• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2016.tde-30032016-144127
Documento
Autor
Nome completo
Alice Costa Macêdo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bairrao, Jose Francisco Miguel Henriques (Presidente)
Barbieri, Valeria
Comin, Fabio Scorsolini
Lorenzi, Carla Guanaes
Marques, Luciana Fernandes
Título em português
Encruzilhadas da interpretação na umbanda
Palavras-chave em português
Cultos afrobrasileiros. Etnopsicologia Interpretação Psicologia e Religião
Umbanda
Resumo em português
A umbanda caracteriza-se como um culto de possessão, cujos participantes, em transe, incorporam espíritos que se apresentam nos terreiros em cerimônias geralmente públicas a fim de trabalhar a serviço de seus fiéis e consulentes. O objetivo desta pesquisa foi investigar e descrever os processos interpretativos na umbanda, numa perspectiva etnopsicológica. Trata-se de um estudo de caso, de corte longitudinal, com base no método da escuta participante, entendida como a extensão do método psicanalítico a pesquisas de campo, mediante a utilização de técnicas etnográficas. A pesquisa de campo foi realizada no Centro de Umbanda Oxalá (Ribeirão Preto Estado de São Paulo Brasil), onde as consultas concedidas pelos espíritos incorporados pelo paide-santo foram integralmente acompanhadas mediante registros em diário de campo. Para tanto, a pesquisadora foi admitida no lugar de cambona do pai-de-santo, ou seja, um auxiliar da cerimônia. A teoria psicanalítica sobre a interpretação assumiu um valor heurístico nesta pesquisa, ao possibilitar a formulação de hipóteses de trabalho como diretrizes que permitiram ao pesquisador buscar a compreensão dos processos interpretativos na umbanda. As consultas apresentaram o uso de ingredientes-coisas-significantes que se assemelham a uma oração, mas performaticamente rezada pelo corpo, como frases que compõem um poema cuja interpretação se enuncia do próprio sistema simbólico umbandista. Sugere-se, portanto, que a interpretação neste contexto parece apresentar ricas possibilidades de combinações de recursos que se revelam para além do verbal. A psicanálise se mostrou um instrumento relevante para a pesquisa no que tange à experiência de campo, às relações transferenciais e ao refinamento da escuta. A perspectiva lacaniana foi útil na medida em que compreende que a interpretação se faz presente no acontecimento e o acontecimento inclui a sua interpretação; além de ter possibilitado a análise no registro simbólico a partir do entrecruzamento entre dois eixos, metáfora e metonímia, o que facilitou a imersão da escuta na própria linguagem dos espíritos da umbanda e, por fim, ter permitido mapear interpretações que operam na materialidade, ao pé da letra e ao pé das coisas. De outro modo, percebeu-se que o método freudiano de interpretação dos sonhos não estabeleceu aproximações com o que ocorre nos terreiros, pois na umbanda a interpretação não parece operar a partir de conteúdos manifestos para o acesso a conteúdos latentes. No caso da umbanda, a interpretação se dá em ato, ou melhor, é, em si, o próprio ato, inscreve-se no corpo, dá-se a ver, mas um ver que seja rente à pele e não restrito aos olhos. Além disso, embora tenha sido útil a ideia de que o autor da interpretação dos sonhos seja o próprio sonhador, no caso da umbanda, o sujeito intérprete não é somente o médium, o espírito, o cambono ou os consulentes. O sujeito da interpretação perpassa todos esses personagens, mas reside no próprio sistema simbólico umbandista. Desse modo, propõe-se que a espiritualidade não seja desconsiderada, mas tratada como um recurso para o desenvolvimento de novas noções de acolhimento que não somenterespeitem a cultura do outro, mas, sobretudo, incorporem-nas às suas estratégias de cuidado. Embora esta pesquisa não tenha pretendido investigar como as comunidades afrobrasileiras compreendem saúde e doença, sofrimento e cuidado, ela buscou contribuir para um entendimento de como, mediante procedimentos interpretativos, esse universo cultural refina a escuta e o acolhimento daqueles que a ele recorrem.
Título em inglês
Crossroads of interpretation in the Umbanda.
Palavras-chave em inglês
AfricanBrazilian cults.
Ethnopsychology
Interpretation
Psychology and Religion
Resumo em inglês
Umbanda is characterized as a possession cult, whose members, in a trance, incorporate spirits that appear in the terreiros (specific places for the religious ritual) on generally public ceremonies in order to "work" in the service of his faithful and consultants. The objective of this research was to investigate and describe the interpretative processes in Umbanda, from a ethnopsychological perspective. It is a case study of longitudinal type, based on the method of the participant listening, understood as the extension of the psychoanalytic method to field research, by using ethnographic techniques. The field research was accomplished in the Oxalá Umbanda Center (Ribeirão Preto - São Paulo - Brazil), where queries granted by spirits embodied by the father-of-saint were fully accompanied by records on the field diary. To achieve this purpose, the researcher was admitted into the place of father-of-saints Cambona, that is, an auxiliary of the ceremony. Psychoanalytic theory of interpretation assumed a heuristic value in this research, to enable the formulation of working hypotheses as guidelines that allowed the researcher to seek the understanding of the interpretative processes in Umbanda. The consultations showed the use of "ingredients-things-significant" that resemble a prayer but prayed performatively by the body, such as phrases that compose a poem whose interpretation is enunciated in the own umbandista symbolic system. It is suggested, therefore, that the interpretation in this context appear to present rich possibilities of combinations of features that are revealed beyond to the verbal. Psychoanalysis has proved an important tool for research regarding the field experience, the transference relationship and refinement of listening. The lacanian approach was useful in the sense that it comprises the interpretation that is present on the event and the event includes the interpretation; besides the possibility to analyze the symbolic register from the intersection of two axes, metaphor and metonymy, which facilitated the immersion of listening into the language of Umbanda spirits and, finally, it has allowed mapping interpretations that operate in materiality, to the letter and the bottom of thingsquite literally. Otherwise, it is clear that Freud's method of dream interpretation has not established approaches to what happens in the terreiros, because for Umbanda the interpretation does not seem to operate from manifest content access to latent content. In the case of Umbanda, the interpretation occurs in act, or rather is, the act itself, it is part of the body, reveals itself, but is a way to "seeing" that is close to the skin and not restricted to eyes. Furthermore, although it has been useful the idea that the author of dream interpretation is the dreamer himself, in the case of Umbanda, the subject interpreter is not only the medium, the spirit, the cambono or consultants. The subject of interpretation permeates all these characters, but resides in the proper symbolic system of Umbanda. Thus, it is proposed that spirituality is not disregarded, but treated as a resource for the development of new notions of protection that not only respect each other's culture, but above all that they can incorporate them to their care strategies. Although this research did not intend to investigate how african-Brazilian communities understand health and illness, suffering and care, it sought to contribute to an understanding of how, through interpretive procedures, this cultural universe refines listening and acceptance of those who turn to him.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ALICEMACEDO.pdf (4.23 Mbytes)
Data de Publicação
2016-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.