da concha, corrasion, perióstraco, brilho, cor, bioerosão, incrustação e predação. A ação dessas assinaturas pode resultar em outra assinatura tafonômica aqui analisada, a alteração da textura da superficial da concha. Foram analisados 150 bioclastos de cada um dos pontos de coleta, e cada assinatura tafonômica foi classificada individualmente. Os bioclastos foram peneirados em malhas de 2 mm para que as menores classes de tamanho não fossem excluídas das análises tafonômicas. Além dos bioclastos, foram coletadas amostras da água junto ao fundo dos locais amostrados, para registro de pH, salinidade, temperatura e turbidez. Ao total, 1.438 bioclastos foram utilizados nas análises tafonômicas e, das 11 estações de coleta, apenas duas não apresentaram o n mínimo de 150 conchas. Os dados abióticos não apresentaram grandes diferenças nas diferentes estações de coleta. A análise de cluster foi feita levando-se em consideração todas as assinaturas tafonômicas estudadas, e um dendograma geral relacionou os 9 pontos de coleta em que obteve-se o mínimo de 150 bioclastos. O dendograma gerado nesta análise mostrou quais as acumulações de moluscos bivalves e seus respectivos pontos de coleta estão mais semelhantes. Há um primeiro grupo formado pelas estações 683, 336, 482, 696 e 32. Com exceção da estação 32, as estações reunidas no primeiro grupo são os pontos de coleta mais próximos às desembocaduras do CEP, região de maiores profundidades e fortes correntes de marés. O segundo grupo é formado pelas estações 607, 152, 645 e 472, sendo pontos de coleta mais internos na área do CEP, próximos a ilhas, manguezais e bancos de areia. As assinaturas alteração da cor, brilho, modificação da margem, perióstraco e corrasion não parecem ser assinaturas úteis na identificação ou para uma possível caracterização dos diferentes ambientes do CEP. Isto porque elas não são variáveis entre esses diferentes ambientes. Houve predominância de desarticulação e fragmentação das valvas em todos os ambientes estudados, sendo possível que a fragmentação esteja sobre maior influência dos danos biológicos. Bioerosão e incrustação não apareceram em frequências expressivas, porém, apenas as estações de coleta próximas a desembocadura do CEP apresentaram bioeorosão, enquanto incrustação apareceu em todas as estações. A textura superficial da concha correlacionou-se positivamente com as assinaturas corrasion e bioerosão.
Título em inglês
Actuopaleontology in bivalve mulluscs in the Paranaguá Estuarine Complex: paleoenvironmental and paleoecological implications in different areas of energy intake.
Palavras-chave em inglês
Actuopaleontology
Bivalve molluscs
Paranaguá Estuarine Complex.
Taphonomy
Resumo em inglês
Actuopaleontology is the branch of Paleontology that aims to enhance paleoecological and paleoenvironmental interpretations, through the taphonomic signatures, especially those in bivalve shells. Such taphonomic studies with marine bivalves have been conducted in sedimentary Holocene environments, however, in Brazil, similar investigations are still incipient, having its predominance in the northern coast of São Paulo. The Paranaguá Estuarine Complex (CEP), situated in the north central portion of the Paraná coast, has different physiographic characteristics of those found in the north coast of São Paulo. In order to generate comparative data between different environments of the Brazilian coast, this study aims to characterize the taphonomy of bivalve mollusk associations from 11 collection stations along the CEP. Eight liters of sediment were collected with background catcher Petersen, in partnership with the Laboratory of Geological Oceanography (LOGeo - CEM/UFPR). The taphonomic signatures analyzed, which may be of chemical, physical and/or biological origin, were: articulation, valve type, fragmentation, edge modification, corrasion, periostracum, brightness, color, bioerosion, encrustation and predation. The action of these signatures may result in other taphonomic signature analyzed here, the alteration of shell superficial texture. 150 bioclasts were analyzed from each collection point and each taphonomic signature was individually classified. The bioclasts were sieved through mesh of two millimeter, so that classes of smaller size were not excluded from the taphonomic analyzes. In addition, water samples were collected at the bottom of each station for analysis of pH, salinity, temperature and turbidity. In total, 1,438 bioclasts were used in the taphonomic analysis and only two stations did not show the minimum n of 150 shells. Abiotic data showed no great differences in the different sampling stations. The cluster analysis was performed taking into account all studied taphonomic signatures, and a general dendrogram listed the collection points that showed the minimum of 150 bioclasts. The dendrogram generated in this analysis showed which accumulations of bivalve molluscs and their respective collection points are more similar. There is a first group formed by the stations 683, 336, 482, 696 and 32. With the exception of station 32, the stations on the first group are the closest to the mouths of the CEP, region of greater depths and strong tidal currents. The second group is formed by stations 607, 152, 645 and 472, being the more internal collection points, near islands, mangroves and sandbanks. The signatures color, brightness, edge modification, periostracum and corrasion do not seem to be useful in identifying or for a possible characterization of the different environments of the CEP, because they are not variable between these different environments. There was predominance of disarticulation and fragmentation of the valves in all study sites, being possible that the fragmentation was influenced more by biological damages. Bioerosion and encrustation did not appear in expressive frequencies, however, only the stations near the mouth of the CEP presented bioeorosão, while encrustation appeared in all stations. The surface texture of the shell was correlated positively with the sigantures corrasion and bioerosion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.