• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2014.tde-29012015-112155
Documento
Autor
Nome completo
Rosimeri Priscila Pupin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Antonio dos Santos (Presidente)
Manzoli, Luci Pastor
Elias, Luciana Carla dos Santos
Título em português
A música no ensino fundamental: condições de oferecimento e sua contribuição para o processo de ensino e aprendizagem, na perspectiva dos professores
Palavras-chave em português
ensino fundamental
escola
lei
música
professor
Resumo em português
Esta pesquisa qualitativa etnográfica objetivou descrever as práticas musicais no Ensino Fundamental, após a implantação da Lei 11.769/08 que as tornou obrigatórias. Na revisão de literatura, encontrou-se que a maioria dos estudos enfatiza a preocupação dos autores com a formação musical dos professores, com os conteúdos trabalhados, com a ampliação a apreciação musical dos alunos, influenciada pela mídia e com contribuição na formação de um pensamento crítico. Como instrumento de coleta de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada com 30 professores de música de Ensino Fundamental, em escolas estaduais da cidade de Ribeirão Preto. Foram realizadas duas entrevistas de 60 minutos, com três temas em cada uma. A partir da análise de conteúdo, encontrou-se seis agrupamentos gerais para as diversas classes de categorias. O primeiro agrupamento foi a falta de conteúdos musicais durante a formação dos professores que são licenciados em Pedagogia e mesmo em Arte, o que acarreta em grande dificuldade para que as práticas musicais na sala de aula possam ser enfrentadas com segurança e evidencia a necessidade de um especialista para trabalhar com a música na escola. O segundo agrupamento se referiu ao uso da música como parte de atividades programadas pela escola ou pela rede estadual de ensino, no qual os professores relataram a utilização da música para outros fins que não o conhecimento musical e que essa prática é parte da metodologia de ensino imposta pelo Estado, as atividades são efetivas e geram bons resultados, porém não trata a música enquanto área do conhecimento. O terceiro agrupamento geral se referiu aos recursos que o Estado disponibiliza para os professores trabalharem, alguns professores disseram não ter acesso ao material de apoio que é disponibilizado e que a presença de instrumentos musicais ainda não existe nas escolas. O quarto agrupamento se referiu a questões sociais que circundam o aprendizado na escola, no qual os professores relataram que a família está distante da escola, delegando a sua responsabilidade na educação dos filhos e ainda responsabilizando a escola por tal ato. O quinto agrupamento foi o das influências da mídia no universo cultural dos alunos, no qual a maioria dos professores relatou que esta influência favoreceu o interesse dos alunos pela música, ajudou no sentido de que os alunos se abriram para o tema da música, mas acabaram se limitando ao universo imposto e influenciado por ela. E o sexto agrupamento foi o do trabalho no sentido de ampliar o universo musical dos alunos, sendo que alguns professores vêm tentando ampliá-lo, partiram de conteúdos que os alunos trazem para a sala de aula e desenvolveram práticas para sua ampliação. Em conclusão, pode-se dizer que falta um professor especialista dentro das escolas, pois a formação em Pedagogia ou Arte não foi suficiente para propiciar um ensino de música tal como exigido pelo dispositivo legal, o que vem acarretando sérias dificuldades para os docentes não qualificados, além de desvios das finalidades previstas, com o agravante de o Estado não estar disponibilizando nem o equipamento mínimo necessário a este tipo de ensino.
Título em inglês
The music in elementary school: offering conditions and its contribution to the teaching and learning process, from the teachers perspective.
Palavras-chave em inglês
elementary school.
law
music
school
teacher
Resumo em inglês
This ethnographic qualitative research aimed to describe the musical practices in elementary schools after the implementation of Bill 11.769 / 08, which made musical teaching mandatory in schools. In the literature review, it was found that most studies emphasize the concern of the authors with the musical training of teachers, with the contents worked, with the broadening students' musical appreciation beyond media influences and teaching music in school can contribute to the formation of critical thinking. Thus, semi-structured interviews of thirty elementary school teachers who taught music in the state schools in the city of Ribeirão Preto were used as data collection method. Two 60-minute interviews with three subjects each were performed. From the data analysis six general groups were created among the various categories classes. The first group is the lack of musical content during teachers training, who are licensed in Pedagogy and even Art, which results in great difficulty in dealing with musical practices safely in the classroom, and highlights the need for a specialist to work with music in schools. The second group refers to the use of music in activities planned by the school or the state education system, in which teachers reported the use of music for purposes other than musical knowledge, and that these practices are part of the teaching methodology imposed by the State, which are effective and generate good results, however, they do not treat music as a field of knowledge. The third general group refers to the resources that the State provides for teachers to work. Some teachers report not having access to the support material available, and that musical instruments are not offered at the schools. The fourth group refers to social issues that surround learning in schools. Teachers report that families are absent from school, delegating the responsibility of raising the children, and even imposing this responsibility to the school. The fifth group is the media influence in the cultural universe of students, in which the majority of teachers reported that this influence promotes student interest in music, contributing in the sense that students are open to the music theme, but are ultimately limited to this media influence alone. And the sixth group is the work to expand the musical universe of students. Some teachers have tried to improve it, starting with contents which are brought to the classroom by the students and develop practices for its expansion. In conclusion, the schools lack specialized teaching in music; the teachers training in Pedagogy or Art is not enough to provide high quality music teaching as required by law. This situation creates difficulties to the unqualified teachers, in addition to a deviation in the job description, on top of the state being at fault for not providing the minimum required musical instruments for teaching.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MESTRADO.pdf (2.22 Mbytes)
Data de Publicação
2015-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.