• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2011.tde-30092011-161724
Documento
Autor
Nome completo
Alice Costa Macêdo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Bairrao, Jose Francisco Miguel Henriques (Presidente)
Barbieri, Valeria
Trindade, Liana Maria Salvia
Título em português
O reverente irreverente: a espirituosidade em rituais de umbanda
Palavras-chave em português
etnopsicologia
humor
psicanálise
umbanda
Resumo em português
O humor revela-se frequentemente como uma característica marcante nos rituais umbandistas. Diante disso, este estudo propõe-se investigar, numa perspectiva etnopsicológica, se e em que medida as teses psicanalíticas (freudianas e lacanianas) sobre o chiste e o cômico podem ajudar a compreender o humor na umbanda. A pesquisa de campo foi realizada na Fraternidade de Umbanda Esotérica Caboclo Pena Branca, em Ribeirão Preto, cujos rituais se mostraram comumente bem humorados. Procedeu-se a uma escuta participante, que implica em uma escuta psicanalítica, na qual a participação é entendida e utilizada como instrumento de refinamento da audição. Nessa medida, a implicação do pesquisador em campo foi indispensável, pois o efeito de sentido é também produzido nele, que escuta e ri. Após a análise dos episódios espirituosos, foi possível constatar que a compreensão psicanalítica do humor é aplicável às suas ocorrências no ritual umbandista. Nas falas dos próprios adeptos do terreiro, o riso revela seu uso terapêutico, é parte de um tratamento que quebra defesas, o que se coaduna com a perspectiva freudiana de descarga de catexias. No entanto, segundo as teses psicanalíticas, frequentemente os chistes permitem a expressão de impulsos agressivos dirigidos ao ouvinte, enquanto na umbanda a função de ser objeto do riso é deslocada para personagens cômicos que representam o que poderia haver de repreensível no outro, deslocando a censura sobre os seus filhos para o enredo de uma comédia atuada por espíritos. Além disso, ao brincar com metáforas e sentidos novos, os espíritos dão eco à complexidade do sujeito humano, refletindo-a além de intelectualizações.
Título em inglês
The Irreverent Reverence: humor in umbanda rituals.
Palavras-chave em inglês
ethnopsychology
humor
psychoanalysis
Umbanda
Resumo em inglês
Humor frequently reveals itself as an outstanding feature in Umbanda religious rituals. Given that, this study seeks to investigate, from an ethnopsychological perspective, if and to what extent psychoanalytic theories (Freudian and Lacanian) about wits and comic may help to understand Umbanda humor. The field research was conducted at Fraternidade de Umbanda Esotérica Caboclo Pena Branca in Ribeirão Preto, where the rituals generally proved to be humorous. The method was the participant listening, that involves a psychoanalytic listening in which participation is understood and utilized as an instrument of audition refinement. Thus, the researcher's involvement while in the field was essential since the effect of meaning is also produced on this individual who listens and laughs. After analyzing the witty episodes, it was concluded that the psychoanalytic understanding of humor is applicable to these occurrences in Umbanda ritual. In the religious own speeches, the laughter exposes its therapeutic uses; it is part of a "treatment" for "breaking defenses", which is consistent with the Freudian idea of catharsis. However, according to psychoanalytic theories wits regularly allow the expression of aggressive impulses, while in Umbanda the objects of laughter are comic characters that represent what could otherwise be considered objectionable, displacing the "censure" to a comedy plot acted by spirits. Moreover, while playing with metaphors and new meanings, the spirits mirror non-rational aspects of human complexity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Diss.pdf (1.35 Mbytes)
Data de Publicação
2011-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.